Firefox vs Chrome, qual eu devo usar?

Olá pessoas, eu estou com uma dúvida enorme, eu uso e sempre usei o Google Chrome mas eu estou notando que ele tá dando uns engasgos devido ao meu computador ser fraco. Tentei optar pelo Firefox, porém eu não tô conseguindo usar dois perfis de conta ao mesmo tempo como tem no Chrome. Eu uso dois perfis porque eu estudo e deixo tudo relacionado a escola em um perfil e para a navegação pessoal eu utilizo outro perfil (cada perfil tem uma conta Google diferente). Eu quero saber se tem como usar dois perfis ao mesmo tempo e se devo mudar do Chrome para o Firefox.

Dá uma olhada nessa extensão:

2 Curtidas

Se você preza pela sua Liberdade, só há um: o Firefox.
No Firefox, para abrir janelas com outros perfis, acesse:
about:profiles

O Firefox é o segundo navegador mais antigo do mundo,
só atrás do MOSAIC. Antigamente se chamava Netscape…

1 Curtida

Ok, vou tentar ver as suas sugestões, obrigado.

É complicado, a gente querer dizer qual deles você (ou outra pessoa) deva usar.

Usei muito o Firefox e o Chrome, mas para unificar meu perfil (uso 1 só) acabei ficando só com o Chromium.

A única distro em que ainda uso o Chrome é o KDE Neon (para fugir do “snap2” da Canonical). Também usava no Mint e no PCLinuxOS, mas agora, ambos já oferecem o Chromium. ─ No momento, só estou usando o Firefox no Mageia 8 (Beta), enquanto não conseguem empacotar o Chromium.

Quanto às travadas em hardware fraco, tive alguns problemas com o Chromium no meu antigo 2 x Core2 Duo com 4 GB RAM (sem placa de vídeo), mas pude resolver isso com 3 medidas simples:

  1. Passei a usar uBlock Origin, pois alguns sites e portais abusam demais de anúncios, java, flash, nem sei direito o que é aquilo. Com isso, aqueles sites e portais deixaram de me causar problemas. Mas há outras alternativas. Este uBlock Origin, apenas apareceu no antigo Chrome do PCLinuxOS, e devido à sincronização se espalhou pelo Chromium das outras distros. Gostei, e deixei ficar.

  2. Em várias distros que apresentavam certo travamento no Facebook, desabilitei “Hardware acceleration” no Chromium, e o problema desapareceu.

  3. No Twitter, desabilitei a execução automática de vídeos, e principalmente GIFs animados, que também me causavam problemas. ─ Não lembro se isso era específico do Twitter, ou se também podia desabilitar no Facebook, ou se desabilitei geral. Já tem alguns anos, e esqueci como era.

  4. Adquiri o hábito de nunca manter muitas abas abertas no Chromium. Passei a manter apenas 3 abas (ou até menos). ─ Quando necessário, abria outras 10 abas, resolvia o que tinha de resolver, e tornava a fechá-las, uma por uma. ─ Agora, estou com hardware bem mais adequado, mas mantive esse bom hábito. Sites e portais exigem cada vez mais recursos, abusivamente, e não quero ficar mal-acostumado outra vez.

1 Curtida

Valeu amigo, ótima dica!

1 Curtida

Editei para incluir uma dica sobre GIFs animados no Twitter, que também me davam problemas.

1 Curtida

O @Dio deveria fazer um vídeo sobre estudos no Linux e falar sobre o uso dos perfis no Firefox ou em outo navegador.

Amo o Firefox mas recentemente notei que ele, a versão estável, estava colocando o CPU a quase 100% quando rodava vídeos no YouTube e minha solução foi instalar o Firefox Nightly.
Mágicamente os problemas de gargalo pararam.
Eu, particulamente, recomendo.

1 Curtida

Obrigado pela sujestão!

1 Curtida

Respondendo sua pergunta: Se o Firefox está mais leve que o Chrome no seu computador, não precisa mudar. Se você ainda enfrentar travamentos, recomendo testar o Pale Moon.

Sobre a questão dos perfis: se você digitar Alt+F2 e digitar firefox -p, irá abrir o gerenciador de perfis e você pode criar outros perfis.

Aí você cria atalhos do Firefox na área de trabalho e em cada atalho você coloca esse comando: firefox -p "nome do perfil" -no-remote. Dá pra usar vários perfis ao mesmo tempo com este método.

2 Curtidas

uma opção é usar o firefox na versão appimage

ai vc pode criar quantas contas quiser e logar uma a uma em um appimage diferente.

na minha época de faculdade quando usava windows eu tinha uma versão portable do firefox com a proxy da universidade pra poder acessar os artigos cientificos na faixa do portal capes. E tinha o navegador normal instalado para fazer as outras atividades.

O appImage funciona como um portable do windows. Nem precisa instalar, é só dar permissão de execução no arquivo e sair usando.

1 Curtida

Obrigado amigo, vou ver se eu consigo me acostumar :smile: