Google adquire Neverware, empresa que transforma PCs antigos em Chromebooks

o Chrome OS tem crescido e ganhado espaço nos últimos anos, graças às inúmeras novidades que vem recebendo. integrado com a Play Store, e mesmo capaz de virtualizar o Windows e seus programas, o Chrome OS tem recebido grande atenção e investimentos da Google.

Agora, a gigante das buscas segue investindo em seu sistema operacional com sua mais nova aquisição: a companhia de software Neverware.

O comunicado foi emitido pela própria Neverware em seu site, com uma lista de perguntas e respostas relacionadas à integração com a Google e as consequentes mudanças ao CloudReady OS e seus usuários.

O sistema é baseado na versão open-source do Chrome OS, o Chromium OS, e mantém grande parte dos recursos de software da Google, tornando computadores antes impossibilitados de rodar versões mais recentes do Windows e macOS em dispositivos velozes equipados com o Chromium OS. Por muito tempo, a empresa recebeu investimentos da gigante de Mountain View.

Em um comunicado, a Google confirmou a compra e revelou que o CloudReady OS passará a ser baseado no Chrome OS, ao invés do Chromium OS. O modelo de negocios da Neverware é freemium, em que uso doméstico do sistema é liberado de maneira gratuita, havendo cobranças apenas para empresas e para o mercado educacional.

Caso isso vingue, e que não acabe no cemitério de produtos da Google como diversos outros projetos, a aquisição pode indicar um futuro promissor para o Chrome OS e possivelmente sendo um inicio de um grande concorrente contra o sistema da Redmond e da Cupertino

4 Curtidas

A empresa neverware que faz um clone com Chrome os , o cloudready , foi adquirida pelo Google.
A ideia parece ser levar o Chrome os a todos os computadores Intel e AMD.
A versão home é grátis
Até o momento não tem aplicativos Android mas isto deve mudar com o tempo.
Já experimentei o cloudready e ele é bem fluido, é um sistema para nuvem mas permite salvar arquivos localmente e executar arquivos em pendrive, cartão micro SD e HD externo.
Os arquivos baixados por download são automaticamente salvos na conta do Google que você configurou.
As atualizações são automáticas e não quebram o sistema , além de serem bem pequenas e feitas em segundo plano.
É ideal para quem usa somente sistemas na nuvem como gsuite e office online.
O foco é na praticidade e segurança.
O ponto negativo é que apesar de ter suporte para impressora USB pelo cups ele não tem acesso a scanners USB pelo sane, mas creio que o Google vai resolver isto também. Scanners wifi que tem página Web podem scanear pelo endereço ip do scanner como a multifuncional HP 3636.

Na verdade pode acontecer duas coisas, ou a Google vai realmente querer expandir o Chrome OS pra todo mundo ou ela pode matar o CloudReady daqui um tempo.

Na minha humilde opinião, o Google só está eliminando a concorrência. Comprou para extinguir, simples assim.