Linux mint no notebook do governo

2 GB é insuficiente para o Cinnamon, tem que ser no mínimo 4GB.

O ideal é você usar a versão XFCE ou MATE. Ou ainda um Lubuntu.

1 curtida

Então o modelo é o Positivo Mobo 5950, baseado em um modelo da Intel fabricado em vários países sob licença (em Portugal por exemplo, ele se chama Magalhães):

Nos últimos anos, tenho visto que pessoas obtiveram sucesso em instalar ele com Lubuntu, Xubuntu e Puppy principalmente (em alguns casos rodando diretamente do cartão de memória).
O ideal é que para evitar ao máximo problemas posteriores de uso, primeiro você teste em modo live em um pendrive ou cartão de memória e se “rodar” tudo certo, depois você instala em disco (se ainda funcionar) o sistema operacional. Vou te passar uma lista de distribuições Linux que PODEM funcionar nele, ela é bem variada e engloba desde distros mais “espertinhas” e agradáveis até as mais espartanas, caso o desespero bata por nenhuma estar dando certo. Vamos a ela:

https://lubuntu.me/
https://q4os.org/

https://www.elivecd.org/

https://peppermintos.com/
https://debiandog.github.io/doglinux/
https://puppylinux.com/
https://distro.ibiblio.org/fatdog/web/
https://www.slitaz.org/pt/

http://www.damnsmalllinux.org/

https://www.linuxliteos.com/
https://mxlinux.org/

https://antixlinux.com/
http://tinycorelinux.net/
https://crunchbangplusplus.org/
https://lxle.net/

Vá atualizando os resultados aqui, existem outras opções.

1 curtida

Eles eram (são na verdade ainda em alguns países) vendidos como PC-tablets. O projeto desse modelo é da Intel, fabricado e comercializado em diversos países sob licença. Eles tinham até uma trava de bios, quando fornecidos diretamente por governos e instituições de ensino (estou partindo do pressuposto que ele foi desbloqueado), quando comprados diretamente junto ao fabricante vinham desbloqueados. Tem lojistas, que tem estoques desses equipamentos até hoje, foram vendidos (sem uso) um número significativo nessa pandemia por conta dos preços galopantes de notebooks.
Os governos normalmente usavam como sistema operacionais distribuições Linux otimizadas para ele (às vezes até especialmente feitas para eles).
Quando comprados para uso privado ou por escolares particulares, geralmente vinham
dotados de Windows 7 Starter. Esse modelo tinha vários concorrentes.

1 curtida

Obrigado pelas informações.

1 curtida

pois ta usando menos de 1GB aqui de ram, o meu problema e a placa de video não travamento em outra coisa, quero sabe de driver.

Você pretende continuar com o Mint em Cinnamon? Bem, o processador dele é um Intel Atom N2600 não é? Segundo pesquisas aqui, então, a placa de vídeo integrada dele deve ser uma Intel Graphics Media Accelerator (GMA) 3600 (400 MHz), parece ser um drive problemático capaz de rodar versões 64 bits, mas, que exige na verdade um sistema de 32 bits.

Pelo relatado nesses tópicos, essa linha em particular de processadores e placas de vídeo integradas tem problemas no Mint (por ter uma solução proprietária para baixo consumo de energia especialmente desenvolvida para netbooks com Windows 7), aparentemente, no caso do Mint, ele funcionaria melhor em versões antigas. Eu tentaria o uso do Puppy Linux.
https://forums.linuxmint.com/viewtopic.php?t=165146
https://forums.linuxmint.com/viewtopic.php?f=59&t=105091

https://forums.linuxmint.com/viewtopic.php?f=60&t=104919&start=20
https://forums.linuxmint.com/viewtopic.php?f=58&t=112507
https://forums.linuxmint.com/viewtopic.php?f=59&t=105091#p767816

Os problemas gráficos parecem girar em torno desse PowerVR.
É algo mais ou menos assim que está acontecendo ai:

?

deixa pra la, pode fecha.

Você poderia tentar instalar outra distro, pode ser útil para você e outros no futuro. Vi que alguns permaneceram no Mint mas trocaram o Cinnamon pelo Mate.

1 curtida

quero não,deixa esse com esse aviso chato de driver mesmo, e so pra trabalho, não vou ver video mesmo nem joga, so queria tira o aviso e ver ser abaixava o uso de cpu.

1 curtida

Ok, mas, o Puppy seria uma boa aposta.

O Mint versão MATE é muito bom. Pode não ter a série de efeitos bacanas que o Cinnamon proporciona, mas tem coesão visual e bons recursos. Recomendo!

1 curtida

e pq e não gosto desse negocio de muitas areas de trabalho, essas coisas que o linux tem, comecei trabalhar agora com linux, não tem 2 meses que mexo com linux, mexia so com servidores, mas pra usar normal eu não usava.

1 curtida

Pois então, o driver integrado usa a memória RAM disponível, ou seja, vai competir com os outros programas pelo espaço pedido.
Por isso o erro de vídeo, porque tem pouco espaço pra todo mundo.

O ideal é usar uma distribuição mais leve para ter mais recursos de sobra.

2 curtidas

o erro que fala e que não tem driver de video instalador, que isso via fazer a cpu trabalhar mas, não e erro dizendo que ta com problema, agora o povo não ler as coisas mesmo, tão lento pela metade e?




ai e o erro que aparece, e o uso de memoria que ta.

Estou vendo imagens de uma CPU muito exigida. Nesse computador eu instalaria uma das opções mais leves disponíveis entre os sistemas de base Linux:

  • AntiX
  • Q4OS com interface Trinity
  • Bodhi Linux
  • SparkyLinux com LXDE
  • Debian ou Devuan com LXDE
  • Dog Linux (qualquer opção)
  • Arch ou distro derivada com LXDE
  • Void com LXDE

Claro, há sempre as opções extremas: SliTaz, Tiny Core, Slax, Porteus… Mas não é preciso chegar a tanto.

1 curtida

MX Linux também seria uma boa opção pelo suporte a drivers.

Quando você clica nesse botão virtual: “Inicie o Gerenciador de Driver” o que acontece? Ele busca o driver proprietário e não encontra?

De fato! Eu o usaria com Fluxbox. E na versão advanced hardware support, com kernel LTS recente, o 5.10.x.

O AntiX, “irmão” do MX, é bom de suporte a drivers, mas vem com kernel antigo.

1 curtida

Continuando a pesquisa, como já tinha lido antes, parece que o Arch tem uma “solução” específica para isso:
https://wiki.archlinux.org/title/Intel_GMA_3600

Ao que consta, conforme consultado aqui:
https://ubuntuforum-br.org/index.php?topic=102951.30

Existia uma versão da distro BluestarLinux chamada Bluestar Linux Desktop GMA3600 2014.03.10 que já vinha pré-configurada com esse driver, é uma versão antiga, não mais disponível para download, mas, imagino que esse suporte tenha sido legado nas versões atuais:
https://sourceforge.net/projects/bluestarlinux/files/

Consta que PixieLive (“adormecida” desde 2013) e Joli OS (descontinuada) também davam suporte:
http://pixielive.org/dotclear/index.php?post/2013/10/21/PixieLive4-Released
http://pixielive.org/PixieLive4.iso

Parece que se você usar uma distro baseada em Arch podes tentar isso:

2 curtidas