Limpeza da /home -- Google Chrome

Como vários amigos já devem ter percebido, faço dualboot (ou multiboot?) de até 12 distros – em geral, usando partições “root” de 30 GiB (exceto 50 GiB para openSUSE Tumbleweed e 60 GiB para o Redcore) – e apenas 15 GiB para todas as partições /home, pois centralizo meus “documentos” correntes numa partição “universal” chamada “Warehouse” (acessível a todas as distros que uso).

E monitoro a ocupação de todas essas partições pelo Conky (acima) – para não ser “o último a saber” – evitando, assim, o problema que alguns colegas têm sofrido, de “derrepente” me deparar com um desastre “já acontecido”.

No PCLinuxOS e nas distros “.deb”, simplesmente configuro o “apt” (ou o APT-RPM do PCLinuxOS), via Synaptic, para limpar o cache de pacotes baixados, após cada utilização do Synaptic.

No Arch, Manjaro, Fedora, Void etc., uso comandos manuais para limpar o cache de pacotes baixados, sempre que me sinto incomodado com o aumento do espaço ocupado nas respectivas partições-raiz. – No openSUSE, elimino os “instantâneos” (snapshots) mais antigos, pelo comando snapper (apesar de já ter configurado o snapper para manter o mínimo de snapshots).

Até aí, vai tudo bem.

O que me incomoda, “hoje”, é a partição /home do Arch Linux – cuja ocupação costuma aumentar bastante, por ser a distro que utilizo 99% do tempo, há mais de 1 ano. – Sim! Quanto mais eu uso uma distro, maior a ocupação de sua pasta ou partição /home.

Em outros momentos, “limpei” o excesso de ocupação da /home do Arch Linux, simplesmente deletando trocentos zilhões de Thumbnails que o KDE vai acumulando na pasta ~/.cache/thumbnails/ – mas depois, aprendi a evitar que ela acumule arquivos eternamente:

# crontab
@reboot sleep 900; find ~/.cache/ -type f -atime +365 -delete

Outro “.cache” que já me encheu a partição /home foi o do GoogleEarth – mas bastou 1 limpeza do acúmulo de vários anos, pois não costuma crescer tão rápido.

Hoje, resta o acúmulo de “.cache” do Google Chrome – cujas opções internas de “limpeza” parecem estúpidas e radicais: – Ou limpa tudo (inclusive as senhas dos sites, que ocupam 0,1% do espaço)… ou não limpa quase nada!

Acredito que este problema seja +/- semelhante no Chromium, e em vários derivados dele.

Alguém tem dicas de como despejar esses 4 GiB de “espaço ocupado” pelas configurações do Google Chrome (e similares) – sem deletar as senhas e cookies de um punhado de sites (Gmail, Diolinux etc.)…?

P.S.: - O uso da /home do Arch Linux estava em 10,4 GiB, h

[ooops… faltou conexão: – “Prezado cliente, estamos enfrentando uma ‘Instabilidade Geral’, por favor não leve a mals”…]

P.S.: - O uso da /home do Arch Linux estava em 10,4 GiB, hoje cedo, e a muito custo consegui reduzir para 9,42 GiB.

1 curtida

Abra o Chrome
Ctrl+H
Remover dados de navegação
Avançado
Selecione os itens que você quer deletar (deixando desmarcados senhas e cookies).
Escolha o período (1 semana, 1 mês, todo o período)

2 curtidas

Obrigado pela dica, @wmassis !



Segui estes passos (acima) – e o espaço ocupado na /home do Arch Linux continua em 9,42 GiB.

Na verdade, essa é 1 das coisas que eu já tinha tentado – exceto que, agora, marquei “Site settings” (550 sites).

Acredite! – Tenho pesquisado e tentado 1.001 coisas, desde hoje cedo. – Inclusive isso (exceto pelo detalhe que citei).

Este era o panorama, às 15:40 de hoje:

4,2 GiB usados pelo Google Chrome – sem que eu consiga “ver” um modo de eliminar esse desperdício… sem deletar senhas e cookies – que não exigem nem 0,1% disso!

1 curtida

Já tentou limpar usando o Stacer?
Ele tem essa parte de limpeza de arquivos “inúteis”. Limpa o cache sem limpar senhas e etc.

4 curtidas

Já tentou usar o BleachBit? Me parece que ele tem mais opções de limpeza que o Chrome.

image

5 curtidas

Prezados, obrigado pelas dicas!

Como li a dica do BleachBit por último, foi a que pesquisei primeiro – e vi que ele estava nos repositórios oficiais do Arch:

Primeiro, atualizar geral, pra não instalar um pacote atualizado num sistema desatualizado… E eis que o pacman me fez uma penca de perguntas, que não consegui encontrar meu advogado pra aconselhar, em plena madrugada de um sábado! – O Google também não estava sabendo de nada sobre isso, até agora! – Recorri ao meu “Manual de Perguntas Malucas do Pacman”, e vi que meu comportamento-padrão é “Aceitar, sem Queimar os Neurônios”!

Gostei do comportamento do BleachBit, de não marcar nada por padrão! O usuário que faça suas escolhas. – Colapsei tudo, para focar só em “Google Chrome” – e marquei só o que me pareceu “menos perigoso”.

Podia ficar só na primeira opção – “Cache”, que já resolveria 4,65 GiB do meu problema – mas a emoção foi tão grande, que marquei também umas otras cositas más:

E… voilá!

Agora, sim, a /home do Arch Linux ficou Arch Limpa!!

Vou marcar a dica do BleachBit como Solução, porque não cheguei a testar a dica do Stacer.

Obrigado, tanto ao @wmassis quanto ao @Pio !

4 curtidas

Que bom que resolveu o problema @frc_kde :+1:

2 curtidas

A /home do openSUSE, com 8,4 GiB ocupados, parecia o alvo ideal para testar também o Stacer – mas ele não está nos repositórios oficiais + Packman Essentials – e não quis mexer com as receitas-de-bolo que encontrei.

Em compensação, encontrei no KDE Neon, cuja /home estava com ocupação de 7,30 GiB – e trouxe apenas 2 dependências:

Commit Log for Sat Sep 30 10:50:27 2023

Installed the following packages:

fonts-league-spartan (2.210-1)
libqt5charts5 (5.15.10+p22.04+vrelease+git20230817.2356-0)
stacer (1.1.0+ds-1)

Só de abrir o Stacer e fuçar o que ele tem pra oferecer, a /home já decidiu reduzir sua ocupação para 7,23 GiB (rs).

Limpei uns 400 MiB de cache do Chromium (coisa antiga), 457 MiB de cache do Google Chrome, e 1 GiB de Thumbnails. – Com isso, a ocupação caiu para 5,11 GiB.

Ao fechar o Stacer, ele pergunta se quero que continue trabalhando na bandeja do sistema. – Optei por “Quit”:

Mesmo assim, ele continuou na bandeja – e tive de clicar com o botão direito e mandar “Quit”, para ele parar de vez.

Em seguida, abri o Chrome, e confirmei que ele ainda lembra as senhas e cookies necessários pra logar aqui.

3 curtidas

A post was split to a new topic: Gerenciador de senhas do navegador é seguro?

É sempre bom conhecer programas úteis e práticos :+1:

1 curtida

Este tópico foi fechado automaticamente 3 dias depois da última resposta. Novas respostas não são mais permitidas.