Minha fonte GM 400a da GAMEMAX suporta minha configuração?

Comprei minha fonte GM 400a da GAMEMAX mais não sei se vai suportar minha configuração espero que sim …
I3 9100f
Rx 580 8gb
H310
8 GB de memória ram de 2666 Hz
Com Air cooler na gamemax GAMMA 200
E uma gabinete black diamond da GAMEMAX
Meu monitor é um da aoc com resolução de 1368x768

    *Alguém me ajuda por favor 😔*

Olá @Jaozin_Da_quebrada tudo beleza?

Você pode calcular o consumo de energia usando essas calculadoras online, mesmo que não seja 100% preciso, ao menos vai te dar uma ideia.

Para esse setup que você citou, eu penso que 400w é muito apertado, principalmente por conta da GPU. Eu não pegaria nenhuma fonte menor de 600w para um conjunto desses.

:vulcan_salute:

3 Curtidas

Vai ficar muito apertado. Fonte de 400W é só para quem não utilizará uma placa de vídeo dedicada, e especialmente AMD, que tende a puxar um pouco mais, é complicado.

Para a configuração citada, 550W ou superior poderia ser recomendável.

Não é que a fonte vai estragar, mas num pico pode danificar algum componente e o pior é o efeito silencioso de perda de eficiência.
Uma boa fonte trabalha com ~85% de eficiência. Se você a sobrecarrega, a eficiência cai. Basta cair 10% para desperdiçar o dobro de energia.

Vamos supor que você jogue duas horas por dia, que é o período em que a fonte vai ser demandada além da carga, com o sistema trabalhando em torno de 500W. Considerando o kW/h em R$ 1,00, a 85%, você vai gastar R$ 1,17 por dia. Supondo que sua eficiência efetiva caia a 75% (pode ser mais, a depender do equipamento), você aumenta para R$ 1,33. Com apenas duas horas por ia, por ano, você está desperdiçando em torno de R$ 60,00 com energia.

Se você jogar em média seis horas por dia (alto, mas não impossível), em dois anos você já poderia ter comprado a fonte adequada, isto se não tiver nenhum problema com sua fonte ou equipamento.

Se o uso para jogos for bem esporádico, aí dá para ficar com este equipamento, mas recomendaria substituição.

4 Curtidas

Eu vou ficar cerca 12 horas mais ou menos com o PC ligado porque eu jogo profissionalmente , mais Durante ums 2 anos ou 1 ano a fonte iria aguentar ?

Eu recomendaria pegar um corsair vs600 para ter marger. Tenho uma rx 580 e os picos de consumo me assustam as vezes. Outras marcas com boas fontes são: EVGA, Cooler Master, Seasonic e be quiet!. Recomendo assistir aos vídeos do Teclab para ter uma base bacana sobre fontes boas X bombas

3 Curtidas

Considerando que você precisa de confiabilidade e estabilidade, é mais negócio você vender essa fonte e comprar outra. Uma fonte normal já pode "arriar’ com uso intenso, uma monte que está sobrecarregada pode representar um perigo para você.

Sobrecarregando a fonte, você corre um risco real de queimar componentes do seu equipamento, gerar um curto devido ao sobre-aquecimento da fonte, desligamentos inespererados devido ao excesso de calor… só para citar alguns dos problemas possíveis.

:vulcan_salute:

4 Curtidas

Basta fazer a conta para ver que neste caso, em seis meses, no pior caso, você já estaria no prejuízo, se fosse comprar uma boa fonte e simplesmente pegasse a sua atual e jogasse on lixo.
Obviamente, você não fará isto. Pode deixá-la de backup, pois é um equipamtno muito bom, ou revender a um bom preço.

É uma excelente recomendação. Eu tenho uma VX550, um monstro de fonte, adquirida em 2006 (salvo engano). Uma das coisas que me levou a escolhê-la foi um artigo, bem Clube do Hardware, com muito texto e fotos, e o incrível nível de resistência que ela apresentava para manter alta eficiência mesmo **muto ** acima da capacidade, beirando os 1000 watts.
Se fosse para comprar outra, seria Corsair, e do padrão mais alto. Paga-se tranqiulamente.

Lá no site da Gamemax tem uma foto da fone contendo os limites de potência por circuito.
Vou colar um print de menor resolução só para identificar:
screenshot-gamemax-br.com-2021.05.01-16_21_19

O que não gosto desta fonte é que ela é “exatamente” de 400W.
Se @Jaozin_Da_quebrada pegasse uma Corsair VS400, que também é 400W, mas com tolerâncias de cargas bem maiores:

A Gamemax suporta 15A (amperes) nas linhas de 3,3 e 5V. A Corsair 18 e 17 A, respectivamente, e 18 na de 3,3, que é a mais importante, que atende a CPU.
A maior diferença está na linha de 12V, em que a Gamemax vai até 24A (280W), enqanto a Corsair suporta 32A, mais de 100W de diferença.

Aí que é importante observar a qualidade dos componentes: a Corsair de 400W é, na verdade, uma de 530 que é vendida com uma margem de segurança. A Gamemax já está no limite.

2 Curtidas

Galera e se eu trocar de fonte e pegar uma GM 500 da GAMEMAX , iria segurar minha configuração de boa ???

Faz uma simulação com o OuterVision

Eu pagaria uma de 550/600 só para ter folga. Como dito anteriormente, a rx 580 tem uns picos de consumo bem altos e o resto fica de margem para um futuro upgrade :smiley:

2 Curtidas

Como eu disse, há fontes e há fontes de potência. Para trabalhar com segurança, o ideal é 550 a 600 W, pois a gamemax trabalha no limite.

