ISO do Windows não precisa de licença?

Olá, meus caros, desculpem a ignorância, mas tenho essa dúvida: baixar uma ISO do windows pra instalar através de um pendrive bootável é pirataria? pelo que sei, a Microsoft vende suas versões do windows… Nesse caso, se eu baixasse uma dessas ISOs, seja do windows 7, 8 ou 10, eu teria que comprar uma licença pra poder validar essa ISO e poder usá-la no computador?
grande dúvida!

Depende, se você baixar uma iso que se auto ativa é sim pirataria ou se você baixar a iso oficial e ativar com algum programa Keygen ou algo semelhante também conta como pirataria.

A licença do Windows é para você poder permanecer utilizando o sistema operacional no seu sistema. Você pode baixar a ISO diretamente do site da Microsoft.

https://www.microsoft.com/pt-br/software-download/windows10

Sobre a instalação no pen drive, pelo fato do Windows exigir licença para o uso, você pode instalar em um pen drive desde que utilize apenas no hardware que foi licenciado*, você não pode sair com o pen drive e inserir em outro computador e dar boot no pen drive como se faz com o Linux, isso causará problemas de licença e de compatibilidade de hardware.

  • a uns anos atras caso você alterasse a placa mãe, teria que ativar novamente o Windows.
1 Curtida

Não, elas são feitas pra isso mesmo, pra você baixar, instalar e testar

Sim, o Windows tem um período de testes de 30 dias, por isso não é pirataria você baixar e instalar a iso do site da Microsoft (e APENAS do site da Microsoft, ninguém é autorizado a redistribuir as ISOs mesmo que seja mirror), ainda que você compre a licença e ative o seu Windows se a ISO não for diretamente do site Microsoft é tecnicamente pirataria

Agora sobre essas chaves, bom, não é porque funciona, que é algo legal, o KMS Pico por exemplo usa mecanismo do próprio Windows pra ativar e é ilegal (a título de exemplo), no Brasil apenas essas pessoas são legalmente autorizadas a vender licenças do Windows, essas licenças abaixo de R$ 299,00 são as chamadas “licenças por volume” elas funcionam assim, se você tem um parque com por ex 50 computadores e fosse comprar uma licença pra cada PC, você gastaria no mínimo R$ 14.950,00, pensando em coibir a pirataria a MS criou o licenciamento por volume, ou seja, se você compra várias licenças você pode pagar um valor bem mais baixo podendo chegar a R$ 2000,00 por exemplo, isso licencia os computadores sob seu domínio, todas elas são válidas mas são legais se o software for instalado em PCs de seu domínios. Mas tem gente que compra essas keys e revende, o que é ilegal pelos termos de uso, essencialmente você paga 50-60 reais pra fazer uso de pirataria sem modificar o registro

Resumindo: essas licenças do Mercado Livre e demais que custam 50-60 reais, são válidas, ou seja você vai ativar seu Windows, mas são ilegais ou seja, se a fiscalização bater na sua casa/empresa, você está essencialmente lascado ainda que tenha a nota fiscal, ou de forma mais simples: Você estaria pagando pra usar algo pirata caso opte por essas chaves de ativação do software que muita gente confunde com chave de ativação de licenciamento

Fonte: Call center da Microsoft

6 Curtidas

Que eu saiba você pode baixar as isos pelo site da Microsoft, instalar e usar normalmente indefinidamente sem ativar, a única limitação são as configurações.

2 Curtidas

Essa chave é pirata, assim como todas as outras chaves “baratinhas” que encontramos navegando por aí. Sei que não foi sua intenção divulgar algo irregular, mas é importante destacar que essas chaves definitivamente não colocam o usuário em dia com a Lei. Com a consciência até pode ser, porque a maioria das pessoas desconhece a origem desses produtos. Mas na realidade o dinheiro vai para organizações, digamos, sem muitos princípios éticos…

Diversos canais no Youtube incentivam a compra de licenças em locais como Kingwin, SCDKey e outros, bem como no marketplace do Mercado Livre, Lojas Americanas, Amazon, Walmart, etc. Até sites bem conhecidos acabam fazendo isso, como o exemplo que você mencionou. Essas licenças realmente podem funcionar, mas constituem pirataria. São obtidas de diversas formas ilegais, conforme explicado nestes artigos:

  1. https://www.clubedohardware.com.br/forums/topic/1349578-a-verdade-sobre-o-mercado-cinza-windows-por-menos-de-r-100/
  2. Chaves de ativação vendidas na web são ilegais | BABOO | Segurança Digital e Windows
  3. The truth behind those mysteriously cheap gray market game codes - Polygon

Ou seja, a Microsoft pode remover e ativação irregular a qualquer momento (e descobrir que um computador foi ativado de forma irregular não é difícil para eles). Essas chaves podem funcionar durante muito tempo, bem como parar de funcionar depois de dias, semanas ou meses (há diversos relatos sobre isso em fóruns e mesmo nos comentários de alguns vídeos que indicam tais produtos).

