O que esperar das distros baseadas no Ubuntu na próxima LTS

É evidente as inovações que várias distros tem trazido nós últimos anos, mas fico me perguntando, se as principais distros da atualidade se baseiam na LTS do Ubuntu (que teve sua qualidade afetada pela migração do Unity para a Gnome), o que esperar das várias derivações do Ubuntu na próxima LTS (Que seria a migração definitiva pós Unity)? Atualmente as novas atualizações do Ubuntu tem se mostrado muito otimizadas. Acho que 2020 vai ser um ano muito importante para os amantes de Linux.
O que vocês acham?