O Linus que está ajudando a mudar o Linux

O Linus que está ajudando a mudar o Linux - Diolinux

Após o lançamento do Daily Driver Challenge, Linus Sebastian do canal LTT acabou enfrentando problemas de um usuário iniciante no sistema do pinguim e diversos projetos agora parecem dispostos a solucioná-los.

11 curtidas

Podemos extrair ao menos duas coisas de toda essa situação:

  1. Quase todos projetos NÃO escutam os usuários, só escutam se o usuário for muito famoso. :clown_face:
  2. O canal de tecnologia mais famoso do mundo tem o cara mais impaciente e desatento do mundo! :thinking:
17 curtidas

Sobre esses vídeos do Daily Driver Challenge foi bem interessante, achei legal a iniciativa de terem feito isso, e mostrar ao público (principalmente aos novatos ou usuários que nunca usaram Linux) terem uma noção de como são as coisas.

O que me deixou “embasbacado” com isso, é que um canal de tecnologia, que QUASE NUNCA comenta sobre Linux, ter comentado sobre os problemas durante esse desafio, chamou muito mais a atenção dos projetos do que os “meros” usuários ao redor do mundo que já reportaram esses problemas por muito tempo, nunca tiveram retorno e respostas dos desenvolvedores.

Já se teve notícias de desenvolvedores tirando satisfações com usuários, que os mesmos criticaram uma decisão de mudança em uma distro e a equipe não gostou.

Ficou parecendo aquelas situações de escola, que um garoto apresenta um projeto, e aparece uma menina “qualquer” para elogiar e não dar atenção a mesma…mas se aparece a aluna popular…a mais desejada da escola e elogiar o seu projeto, você dar a maior atenção do mundo pra dar inveja aos outros meninos da sala de aula.

9 curtidas

Se for procurar já existe essas issues faz anos nos gitlab da vida nesses projetos mas como é famoso então a panelinha de devs resolveu agradar e reavaliar sua abordagem de UX/UI. A falta de padrão é uma bênção e maldição pra o linux, motivo que muitos não adotaram por manterem “padrões” difíceis pra usuários comuns. Precisou um streamer famoso falar o óbvio.

Vão perder adesões e novos usuários todos aqueles que não avaliarem o feedback de seus usuários e trazerem soluções que mitiguem os problemas de seus adeptos. Ainda bem que criam-se novos padrões e ambientes pra quebrar o ciclo velho de defeitos e visões distorcidas!

Salve Linus!

6 curtidas

Valve será lembrada por ter trazido jogos ao Linux, e o Linus Não-Torvalds por ter ajudado a solucionar problemas de UX/UI.

2 curtidas

O maior inimigo das distro linux é exatamente a diversificação das mesmas. Comecei usar o Linux como Desktop em 1998 e posso afirmar que sua evolução para o ambiente de Desktop é extremamente lenta e os serviços de empacotamento levaram quase duas décadas para surgirem, no mesmo barco há situações que são extremamente fáceis no Android em que no Linux faz vc se atirar da ponte.
Como até a dois anos atrás instalar o programa do imposto de renda era como reescrever a teoria da relatividade isso graça as famigeradas e benditas dependências.
Quando se trata de “Like Unix” posso afirmar que casei com o “BSD” esse bate no peito do “Pfsense” on “Hyper-v”.
Onde há uma parceria pouco conhecida de longa data entre o virtualizador do Tio Bill e o “BSD”.
Quanto ao resto não sei se viverei para ver o Linux unificado e sendo usado por pessoas comuns as quais usam o Android e nem sabem que estão usando “Linux”

1 curtida

De antemão, já peço desculpas mas vou falar o que está intalado na garganta (ou ponta dos dedos).

Se fosse qualquer usuário fazendo as mesmas reclamações do Linus, alguns iam falar que o problema era o usuário, que ele não sabe usar o sistema, que o problema é entre o teclado e a cadeira. O problema no PopOS é uma coisa que existe há vários anos e que vem lá do Debian. Eu tentei uma vez, remover o Transmission, mas é tão amarrado que pedia para desinstalar a interface gnome junto.

Agora entendem que Linux não é e nunca foi esse paraíso sem problemas como muitos tentam vender?

