Nala: uma bela interface para o APT

https://diolinux.com.br/tecnologia/nala-uma-bela-interface-para-o-apt.html

Se você prefere trabalhar com terminal e gosta de tudo bem organizado visualmente, vai querer conhecer o nala, uma interface para o instalar no apt.

14 curtidas

Excelente!

Tanto gostei que modifiquei os meus alias para usarem o nala.

6 curtidas

bacana, algumas partes me lembraram o zypper.

2 curtidas

interessante. mas ainda prefiro o bom, velho e atual synaptic.

1 curtida

Bem legal, já considero o do void bem agradavel mas realmente é bem bacana.
Vou ler sobre.

Ora ora… Então finalmente tive minha demanda atendida?! Sempre achei a interface do apt horrível, uma bagunça. Nem se compara ao pacman. Mas agora com essa dica, na segunda com certeza será a primeira coisa que farei.

1 curtida

Tem como instalar no manjaro?

Bem interessante. Gostei dos downloads paralelos. Depois vou testar.

Realmente excelente o nala, deveria ser o padrão ao invés do apt
Mudei o default para nala e todos os meus alias também.

1 curtida

Parece bastante com o YUM/DNF do RHEL/Fedora. Bacana… Vou testar mais tarde chegando em casa

Obrigado pelo tutorial! Favoritei no Chrome (ao pesquisar no Google, agora, já apareceu no topo: para alguma coisa, a espionagem havia de servir, ha ha), e hoje foi meu guia para o primeiro ensaio com o Nala – em 2 minutos, eu já sabia quais comandos usar (update, list upgradable, upgrade).

Desde quando vi sua postagem, gostei do Nala e fiquei atento. – Em Maio, vi que o MX Linux tinha disponibilizado para teste – e na semana passada, já estava nos repositórios oficiais:

(Sim, o grupo do MX é um dos poucos que vale a pena, no Facebook).

Pela primeira vez, “em todos esses anos nessa indústria vital” (2007-2022)… alguma coisa balançou minha adesão irrestrita ao Synaptic. – “Uma escolha muito difícil”, diria o Estadão.

Naturalmente, instalei o Nala… pelo Synaptic, claro:

Vai ser rápido, não foi??

Pois é. O MX Linux tem pouquíssimas atualizações (base Debian stable) e não troco os espelhos da UFPR (Debian + MX Linux) por nada, nesse mundão velho sem porteira. – Já fiz muitos testes com o mintUpdate (que facilita testar e escolher os mais rápidos da hora), mas me arrependo no dia seguinte ou na outra semana, e sempre volto para o C3SL. – Portanto, essa é uma habilidade do Nala que eu já tinha descartado desde a primeira vez que li sobre ele.

(Só o @Rodrigo_Chile que tem um link direto para o Chile! Aqui na região serrana do DF, o “tronco” Curitiba-SP-Brasília continua imbatível).

Como, assim, não tem data?? – Bora adestrar o histórico do bash para lembrar um comando com data de início e fim! – 12 segundos na segunda atualização:

1 segundo para processar e listar o que já tinha baixado para o banco de dados local (07:44:38~ 07:44:39):

Usar o Nala ou o Synaptic? – That’s the question!

A verdade é que o Histórico do Synaptic é muito cômodo:

Sou até capaz de não atualizar o MX Linux hoje – meu dia de atualizações gerais… – por absoluta incapacidade de decidir qual gerenciador vou usar!

O maior problema é quebrar o histórico que já tenho – no Synaptic (com direito a buscas muito detalhadas) – e começar outro… sem acesso ao que eu já tinha:

$ nala history
Error: No history exists.

Acho que vou continuar no Synaptic, mesmo.

1 curtida

HUAUHEAUHSUHEHUAUHSEAUHSUHSUH

O link é o do Manjaro, e é tão bom (ou ruim) quanto o da UFPR…

Corrigindo… Você deve ter uma ligação direta com Buenos Aires – que tem boa ligação com o Chile, ha ha.