A Microsoft muitas vezes não corre atrás das organizações - criminosas - que chefiam esse esquema porque é algo já muito difundido. Ela adota uma postura bem mais tolerante com o Windows 10 e evita ações que poderiam afastar usuários do sistema (desde o lançamento, o objetivo sempre foi atrair o maior número possível de usuários para o Windows 10 no menor tempo possível, principalmente para incentivar a migração a partir de sistemas que já perderam o suporte, como o Windows 7). Isso não quer dizer, contudo, que a Microsoft não saiba o que está acontecendo e não venha a tomar providências futuramente.

Moral da história: Windows ativado não é Windows legalizado. Se o usuário não puder adquirir o sistema de forma legal a princípio, pode simplesmente baixá-lo normalmente e selecionar a opção “não possuo chave de ativação” durante a instalação. Não poderá realizar a personalização do sistema e, depois de 30 dias, terá que conviver com a marca d’água no canto inferior direito da tela. Contudo, não há qualquer prejuízo à utilização do Windows 10. Basta adquirir uma licença assim que possível e regularizar a situação.

Outra alternativa, é claro, já sabemos… Utilizar um sistema operacional livre e gratuito (GNU/Linux).

2 Curtidas

Ainda corroborando com o comentário do @KairanD. Muitas dessas licenças “baratinhas”, apesar de válidas, se tornam ilegais a partir do momento que são comercializadas. Eu posso dar um exemplo pessoal disso. Eu comprei, para teste mesmo, uma licença em um site que CONSTAVA na lista de parceiros no site da própria MS. Sim, a empresa era uma parceira da MS. Comprei a licença com eles e resolvi investigar na própria MS. Liguei para eles e passei todas as informações da ativação, e aí veio a constatação, a chave que venderam (R$ 50) era uma chave exclusiva para o setor de educação que não pode ser vendida para usuário final e nem comercializada da forma como estavam fazendo. Neste caso foi ilegal da parte da empresa vender esta chave, e ilegal por parte de um usuário final ter comprado. Eu como aluno de uma instituição de ensino, se a instituição fizer parte do programa específico que a MS tem, posso ganhar uma licença para o SO.
O que muitos usuários do setor de TI de instituições fazem, segundo a atendente da MS na ocasião disse, é pegar essas licenças e vender, e aí nasce a ilegalidade de uma licença legítima.

2 Curtidas

Se você baixar do site oficial da Microsoft e instalar para testar não tem nenhuma ilegalidade já que é disponibilizada pela própria empresa. Se desejar continuar usando após o período de testes você tem que adquirir (comprar) uma licença digital da própria Microsoft ou de um distribuidor devidamente autorizado pela empresa. O que você NÃO pode fazer é uso de mecanismos de hackeamento do sistema para ativação (“cracks”, patches, etc).

2 Curtidas

Pessoal,
realmente não foi minha intenção incentivar uso de pirataria e nem promover nenhum vendedor de chaves de ativação. Peço desculpas pela informação não correta. No entanto, fico em parte menos frustrado, pois o “post” serviu para o correto esclarecimento feito pelos nossos amigos do forum, Natanael.755, KairanD, MWeber e TiagoCardoso. :+1:
No mais, prefiro mesmo usar distribuições Linux ! :joy:

4 Curtidas

Mas se eu fizer isso, depois do período de teste eu não vou ficar sem suporte igual aconteceu com o windows 7?

Tranquilo, eu entendi a sua intenção. :+1:
valew pela força.

A que você se refere? A usar o Windows depois de expirado o período de testes? Se for isso sim, você precisa adquirir a licença depois de um certo período, e é justamente por isso que a Microsoft disponibiliza as ISOs para download livre: para que você possa testar o sistema e eventualmente comprá-lo ou para que possa atualizar ou reinstalar o sistema caso possua já uma licença. Após o período de testes você deve adquirir a licença por conta das limitações.

1 Curtida

A Microsoft definiu um limite de 30 dias para a ativação do Windows 10. Após esse período, uma marca d’água aparecerá no canto direito inferior da tela, informando que o sistema não está ativado. Além disso, você não vai poder customizar a interface do sistema (escolher o tema) enquanto não ativar (embora consiga alterar a cor editando o registro). Teoricamente não poderia trocar o wallpaper também, mas aí basta clicar na imagem com o botão direito e usar o “definir como”…

Você não vai perder o suporte de atualizações e seu sistema não vai ser bloqueado após o fim do período de testes. Conforme mencionei anteriormente, a Microsoft adota uma postura muito mais tolerante com relação à ativação do Windows 10. Legalmente falando, você tem que ativar o sistema. Contudo, não vai ter a usabilidade comprometida se não o fizer. Eu acho que podemos dizer que lembra um software “freemium”, de certa forma.

Usar o sistema sem ativar até poder comprar uma licença é muito melhor que sair comprando uma dessas licenças baratinhas e pirateadas. Comprar esse tipo de coisa é a mesma coisa que pagar para usar sistema pirata (e ainda vai beneficiar organizações criminosas). Nunca use licenças ilegais e muito menos ativadores, que comprometem gravemente a segurança do sistema e puxam recursos de processamento.

2 Curtidas

O computador foi comprado com windows 10? Se sim, você já está dentro da lei, já comprou um computador licenciado, a menos que a loja não seja confiável.

Logo, se você quiser baixar outra ISO e ativar a licença não terá problemas.

1 Curtida

Muito obrigado pelo esclarecimento. :+1:

1 Curtida