Dual-boot Windows 10 com Ubuntu em MBR

Boa tarde a todos.

Gostaria de fazer um dual-boot entre meu Windows 10 (já instalado) e uma distribuição linux (escolhi o Ubuntu). Para tal, assisti este tutorial do canal DioLinux no YouTube: Como fazer DUAL BOOT com Windows 10 e Linux - Tutorial FÁCIL - 2021 - YouTube.

Pois bem, tinha seguido os passos, até quando cheguei na instalação do Ubuntu e não consegui criar uma partição ext4 em um espaço não alocado que havia reservado para o Linux. Pesquisei na internet e vi que por meu HD estar em MBR, não se pode criar mais de 4 partições primárias, tendo que usar as lógicas. Se eu não me engano, não posso convertê-lo para GPT pois meu BIOS é antigo (assim como o notebook) e não é UEFI, logo, não leria o GPT.

Depois de gerenciamento de disco pra lá e pra cá, meu HD ficou dividido desta forma:

Como se pode ver, eu mantenho uma partição D: (antes primária, agora lógica) para arquivos no Windows 10. Eu quero criar uma partição única para o Linux tirando espaço de D:. Ou seja, no Linux, não quero separar sistema e arquivos em partições diferentes. Qual é a melhor forma de fazer isso?

Agradeço desde já quem puder responder.

Por que, ao em vez desse rolê todo, não mandar o Ubuntu instalar ao lado do Windows 10 durante o processo de instalação? Ele já faz isso de forma automática…

1 Curtida

Seria uma boa, já vi tutoriais recomendando isso. Mas no meu caso, essa opção não apareceu, daí eu tive que editar as partições por conta própria.

Não acho q seja uma boa ideia visto que o Ubuntu vai particionar automaticamente e talvez nem usar o espaço reservado que ele deixou. Essa opção é mais adequada pra quem nem quer ou tem medo de mexer no particionamento.

1 Curtida

Mas ele falou que só partiu direto para o particionamento manual pois não apareceu a opção de instalar ao lado…

1 Curtida

Consegui resolver o problema e fiz o dual boot entre Windows 10 e Linux (acabei escolhendo o Linux Mint).

Para resolver, excluí a partição de recuperação de 518MB (na foto no início desse tópico; não precisava dela, mas fiz o backup dos arquivos) e liberei mais uma ‘vaga’ para partição primária no MBR, logo, usei-a para o Linux Mint.

O meu particionamento ficou assim após isso:

Swap: não pude criar uma partição separada para o swap, daí o Linux Mint criou automaticamente o swap em um arquivo na raiz do Linux ("/"). Ele criou um de 1,5GB por padrão, sendo que tenho 4GB de RAM. Se necessário alterar, procurarei saber os comandos para isso na internet.

2 Curtidas

Oi!
Eu fiz o dual boot entre o Windows 10 em MBR e o Pop!_OS, e esse vídeo aqui me ajudou muito: Pop OS Dual Boot Windows 10-How To Dual Boot Pop OS And Windows 10-Use Windows 10 To Boot Into Pop - YouTube
E também consegui colocar quanto queria de Swap, no caso coloquei 8GB.
Não tenho certeza se o mesmo procedimento do vídeo funciona no Ubuntu, mas creio que sim, visto que os dois são baseados em Debian.