13 curtidas

UX/UI do KDE Plasma. Bom deixar isso claro rs.

2 curtidas

Não existe “Linux Unificado”. O que existe é uma Empresa X pegar o Kernel Linux, fazer um sistema em cima dele, padronizar, documentar e tornar popular. Ex: Chrome OS/Android, apesar q Chrome OS só esta começando a ficar popular recentemente.

Eu mesmo estou de olho em tudo isso, pois a próxima versão da minha distro deverá vir com muitas melhorias do q o Linus vem comentando.

2 curtidas

Dá o Mint pra ele, garanto que ele consegue usar de boa. kkkkk

Eu comparo o Linux com a igreja evangélica, quando vc se converte descobre que existem milhares e cada uma prega uma coisa, só o núcleo que é o mesmo na maioria (Sem querer ofender galera, deboas).

Mais é irônico o pop que queria ser o sistema “inquebrável” ter quebrado tão fácil, é hilário kkkkk

Galera vi agorinha essa do Linus mais vou acompanhar o resto, parabéns galera pelo conteúdo.

2 curtidas

Também achei frágil essa parte. Agr tomaram a decisão correta e melhoraram nesse sentido para que os usuários não quebrem facilmente, removendo pacotes essenciais das distros. Agr o certo são as outras seguirem o mesmo exemplo do PoP e implementarem essa segurança a mais contra desinstalação de pacotes essenciais.

Se fosse o GNOME puro o Linus nem iria conseguir usar o sistema, ainda bem que optou pelo Plasma, pelo menos conseguiu fazer algo. :joy::joy::joy:

2 curtidas

Pelo menos no plasma eu observo que os usuários normais reportam bugs mais ou menos assim:

KDE é bugado, tem opções demais, deveria ser mais simples

Como desenvolvedor eu falo: Não dá pra fazer nada assim

Quando finalmente abrem uma issue, abrem no lugar errado, dói ver o que fazem com o projeto KDE, o Linus simplesmente forçou o bagulho, é literalmente impossível não ver, ele mostrou onde e como os problemas ocorrem, porque ocorrem, se é bug ou falha de UX, não é só por
o cara ser popular, ele simplesmente mostrou onde está o problema

2 curtidas

Muita gente se doendo com o cara só porquê é fã de Linux. O que o Linus disse são sim problemas, aqueles probleminhas que todo mundo nota mas não liga. A visão dele é a de um iniciante começando e já nota estes problemas. Uma distro voltada ao usuário final tem que melhorar sim nesses pontos mínimos se querem aumentar a base de usuários.

1 curtida

Não adianta nada a Valve trazer se a experiência UX pro usuário final nas distros são horríveis.

1 curtida

Se fosse alguém comum reclamando iam falar que o problema era ela, o jeito que a pessoa tá usando tá errado e nunca o problema realmente seria na distro.

4 curtidas

Eu nem discordo a nível de comunidade, mas isso do APT é pura preguiça de ler o manual (falo dos devs da distro) o dpkg tem dois campos: Depends e Recommends, nunca entra na minha cabeça porque enfiam tudo no Depends, velho… Tanto erro de arquitetura básica que dá vontade de falar “vou fazer uma só de raiva”

2 curtidas

Eu vi como conseguiu. Como na parte de compactar um arquivo. A não pera… kkk

Tu acha mesmo q uma interface poluída e lotada de opções (KDE) vai ser mais fácil do que uma q parece um celular/tablet (Gnome).

#Confia!

Voltando na parte de compactar arquivos no Gnome/Cinnamon/XFCE/Windows vc consegue ver claramente a barra de progresso, já no KDE isso é minimizado para a barra de tarefas. Acho q foi por isso q ele se confundiu. Esse ngc do KDE colocar a barra de progresso em outro local vai confundir todo usuário acostumado com os padrões acima q eu falei.

1 curtida

Já falaram muita coisa aqui do que poderia ser dito, a única coisa que irei falar é: espero que ele usar não por 30 mas por pelo menos 365 dias, muita coisa poderia avançar só por conta disso caso realmente os mantenedores corrijam as falhas apontadas por ele.

1 curtida