KDE migra para o GITLAB


O KDE é uma das maiores comunidades de criação de software open-source que é compatível com Windows, Linux, BSD, Mac OS, Android e algumas outras plataformas. Com mais de 2700 pessoas envolvidas,essa comunidade cria e mantém mais 200 aplicativos com vários plugins e complementos, mais de 1000 repositórios, mais de 80 estruturas para desenvolvedores em Qt e mais de 2600 projetos, que são trazidos em mais de 100 idiomas.
Recentemente a comunidade KDE migrou para o GitLab, essa decisão foi tomada após seguir uma série de etapas. “Foi uma grande mudança para nós, mas estamos muito satisfeitos com a forma como nossa comunidade colaborou ao longo de longas discussões. Acreditamos que, trabalhando juntos, tomamos as melhores decisões à medida que avançamos”, diz Neofytos.
O maior desafio para a equipe foi o grande volume de dados que o projeto contém, e a integração com as ferramentas que eles já tinham em uso, como o Phabricator, e pelo número de repositórios, a migração foi uma grande tarefa.
O KDE utiliza a Community Edition do GitLab, devido o compromisso com o código aberto, e colaboraram ativamente com os membros do GitLab durante a migração. “Os valores de colaboração e transparência do GitLab realmente brilham”, diz Neofytos.
O KDE possui uma rica infraestrutura de recursos da Web, fóruns, listas de discussão, IRC (bate-papo) e muitas outras maneiras de entrar em contato. Para saber mais sobre como ingressar na comunidade KDE, visite a página " Envolva-se ", que oferece orientação a todos os colaboradores de todas as origens.
A equipe do KDE está satisfeita com essa migração bem sucedida, e espera que os projetos possam ter uma maior colaboração. Confira mais dessa migração neste post do GitLab do KDE
O que você achou dessa migração? Você utiliza o KDE? Gostaria de colaborar com o projeto? Deixe nos comentários, e até a próxima notícia, dica ou tutorial!

3 Curtidas