Não consigo instalar driver .run da Nvidia no Debian 12

Decidi tentar instalar o driver pra minha GPU pelo arquivo .run, mas não consigo resolver os erros de jeito nenhum, nem o ChatGPT conseguiu solucionar…
Ele me recomendou entrar no modo console, desativar o display manager, deletar os drivers nouveau, mas ainda assim não obtive sucesso.

OBS: no gerenciador de pacotes do Debian, só encontrei o driver 5xx.xx, que não é compatível com minha GPU, por isso optei por esse método. Se esse driver existir lá e eu só não o encontrei, por favor, me mostrem como instalá-lo pelo gerenciador de pacotes.

===== Informações potencialmente úteis =====
SO: Debian 12
Ambiente de área de trabalho: KDE Plasma
Kernel: 6.1.0-17-amd64
Driver recomendado pelo site da Nvidia: 430.40
GPU: GeForce 910M
Display manager: SDDM
=======================================

Abaixo, segue link para o arquivo /var/log/nvidia-installer.log , que foi referenciado pelo instalador quando os erros aconteceram:
https://drive.google.com/drive/folders/1ksZgrLChDEP8pm5bjlgXnxD283x0P8Kk?usp=sharing

Qualquer ajuda será muito bem-vinda, e, se possível, me expliquem o que está acontecendo de errado, ainda sou leigo no mundo Linux mas quero aprender.
Obrigado!

O .run foi marcado para ser aberto como um programa?

Usei o seguinte comando, que o GPT falou pra usar. Imagino que seja isso que você falou.

sudo chmod +x NVIDIA-Linux-x86_64-430.40.run

1 curtida

O Debian 12 abandonou o suporte a drivers proprietários antigos da Nvidia por um motivo… Eu recomendaria fortemente que você buscasse uma distro que ofereça tal suporte de forma nativa (pelo que pesquisei, a GT 910M parece ter a arquitetura Kepler e, como tal, vai funcionar com o driver 470).

Instalar o driver .run do site da Nvidia não é boa prática. E, nesse caso em especial, o que parece estar ocorrendo é um erro de compilação.

Se desejar continuar com o Debian, você tem a opção de usar a edição anterior (11 - Bullseye), que acaba tendo pacotes bem obsoletos. Outra alternativa seria usar um script ACPI Call para desativar completamente a placa da Nvidia do laptop, ficando apenas com o vídeo integrado (é o que faço para usar o Debian 12 no meu laptop, que infelizmente tem uma GT 740M): GitHub - bayasdev/nvidia-gpu-off: The definitive guide to completely turn off your Nvidia dedicated GPU on Optimus laptops running Linux

4 curtidas

@KairanD mano, qual sua opinião sobre esse tipo de atitude? Observo frequentemente problemas do Linux / Nvidia. Isso é algo que afasta os usuários de Linux na minha visão. De fato é isso que acontece ou estou errado em partes?

A Nvidia sempre tratou os usuários de Linux como cidadãos de segunda (ou talvez quinta, mas preservemos a expressão) classe. Não é à toa que Linus Torvalds odeia essa empresa. É muito frequente que o driver proprietário tenha quebras e problemas de compilação com novas versões do kernel Linux, assim como bugs variados no funcionamento. E a Nvidia pode levar meses para lançar correções, ainda mais se sua placa já não for ativamente suportada (ou seja, depender de drivers legacy).

O driver open source Nouveau, por sua vez, avança muito lentamente e fica devendo em desempenho e recursos, já que a Nvidia não abre a documentação e tudo deve ser feito por engenharia reversa. Os desenvolvedores desse driver fazem o que podem (e o trabalho deles é incrível, apesar de todas as limitações), mas isso sempre foi uma barreira.

As coisas podem estar começando a melhorar, já que a Nvidia liberou parte da documentação e um novo driver open source surgiu para as placas RTX (apenas elas são compatíveis porque uma parte do código continua proprietária e está presente em um armazenamento inserido no próprio hardware, algo que só existe nas RTX). Mas tudo ainda é incerto.

Em resumo: se você não realiza algum trabalho específico que depende da tecnologia CUDA da Nvidia (o ROCm da AMD está avançando, mas ainda fica devendo), evite hardware da Nvidia se você pretende usar Linux. Quem compra hardware gráfico da AMD (melhor se for das RX 400 para frente) pode se beneficiar de amplo suporte de drivers open source e evita muitas dores de cabeça.

Além do laptop, tenho um desktop com uma GTX 1070Ti. Quando a comprei, em 2018, eu mal sabia o que era Linux (me tornei usuário de Linux apenas no começo de 2020). Eu diria que 80% a 90% de todos os problemas que já tive no Linux estão, de alguma forma, relacionados com essa placa de vídeo. Não recomendo hardware “NoVideo” para usuários de Linux. Definitivamente.

3 curtidas

Muito obrigado!!

No meu caso, o meu processador possui vídeo integrado (Intel HD 5500), que funciona perfeitamente. Além disso, o X server (ou driver Nouveau, não sei se são a mesma coisa) funciona sem problema nenhum, mas como eu uso o MATLAB pra tarefas acadêmicas, eu pensei que o driver proprietário me traria mais performance (eu sempre inicializo o MATLAB com a flag -nosoftwareopengl no terminal)

Mas, se o driver 470 suporta a minha GPU, como posso instalá-lo? Eu vi que o comando “nala search nvidia” me retorna, dentre várias, uma opção chamada “nvidia-tesla-470-driver 470.223.02-2~deb12u1”. Ele é o driver em questão, ou o tesla quer dizer outra coisa?

PS: No lugar do apt, eu uso o nala, que é bem mais bonito e organizado na minha opinião -----> Chris Titus Tech - Stop using APT

Entendi, consigo simpatizar bem com o Linus Torvalds, pois estive quebrando a cabeça por algumas semanas já…

Se não conseguir instalar um driver mais avançado (como o 470 que você mencionou), ficarei com o Nouveau mesmo, ele já me traz um desempenho decente.

Uma dúvida: por quê usar o driver .run não é uma boa prática?

Aqui seguem os prints em sequência do comando “sudo nala install nvidia-settings nvidia-smi”, caso isso ajude de alguma forma: