GTK 4.0 é lançado de forma oficial

Nesta quarta-feira (16/12/2020) foi lançado de forma oficial o GTK 4.0 e que teve um post em no blog contando as novidades desta versão. Quem fez a nota foi Matthias Clasen, um dos desenvolvedores do GNOME e que trabalha na Red Hat também.

Clasen começa com a seguinte declaração:

GTK 4.0 é o resultado de muito trabalho árduo de uma pequena equipe de desenvolvedores dedicados. Teremos um artigo separado para rever as estatísticas, mas um breve resumo é que desde o lançamento do 3.89.1 em novembro de 2016, adicionamos mais de 18.000 compromissos e fizemos mais de 20 development releases.

Novidades

Ao longo dos 4 anos de desenvolvimento foram muitas coisas feitas e resumir tudo isso em um único post seria “impossível” segundo Clasen. Tanto é que ele deixou linkado vários artigos falando das novidades (e muito bem detalhados) para quem quisesse ver. Os artigos são: Data transfers, Event controllers, Layout managers, Render nodes, Media playback,Scalable lists, Shaders, Accessibility.

Ele também anexou vídeos mostrando cada novidade na prática e para não pesar muito a navegação aqui para você, vou deixar o link no final da postagem para conferir essas novidades na prática, são realmente muito bacanas.

GTK 3 está “morto”?

Ainda segundo Clasen o GTK 4 está estável já considerado pronto para o uso, não significa que o GTK3 esteja morto, pois ainda terá suporte e atualizações futuras, tanto é que a versão mais recente da série 3 é a 3.24.24. Mas uma outra versão não terá a mesma “sorte”.

FIM do GTK 2

No mesmo anúncio foi anúncio o FIM da vida útil do GTK 2 (end of its life ou EOL) e que nos próximos dias será feito um último lançamento da série 2.X para os próximos dias mas é recomendado que portem os aplicativos para o GTK 3 ou GTK 4

GTK 4 estará no GNOME 40 ?

Clasen só comentou que com o lançamento do GNOME 40, uma quantidade de aplicações serão portadas para o GTK 4 e que se você quisesse já ir “experimentado” como seria esse cenário, poderia testar através de builds nightly do flatpak, que seria o gtk4-demo e o gtk4-widget-factory. Ele deixou como exemplo, como seria com o GTK4 Demo, através dos comandos abaixo. Lembrando que precisa do Flatpak instalando no sistema.

$ flatpak install https://nightly.gnome.org/repo/appstream/org.gtk.Demo4.flatpakref

$ flatpak run org.gtk.Demo4

Ele também deixou links para baixar os tarballs do GTK 4 e um guia para a migração para o GTK 4, que podem ser encontrados aqui e aqui.

O post de anúncio e com os vídeos mencionados no começo da postagem, você encontra aqui.

Nos vemos no próximo post, forte abraço! E confira nosso Feed RSS

3 Curtidas