O navegador Firefox está entrando em extinção?

A Mozilla está indo ladeira abaixo, estão sem rumos a um bom tempo.
Se nada mudar, a tendência é o fim do Firefox como conhecemos.

Vejo o Vivaldi como sendo um navegador que o FF poderia ter se tornado… Alguém mais?

2 curtidas

Sim!
Eu acho que poderia ser!

Espero que com o FF 80 e a aceleração VA-API o navegador da Mozilla dê um “boost” de usuários…

2 curtidas

Nunca usei ele, acho que vou testar pra ver.

Usei o Firefox por alguns anos e troquei para o Chrome, depois de mais alguns anos voltei para o Firefox onde estou há muito tempo.
Pra mim o Firefox tem uma sincronização entre dispositivos muito melhor que o Chrome, além, é claro, da privacidade. Quanto a velocidade e/ou leveza, nunca vi uma diferença significativa a ponto de me fazer optar por um ou por outro.
Sua descontinuação faria muita falta pra mim. Diferente do Unity, não acho que algum fork do Firefox se manteria por muito tempo, um navegador é bem complexo de se desenvolver e precisa ser extremamente estável e seguro.
Agora, se a Mozilla está se desfazendo da equipe que mantém o Firefox, sendo que sua maior fonte de receita vem da Google, que paga para se fazer presente no navegador, isso não seria um “suicídio”? :thinking:

2 curtidas

É lamentável sim o fim do FF… pena que nos meus hardwares nunca rodou bem de uns anos pra cá

1 curtida

O que atrai grande parte dos usuários são os complementos dos navegadores, muitas vezes pensei em migrar para o Chromium pelo simples fato do Firefox não ser capaz de criar aqueles web-apps. São algumas configuração nova, um workflow diferente que atrai os usuários,

Eu não gosto do Vivaldi, acho que é muuuita coisa em um navegador, mas em relação a isso ele faz muito bem. Sempre traz novidades. E tem uma galera que curte isso.

Pelo que vi o market share já é baixo há anos! Mas vem consistentemente caindo cerca de 1% ao ano. Olhando valores de 2016 dá pra perceber a diminuição da diversidade de navegadores.

Também tem um alento pros “little richard stallmans” que o código do chrome é baseado no chromium, software opensource, inclusive o engine! O uso do chromium é desprezível conforme a pesquisa, mas se a informação fosse sobre qual o percentual dos acessos usam um engine opensource, o valor seria esmagador! Tem um ditado que fala “A revolução é feita pela massa mesmo sem ela saber o que está fazendo” Ou seja, o Chrome despontando na frente é um panorama bem diferente do que se fosse o Internet Explorer.

2 curtidas

Firefox reinava na época de 2004~2010, depois que o Google Chrome explodiu aos poucos ele foi caindo.

1 curtida

Eles fazem pequenos cortes na equipe, mas esses cortes são extremamente minuciosos, se eles cotassem pessoas a mais seria considerado suícidio. Como a Mozilla não possui apenas o Firefox, o dinheiro não se aplica apenas ao navegador, mas também ao Thunderbird que precisa de vários servidores para ser mantido. O Mozilla VPN é um projeto que pode auxiliar o Firefox a sobreviver por mais tempo.

2 curtidas

2015:
Chrome e Vivaldi: Blink/Chromium
Opera: Presto
FF: Gecko
Edge: EdgeHtml

2020:
Chrome/Vivaldi/Opera/Edge: Blink/Chromium
FF: Gecko Quantuum

Realmente é preocupante…

6 curtidas

Praticamente um monopólio da base chromium

1 curtida

eu uso o chome desde seu lançamento e o firefox por mim nem existia mais junto com o edge kkk

A mozilla não quer focar no que atrai o usuario… Resultado ta ai, navegador carroça tanto para celular quanto pc
A falencia vem pelas beiradas

Tentei instalar o Vivaldi mas não encontrei pra instalar. No site só tem deb e rpm. Também não tem nos repositórios oficiais do Manjaro nem no AUR.

1 curtida

Achei por aqui:
https://aur.archlinux.org/packages/vivaldi/
https://aur.archlinux.org/packages/vivaldi-ffmpeg-codecs/

1 curtida

Pois é, agora está aparecendo aqui também. De qualquer forma, obrigado. :wink:
Mas pelo que andei vendo por lá, parece que o bicho tá meio bugado.

O novo Firefox para Android acabou de ser lançado, inclusive eu estou usando ele agora, e o desempenho está bem melhor.

2 curtidas

Vivaldi cada vez se desenvolve mais, é nítido.

Já o Firefox, por mais que alguém comentou acima que é bom pra sair da mesmice da base Chromium, é praticamente o mesmo antes de existir Chromium. É claro que por baixo do “capô” - como falam - ele evoluiu, mas a experiência do usuário é a mesma desde o tempo que ele apenas concorria com IE. Ou seja, ninguém aguenta mais. E olha que estou usando FF neste exato momento.

Captura de tela de 2020-08-21 11-16-57

Em tempo, passando raiva com os Favoritos. Ou uma aba imensa na direita. Ou a barra insistente que não some. Ou liga ou desliga. Não tem um comportamento inteligente - aparecer numa aba em branco e sumir quando abre algum site. Se alguém souber como fazer isto, por gentileza poderia indicar como configurar? Grato.

3 curtidas