Olha eu pesquisei no site OUTER VISION minha configuração e no site da COOLER MASTER , e o total de watts que meu setup gastaria seria 332 watts ou (362 watts se eu colocasse fans no meu gabinete) Acho que minha fonte de 400 w iria aguentar minha configuração então com pouquinho de folga mais aguentaria

@Jaozin_Da_quebrada talvez você esteja sem recursos para investir numa fonte nova e isso é compreensível, mas nenhum lugar que eu consulto diz que esse setup está balanceado.

Vai funcionar se você ligar? Talvez.
É seguro? Com certeza não.

“ASUS Radeon RX 580 STRIX review - Hardware setup | Power consumption” ASUS Radeon RX 580 STRIX review - Hardware setup | Power consumption.

:vulcan_salute:

2 Curtidas

Considerando a etiqueta, essa fonte não forneceria 400W a um computador moderno. Calma, explico. Computadores modernos puxam quase toda a energia de que precisam da linha de +12V (e por isso as boas fontes atuais são rotuladas com potência próxima à capaz de ser entregue por essa linha).

Processador, placa de vídeo, fans e boa parte das placas de expansão são diretamente dependentes da linha +12V. Também é o principal fornecimento de energia da placa-mãe, embora passe pelos VRMs para que ocorra regulação. Por isso essa linha constitui o consumo “bruto” do computador. Conforme explica o Mestre Gabriel Torres:

“Atualmente um micro típico extrai mais corrente/potência das saídas de +12 V. Isto acontece porque os dois componentes que mais consomem no micro, o processador e a placa de vídeo, estão conectados nas saídas de +12 V (através do conector ATX12V/EPS12V e através do conector PEG, respectivamente). Em resumo, compre fontes de alimentação onde a capacidade máxima está nas saídas de +12 V e não nas linhas de +5 V/+3,3 V.”

Uma configuração moderna dificilmente chegará a puxar sequer 50W das demais linhas. Com apenas 24A na linha de +12V, considere a GP400A como uma fonte de P = (12V x 24A) + 50W = 338W.

Resumindo: não é adequado usar uma RX 580 com essa fonte. Se fosse uma fonte de 400W com projeto mais atual, com a devida capacidade na linha de +12V (como a já citada Corsair VS 400), você teria alguma folga, mas no caso aí fica apertado, principalmente se pegar um modelo de placa custom com OC mais agressivo de fábrica.

Temos bastante material no Clube do Hardware sobre esse e outros assuntos. Recomendo a leitura dos tópicos destacados: Tópicos importantes do setor Fontes e Energia - Fontes e energia - Clube do Hardware

Para compreender os principais fatores que influenciam na hora de selecionar uma fonte, recomendo a leitura do meu tutorial: https://www.clubedohardware.com.br/topic/1164033-tutorial-como-descobrir-se-sua-fonte-de-alimentação-é-bomba/

Apenas para complementar a explicação acima, a Corsair VS 400 seria capaz de entregar a um computador moderno, com base na etiqueta: P = (12V x 32A) + 50W = 434W. Embora ela possa entregar mais potência nas linhas de +3.3V e +5V, o computador não irá demandar isso (e por isso a Corsair a rotula como fonte de 400W).

Fato é que existem muitos outros fatores que interferem também, como a temperatura de rotulação. Uma fonte rotulada a 25ºC, quando submetida a uma temperatura típica de interior de gabinete de computador (ainda mais se posicionada na parte de cima), não necessariamente será capaz de fornecer a potência rotulada devido às condições mais severas de operação.

Somado a isso, ainda tem o fato de diversos fabricantes colocarem valores irreais nas etiquetas das fontes. É claro que não estou falando da VS 400, que é um bom produto e entrega até mais que o rotulado, mas sim das fontes “Xingling” por aí.

Antigamente, as linhas +3.3V e +5V tinham importância maior. Atualmente, a linha de +12V é o “centro das atenções”. Fontes mais “picaretas” costumam ter projetos antigos, onde há concentração da capacidade nas linhas +3.3V e +5V, pouco importantes para o consumo total da máquina.

2 Curtidas

Importante ressaltar que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) prevê o Direito de Arrependimento. Caso sua fonte GP400A tenha sido adquirida pela Internet, você pode devolvê-la, sem qualquer explicação, em até 7 dias corridos após o recebimento. Nem abra o pacote.

Eu não pegaria a Gamemax GM500. Ela tem duas diferentes gerações, e ambas foram testadas pelo Teclab. A primeira explodiu na bancada de testes. A segunda foi aprovada, mas operando em condições apenas passáveis, e não ótimas (alta temperatura e ripple acima do ideal, embora ainda aceitáveis). A nova GM500 dá para usar, mas há produtos bem melhores no mercado com valor semelhante, como a Pichau Nidus 500W.

Por sinal, a Gamemax GP400A foi testada pelo Teclab e o resultado não foi ruim. Ela cumpre o que está na etiqueta. Contudo, o problema é realmente ficar contando com essa distribuição de potência aí. Para fontes de 400W, o ideal seria ter pelo menos 30A na linha +12V. Eu aqui tenho um computador secundário com Ryzen 3 2200G e uma RX 570 4GB, sendo alimentado (com boa folga) por uma PCYes! Shocker 400W (que tem exatamente 30A de corrente combinada nas linhas de +12V).

3 Curtidas