NVIDIA compra ARM por US$40 bilhões

Parece que o mercado de hardware resolveu dar uma daquelas “chacoalhadas” através de uma aquisição “bombástica”.

Como pode ser visto pelo título, a NVIDIA comprou da SoftBank Group Corp (sediado em Tokyo) as tecnologias ARM Holdings por US$40 bilhões, que pelo acordo, a SoftBank se tornará a acionista majoritária da Nvidia, que por sua vez irá pagar ao grupo japonês a bagatela de US$21,5 bilhões em ações ordinárias e US$12 bilhões em dinheiro.

Todo o processo de venda vai levar “longos” 18 meses, pois precisa de “validação” em outros países/mercados, como China, União Europeia e nos Estados Unidos. Em nota, a NVIDIA deu a seguinte declaração:

“Compromisso com a Arm e com o Reino Unido

Como parte da NVIDIA, a Arm continuará operando seu modelo de licenciamento aberto ( open-licensing) enquanto mantém a neutralidade do cliente global (global customer neutrality )que tem sido a base de seu sucesso, com 180 bilhões de chips enviados até o momento por seus licenciados. Os parceiros da Arm também se beneficiarão das ofertas de ambas as empresas, incluindo as inúmeras inovações da NVIDIA.**

A SoftBank e a Arm estão totalmente comprometidas em cumprir os compromissos assumidos pela SoftBank quando adquiriu a Arm em 2016, que estão programados para serem concluídos em setembro de 2021. Após o fechamento da transação, a NVIDIA pretende manter o nome e a forte identidade da marca Arm e expandir sua base em Cambridge. A propriedade intelectual da Arm permanecerá registrada no Reino Unido

A NVIDIA aproveitará a presença da Arm’s R&D no Reino Unido, assim estabelecendo um novo centro global de excelência em pesquisa para IA no campus de Cambridge da Arm. A NVIDIA investirá em um supercomputador de IA de última geração equipado com Arm, instalações de treinamento para desenvolvedores e uma incubadora de startups, que atrairá talentos de pesquisa de classe mundial e criará uma plataforma para inovação e parcerias da indústria em áreas como saúde , robótica e carros autônomos.”

Para conferir todos os detalhes da nota lançada no NEWSROOM, você pode acessá-la aqui.

Vamos torcer que algumas “pontes queimadas” pela NVIDIA sejam reconstruídas, principalmente com a comunidade Linux, pois como sabemos a relação da NVIDIA com o Linux e o codigo open source não é das melhores, então tomara que com isso melhore. Outra galera que deve tá com “as anteninhas em pé”, é da Apple, pois recentemente a turma da maçã mordida trocou as GPUs da NVIDIA pela das AMD e também tem a migração dos processadores, antes da Intel e agora indo para a tecnologia ARM.

Um movimento que está surgindo, é a aceleração do desenvolvimento da tecnologia RISC-V, fazendo assim um “contra-ataque” na NVIDIA, e meio que tentar equilibrar as “forças de mercado”.

Fontes usadas: Phoronix, Ars Technica 1, Ars Technica 2, Bloomberg e ZDNet

Nos vemos no próximo post, forte abraço! E confira nosso Feed RSS

Talvez estejamos diante de um novo paradigma da computação, uma mudança de era.

Intel negou licença x86 para nvidia produzir seus próprios processadores e agora nvidia é dominante em um setor no qual a Intel sempre penou, agora Nvidia tem seu próprios processadores, curioso parte da tecnologia gráfica é baseada na antigas Radeons da AMD que tbm deve estar chorando de raiva de não ter acreditado na arquitetura ARM e vendido sua tecnologia.

1 Curtida

As duas terão que desenvolver alternativas.