Parece que esses cabos se desviam das cidades sul-americanas. – O negócio deles é ir direto para os EUA!

O ROSA Fresh Linux (ramo Mandrake-Mandriva) tem um ótimo repositório no Equador, mas para Brasília a velocidade é uma merreca. Parecia modem dos anos 90. Tive de desistir.

Repositórios da Europa, também são meio complicados. Tem de passar pelos EUA, pois é só com os EUA que temos conexões.

(Fonte dos Mapas, de 2001).

Se o Nala perguntasse antes de alterar – e se permitisse escolhas do usuário (como o mintUpdate permite) – até podia ser.

Mas deixar tudo por conta dos robôs, é pedir dor-de-cabeça. – Depois, gasta tempo corrigindo as cacas.

Mas vamos ao que interessa:

No KDE Neon - (buntu LTS), nada de Nala:

No Debian Testing, sim. – Habemus Nala!

Mas, coisa engraçada… Tive de mandar instalar 2 vezes, porque na primeira instalou 10 pacotes (9 bibliotecas) – mas não o Nala, propriamente dito:

Na segunda tentativa, instalou mais 14 pacotes (Python3 + Nala):

Resultados:

sudo nala upgrade – de repente, parou, achei que já tinha terminado, teclei Enter – e ele removeu 41 pacotes. – Simplesmente esvaziou a seção “Auto Removable” do Synaptic, que eu tinha preguiça de examinar em detalhes:

Considerando que foi um descuido (são tantas emoções… he… he… he…), fico feliz que não removeu nada de importante.

(Coisas como hddtemp, screenruler, xsane estão na sessão “Local ou Obsoletos”. – Tenho a expectativa de que voltem aos repositórios, em algum momento logo à frente).

Depois disso, os comandos:

sudo nala autoremove
sudo nala autopurge
sudo nala clean

não encontraram mais nada para deletar.

O comando sudo nala list desembestou e ultrapassou o número de linhas (1.000) que permito no Konsole. – Redirecionei para um arquivo TXT, e imagino que listou alguma coisa como 93,8 mil pacotes. – Não contei o número exato. Só tirei uma média de 3 linhas por pacote:

O Synaptic lista apenas 62.503 pacotes – dos quais, só 3.578 instalados. – Não entendi.

Como eu já tinha atualizado o Debian Testing pelo Synaptic – e depois disso, o sudo nala upgrade removeu 41 pacotes “auto removíveis” – resolvi experimentar um apt dist-upgrade, que é mais agressivo em instalar & remover pacotes (ver mais sobre isso).

Não encontrou mais nada para fazer:

$ date; sudo apt dist-upgrade; date
Sun 14 Aug 16:42:36 -03 2022
Reading package lists... Done
Building dependency tree... Done
Reading state information... Done
Calculating upgrade... Done
0 upgraded, 0 newly installed, 0 to remove and 0 not upgraded.
Sun 14 Aug 16:42:37 -03 2022

Eu já tinha usado autoremove, autopurge, clean – mas resolvi experimentar o undo, mesmo assim, só para ver qual bicho ia dar. – Primeiro, o sudo me mandou falar com o su. Chegando no su, ele disse que, no momento, undo só funciona para install e remove:

$ sudo date; nala history undo 1; date
Sun 14 Aug 18:28:58 -03 2022
Error: Nala needs root to undo history
Sun 14 Aug 18:28:58 -03 2022

# date; nala history undo 1; date
Sun 14 Aug 18:29:39 -03 2022
Error: 'history undo' for operations other than install or remove are not currently supported
Sun 14 Aug 18:29:39 -03 202

Eu nem num queria, mesmo… :joy: Mas fica o aviso, que nunca é demais.

Examinando o nala --help, o nala history --help e o man nala, não encontrei mais nada para inventar.

Alguma ideia?

1 curtida

Muito interessante! Vou testar amanhã.