Kernel do Linux 5.9 trouxe algumas mudanças e novidades em seu lançamento

A versão 5.9 do Kernel Linux foi lançada no dia 11 deste mês (outubro). com algumas implementações novas e as correções feitas no Kernel pelo Linus Torvalds. Esse que abriu a lista de discussão do Lore, assim (tradução livre):

“Ok, então vou ser honesto - esperava um pouco menos mudanças desde a semana passada, mas ao mesmo tempo não me parece haver qualquer coisa que particularmente me assuste aqui. São apenas mais commits e linhas que mudaram mais do que eu gostaria. A maior parte disso são as correções de rede que já mencionei como estando pendente nas notas de lançamento do rc8 na semana passada. Na verdade, cerca de metade do patch (e provavelmente mais do número de commits) é de o material de rede (drivers e em outras partes).”

As Novidades

Podemos começar pelo suporte inicial para as placas gráficas AMD Radeon RX 6000 “RDNA 2”, Intel Rocket Lake, Intel Keem Bay SoC, Sienna Cichlid, e Navy Flounder GPUs.

Foi adicionado também o suporte para um Framework Multi-Color LED , que traz LEDs coloridos agrupados (clustered) em uma matriz para que o userspace possa acertar o brilho do cluster usando uma única gravação do arquivo.

Também contamos com a adição do suporte para o USB4, e para file systems Btrfs e F2FS. Foi finalizado suporte para o conjunto de instruções FSGSBASE de 64 bits que vai ajudar no boost performance em sistemas Intel e AMD.

Tivemos a retirada do suporte da arquitetura Unicore 32-bit RISC, usada para dar boot através das unidades de disquete. Decisão foi tomada pois viram que praticamente ninguém mais usa esse recurso.

Mais algumas novidades que tivemos no Kernel 5.9 foram:

  • Suporte para NVMe’s Zoned Namespace (ZNS)

  • Removido system call sys_sysctl

  • Suporte para Zstd compressed kernel

  • Habilitado context tracking para RISC-V

  • Suporte para o teclado Lenovo ThinkPad 10 Ultrabook

  • Suporte para dispositivos Infrared Toy e IR Droid

  • Suporte para os controladores externos de memória das GPUs NVIDIA Tegra210

  • Suporte para os reguladores integrados de controle (embedded-controller regulators) do Chrome OS

Para conferir a lista completa de todas as novidades, você pode ver aqui no site Kernel Newbies.

Nos vemos no próximo post, forte abraço! E confira nosso Feed RSS

1 Curtida

“Quando o Facebook mudou de um initramfs compactado com xz para um initramfs compactado com zstd, o tempo de descompressão diminuiu de 12 segundos para 3 segundos. Quando eles mudaram de um kernel compactado xz para um kernel compactado zstd, eles economizaram 2 segundos de tempo de inicialização.”

Interessante.

1 Curtida