Por que até "não programadores" devem entender lógica e algoritmos?

Confira o post completo no blog: https://diolinux.com.br/2020/03/por-que-ate-nao-programadores-devem-entender-logica-e-algoritmos.html

Algoritmos fazem parte da nossa vida, mas será que você consegue transpor a barreira tecnológica para ver o big picture?

7 Curtidas

O que vocês acharam do texto? :slight_smile:

3 Curtidas

Gostei muito do texto, simples e bem explicado. O vídeo também por sinal :+1:t5:. Concordo com tudo, não sou programador, mas entender a lógica me ajudou a melhorar no próprio uso pessoal e até em ensinar coisas básicas pra quem não sabe, me fez evoluir em conhecimento. E na vida cotidiana a melhora foi significativa pra entender melhor a lógica de como ninguém pensa igual e que tem várias formas de se pensar e resolver algo, faz sair da caixa e buscar coisas novas pra melhoria de vida, pelo menos no meu caso. Parabéns pelo artigo, assim como todos, que não só você, mas toda a equipe e até nossos usuários aqui do fórum fazem.

1 Curtida

Bom texto, @Dio
Eu estou aprendendo lógica, mas com o intuito de aprender uma linguagem de programação e resolver alguns probleminhas diários.

Essa é uma matéria que deveria ser básica nas escolas. Particularmente, eu sinto muita falta de lógica em debates, principalmente em debates na internet. É triste quando colocamos dados, fatos e sentido lógico nas discussões e as pessoas respondem com comentários carregados de emoção, sem sentido algum, totalmente distanciados da realidade. Claro que não precisamos discutir feito robôs, sem levar a emoção e a empatia em consideração, porém, o radicalismo na forma de pensar é justamente o que está levando nossa nação à essa polarização política.

Outro conceito interessante que aprendi no curso de Lógica de Programação é o conceito de Abstração - focar nos pontos essenciais e simplificar. Com certeza é algo muito aplicável em nosso dia-a-dia, pois nos tornamos mais produtivos, eficientes e, consequentemente, obtemos mais resultados.

Eu sou fisioterapeuta e uso bastante desses conceitos na prática clínica, pois sabemos que cada pessoa vem com suas próprias individualidades e simplesmente não dá para usar “receitas de bolo” para tratar todo mundo. É interessante como minha área é cercada de processos lógicos aplicados à tomada de decisão na saúde.

2 Curtidas

achei bem escrito, fez pensar na vida como a matrix, rsrsrs, mas realmente sair da caixinha e enter um nova linguagem faz com que outros aspectos de nossa vida possam ser repensados. Eu gosto de logica, acho que muito que consigo fazer hoje no trabalho vem disso pois faltam orientações detalhadas.

Ótima reflexão!

Coincidentemente eu tinha acabado de começar um curso livre para horas complementares da faculdade sobre algoritmo. Tava aqui pensando em como nossas decisões podem tomar rumos diferentes do esperado quando não analisamos nossas instruções iniciais. Efeito borboleta.

Creio que, mesmo não trabalhando na área de programação, todos deveriam cursar esses conteúdos, pois eles facilitam muito a analise de vários campos da vida.

O texto ficou muito bom! Acho que existe uma importante dificuldade para as pessoas que já são desenvolvedores. Parece que, tão logo aprendemos algo, passamos a encarar isso como tão óbvio que passamos a ter dificuldades em explicar isso de forma simples para quem isso ainda não é natural. Falar simples é fundamental para isso! Parabéns!

Fato. As vezes eu não consigo explicar nada, não encontro palavras mesmo sabendo exatamente como funciona.

@Diolinux O artigo ficou muito bom. Eu defendo a seguinte ideia: pessoas que consomem tecnologias diariamente, deveriam conhecer pelo menos o básico sobre algoritmos. Isso é certamente até discutível, mas o que move o mundo hoje são sucessões de códigos que resolvem problemas variados dos seres humanos — porém grande parcela da massa não liga para esse ponto. Os indivíduos querem apenas utilizar os dispositivos atuais, e perdem aquela curiosidade intrínseca de conhecer algo novo que realmente agregue valor.

1 Curtida