KDE: Acessar Dolphin como root

Instalei um programa (GTk), o 4k downloader, mas ele não está funcionando no Kubuntu, então resolvi deleta-lo, todavia, não consigo excluir a pasta e nem programa, estou tentando acessar o Dolphin como root não sei como fazer isso. Tem até um diretório “root” no lado direito do gerenciador de arquivos, acesso-o, mas ainda sim, não consigo excluir as pastas. No print vai a versão do kde que estou usando no Kubuntu.


1 Curtida

conheço pouco o kde

já tentou reiniciar o sistema para ver se some?

pode reiniciar o dolphin, mas nào sei como é

tenta dolphin -q

e depois inicia de novo

Não entendi direito, qual pasta vc se refere, mostre-nos melhor para podermos ajudar

Você pode abrir o Dolphin como root usando o kdesu. É similar ao comando sudo mas foi feito para ser usado no Plasma. É só abrir o Krunner (Atalho padrão Alt+F2) e digitar kdesu dolphin ou usar o ícone de abrir o Dolphin como Root, caso sua distribuição tenha essa opção. A minha tem.

1 Curtida

Já consegui falar com os devs do kde pessoalmente sobre o assunto, segundo eles o dolphin não tem opção de acesso superusuário por padrão pra não dar o poder a um usuário comum de danificar o sistema, existe uma solução nesse caso: usar o sudo rm -rf /pasta/do/arquivo
tou usando assim faz tempo, virou costume

2 Curtidas

Uma outra solução além da do @jeffinshadow é utilizar um outro gerenciador de arquivos como o Thunar. E sim, existe o impedimento por parte dos devs em permitir o usuário a acessar como root (o que eu nao vejo sentido, mas ok)

4 Curtidas

vou fazer aqui os procedimentos que vocês escreveram… obrigado! :+1:

Vc pode usar o pkexec

Vc tem que criar um política no polkit para o dolphin

em /usr/share/polkit-1/actions

crie um arquivo chamado pkexec-dolphin.policy

e adicione o conteúdo abaixo
verifique com which se o caminho está certo
which dolphin

    <?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
    <!DOCTYPE policyconfig PUBLIC
     "-//freedesktop//DTD PolicyKit Policy Configuration 1.0//EN"
     "http://www.freedesktop.org/standards/PolicyKit/1/policyconfig.dtd">

    <policyconfig>

      <action id="org.freedesktop.policykit.pkexec.run-dolphin">
        <description>Executar dolphin</description>
        <message>Autenticação requerida para executar dolphin</message>
        <defaults>
          <allow_any>no</allow_any>
          <allow_inactive>no</allow_inactive>
          <allow_active>auth_admin_keep</allow_active>
        </defaults>
        <annotate key="org.freedesktop.policykit.exec.path">/usr/bin/dolphin</annotate>
        <annotate key="org.freedesktop.policykit.exec.allow_gui">TRUE</annotate>
      </action>

    </policyconfig>

depois chame o dolphin com pkexec

pkexec env DISPLAY=$DISPLAY XAUTHORITY=$XAUTHORITY KDE_SESSION_VERSION=5 KDE_FULL_SESSION=true dolphin

3 Curtidas

Não é mais fácil abrir o dolphin com kdesu?

O kdesu não abre o dolphin ou o kate normalmente, ele mostra só o aviso de erro padrão falando que “não é recomendável abrir o aplicativo em modo root” e não faz nada (outros aplicativos, como o firefox, por exemplo, mostram o aviso mas abrem normalmente).

Faz sentido sim. Usuários avançados que querem editar a raiz do sistema podem usar o terminal pra isso. E os usuários casuais não experimentam o risco de fazer besteira no Dolphin.

2 Curtidas

e pra completar, faz um alias com esse pkexec ae, com algo como dolphinsu, ai fica perfect

1 Curtida

Então a pessoa pra mexer na raíz do sistema tem que atender ao requisito “barão do terminal”? Meio excludente isso, não? E se a pessoa preferir fazer as coisas pelo modo gráfico?

1 Curtida

Entendi. Deve ter sido uma configuração do openSUSE então, porque aqui abre de boa. Até tem um ícone só para abrir o Dolphin como Root

2 Curtidas

Pessoal mais casual nem vai usa essa opção, e se usarem vai ser por intermédio de outros, como em vídeos no youtube, o que raramente tem alguma chance de fazer alguma caca

Basta abrir o Kate, como usuário dar Control + o para procurar o arquivo root que queira editar, após a edição do mesmo basta dar um Control + s para salvar, vai aparecer uma janela para digitar a senha, digite a senha e pronto.

Já com o Dolphin basta abrir a localização root desejada como usuário e clicar com o botão direito do mouse, na opção Ações selecione a opção “Abrir o terminal aqui” vou citar como exemplo a edição da sources.list:
Abra a pasta /etc/apt, abra o terminal como mencionado acima, abra o ficheiro como root com “su kate sources.list”, edite, salve e pode fechar.

Espero ter ajudado.

@Marden, no caso ele esta tentando deletar uma pasta.

@D3XT3R Eu fundamentei minha resposta com base na interrogação do tópico mas também levei em conta as dos comentários que se seguiram, já que citaram também a dificuldade com relação ao Kate. Mas acabei deixando de responder incisivamente o tópico. Muito bem lembrado. Obrigado.

Nesse caso basta seguir o procedimento do Dolphin como explicado acima e executar o comando como root: # rmdir nomedapasta

Como eu não tenho paciência pra ficar sempre partindo para as linhas de código, eu instalo o Thunar nas distribuições KDE que uso. Daí é só dar um sudo thunar e pronto.

1 Curtida

Informação recente (01/01/20) do blog do Nate Graham, um dos desenvolvedores da equipe KDE.

De acordo com Nate, resta apenas um único patch, para ativar a fução root no Dolphin, quando isso acontecer, você finalmente poderá criar, mover, renomear, excluir, etc, arquivos no Dolphin sem precisar executar o Dolphin como root ou usar uma extensão para isso.