Enlightenment - Já ouviu falar?

O Enlightenment surgiu em 1996, como um projeto de gerenciador de janelas para o X11.
Por mais que o projeto tenha se expandido bastante, tendo suas libs usadas por vários outros projetos, venho aqui neste tópico para falar do gerenciador de janelas, que na verdade é considerado um desktop environment, pois é um conjunto de aplicações que juntas formam a interface e suas funções (assim como o LXDE).

O Projeto Enlightenment, assim como o Projeto GNOME acredita que o Wayland é o futuro das camadas de exibição gráfica do Linux. Atualmente, o projeto se encontra em transição do X11 para o Wayland.

O projeto oficialmente suporta o Linux, mas há algum esforço (baseado no suporte de outros usuários e desenvolvedores) para o BSD, também.

O conjunto das libs que compõem o Enlightenment, suas aplicações e os projetos baseados nestas libs chama-se EFL. As aplicações nativas do Tizen, por exemplo, são desenvolvidas usando as libs EFL. As aplicações nativas do Enlightenment, desenvolvidas também usando EFL incluem um emulador de terminal, o Terminology, que para mim é o Terminal mais customizável que eu achei e não funciona apenas no Enlightenment, mas em qualquer distro que suporte um emulador de terminal externo. Inclui também, um player de vídeo, visualizador de imagem e outros.

Enfim, agora falando sobre o próprio Enlightenment DE, ele é feito para ser leve e customizável. Eu, particularmente, acho ele muito bonito logo de fábrica, assim como o DDE. Mas, em vez de ser bonito por causa de blur, blur e blur, eu acho o visual do Enlightenment único.


O ambiente Enlightenment é composto, principalmente, pelas libs EFL, seguido do Elementary (nada mais que um toolkit MUITO simples, feito para escrever aplicações o mais leves possíveis), seguidos do próprio ambiente Enlightenment e suas aplicações como Terminology, iBar e etc.

Ele é MUITO customizável, em cada aplicação você pode personalizar desde imagem de fundo, até título e bordas de janela. Mas a diferença é que tudo é por interface gráfica.

Sua performance, no meu computador foi melhor que o LXDE. Ele é muito bonito, tem animações (desativáveis) e tal, mas não sei qual é a macumba ali usada, pois funciona. Leve, muito leve.

Ficou interessado? Quer instalar? Seguem aqui os “how-to” de instalação em cada distro.

  • Ubuntu, Mint e derivados

$ sudo add-apt-repository ppa:niko2040/e19
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install enlightenment terminology

  • Fedora, Red Hat Enterprise Linux e derivados

$ sudo dnf install enlightenment

  • openSUSE, SUSE, Regata OS e derivados
    :x: Infelizmente, o Enlightenment nos repositórios do openSUSE não é mais atualizado desde a E17. Me corrija se eu estiver errado.
  • Void Linux e derivados (Void já tem uma ISO pronta com o Enlightenment)

$ sudo xbps-install -S enlightenment

  • Arch Linux, Manjaro e derivados

$ sudo pacman -Sy enlightenment terminology

8 Curtidas

Leve ele é, acabei de instalar e iniciando com 230mb. Agoora, tô perdido, não achei ele bonito e quero customizar.

2 Curtidas

Se clicar com o botão esquerdo na área de trabalho, ir até “Definições” e clicar em “Painel de definições”, você pode configurar a aparência, extensões, o compositor de janelas e etc.

2 Curtidas

Já usei no Ubuntu. . .

2 Curtidas

Acho ele bonito e também meio cara de anos 90 e começo dos 2000.

2 Curtidas

Já usei, a um tempo atrás. Qualquer dia quero testar ele novamente. É bastante leve e personalizável. Só tem que ter um pouco de paciência para customizar.

O que acho interessante, é que ele é diferente dos demais ambientes que temos por ai. Muita gente estranha no começo, porque é uma experiência diferente mesmo. Ele tem vários atalhos de teclado por padrão também. Para quem não conhece e tem paciência de conhecer uma coisa nova e diferente, eu recomendo seriamente que experimente o Enlightenment.

Para quem não sabe, tem uma distro que é baseada no Ubuntu que usa o Enlightenment como ambiente padrão, chama-se Bodhi Linux: https://www.bodhilinux.com/

2 Curtidas

Valeu pela sugestão :slight_smile: Pelo menos na ISO pronta não precisa compilar, e n fica dando erro

1 Curtida

Você encontrou erros no Arch ou no Void?

2 Curtidas

No void o wallpaper não tava funcionando, e no Arch tive que compilar na mão mesmo. Daí n sei por que cargas d’água ficava dando um erro nas libs EFL que me fazia reiniciar a sessão.

1 Curtida

Mas só fazendo uma correção: o Bodhi não vem com Enlightenment, mas com um fork dele. Na verdade tava parecendo mais o Openbox do que o Enlightenment.

1 Curtida

Fiz uma breve pesquisada na Wikipédia, e diz que esse DE não usa nem Qt nem GTK, procede? :thinking:

Uai, então eles mudaram, porque quando usei era praticamente o Enlightenment puro, só com uma ou outra pequena modificação deles. Nada que alterasse o ambiente padrão. Usei o Bodhi já tem vários anos, então com certeza fiquei desatualizado :slightly_smiling_face:

No Arch você não instalou pelo pacman? Segundo o site, tem nos repositórios oficiais: Arch Linux - enlightenment 0.23.1-1 (x86_64)

Fiquei até curioso, vou instalar aqui pra ver o que rola.

Ele é bem complicado para customizar. Principalmente o teclado, que no meu netbook é US alternativo. No desktop funciona de boa, mas também complicado configurar teclado. Até para configurar a rede wifi é um porre. Mas que ele é bonito, isso é. Quando consigo configurá-lo, é ótimo. Espero que atentem para isso no futuro.

Atualizando todos que participaram aqui, notei no fórum Viva o Linux que (ao menos parece) que o openSuSE tem uma “flavour” oficial com a DE, procede?

Ao menos no site, só vejo KDE, GNOME e XFCE.

Mesmo o GeckoLinux, uma derivada com mais DEs, tem só os três mais Cinnamon, Mate e LXDE.

https://en.opensuse.org/Portal:Enlightenment
https://software.opensuse.org/package/enlightenment
Parece que não tem uma versão com esse DE por padrão, mas, ela é facilmente instalável de forma oficial e suportada.

Então eu conseguiria instalar uma versão “minimal” sem ambiente gráfico e jogar o Enlightenment por cima?

Acredito que você poderia selecionar na versão netinstall para ser a sua DE padrão:
http://download.opensuse.org/distribution/leap/15.2/iso/openSUSE-Leap-15.2-NET-x86_64.iso

Ou na versão de DVD com outra instalar depois como alternativa e na tela de login poderia alternar entre ambos:
http://download.opensuse.org/distribution/leap/15.2/iso/openSUSE-Leap-15.2-DVD-x86_64.iso

Corrigindo, mesmo na versão convencional de DVD você pode ter apenas o Enlightenment como padrão e único DE se desejar. Basta durante as configurações de instalação na guia “Interface” selecionar “Personalizado” e depois clicar em “Configurar repositórios online” selecionando o Enlightenment. Nesse caso você precisará estar conectado na internet, pois no disco só vem KDE Plasma e Gnome, portanto o DE vai ser baixando do repositório enquanto ocorre a instalação. Veja aqui:

1 Curtida

Entendi :thinking: