Instalar Linux no Pendrive

Queria um guia “digitado”, se possível! Quero instalar o Linux no Pendrive, por questão de estudo e conhecimento do sistema operacional.

Qual Linux? Mint, de preferência. Uso Windows 10. Meu pendrive contém 4 GB livre, no total 8 GB.

Atenciosamente;

Jeiel Miranda.

1 curtida

Fala aí amigo, como vc tá usando Windows eu achei uma postagem completa onde ensina a gravar uma imagem no Pendrive usando o Rufus, dê uma olhada:

Blog Opção Linux

OBS: No tutorial é usado o Fedora, mas também serve para gravar o Linux Mint.

Rufus as vezes é um tiro no pé. Tem algumas distros que ele não dá suporte

Obrigado. Irei seguir o passo a passo;

Não entendi. Não funciona?

Outra opção extremamente simples é usar o etcher, basta selecionar a imagem .iso, selecionar o pendrive e cliicar em flash.

OBS: Lembre-se de fazer backup do pendrive pois o programa vai apaga-lo completamente.

Balena Etcher Download

1 curtida

Baixa o Balena Ecther, roda o executável para instalar na sua máquina. Vá ao site do Mint escolha a ISO com “interface” que mais lhe agradar, por exemplo XFCE, e manda “fleshar” seu pendrive. Sem mistério.

Mais um usuário para ressaltar: faça backup do que tem no pendrive, pois o processos, seja pelo etcher ou qualquer ferramenta, apaga ele todo.

https://linuxmint.com/download.php

3 curtidas

O Rufus tem alguns problemas com certas distros. Última vez que tentei criar um pendrive de boot por ele, ele deu uma mensagem de warning, ignorei e o pendrive veio bichado. Como o @anon36011843 sugeriu também, use o Etcher. Garantido de funcionar

Certo. Obrigado.

Obrigado pelo aviso.

1 curtida

É para ficar utilizando o Linux diretamente pelo pendrive? Então vá de Puppy Linux, não há melhor escolha que essa.

1 curtida

E agora? Ajuda me! Como faço para prosseguir? Meu teclado é Multilaser.

Tu quer fazer dual boot com o Windows ou vai instalar somente o Mint?
Qual sua GPU?

Instalar o Mint no Pendrive, só quero saber a opção a cima.

No caso ele já está no pendrive. Acho que o que você quer fazer então é experimentar o modo live, então? Vulgo ver o sistema na sua máquina sem apagar seu disco

E outra coisa: você baixou a versão Debian (LMDE = Linux Mint Debian Edition). Para novatos e evitar possíveis dores de cabeça com drivers, eu usario o Linux Mint “normal”, o que é baseado no Ubuntu.

image

1 curtida

Ele quer que o sistema rode no pendrive e não apenas a partir do próprio pendrive, de modo que o sistema enxergue o próprio pendrive com a máquina, ele assim poderia atualizar o sistema, instalar programas, realizar alterações e em qualquer máquina que ele plugue o pendrive poderá reiniciar o sistema do modo que deixou. Sendo isso, poucas distros o fazem nativamente:

https://www.vivaolinux.com.br/artigo/Linux-no-Pendrive-Definitivamente-configuravel-e-persistente
É uma instalação portátil, não confundir com o modo live para testes e posterior instalação. Se não me engano, é o que chamam de instalação persistente., por isso recomendei o Puppy.

3 curtidas