Disney+ quer desbancar Netflix no Brasil, com preço menor

Com a corrida dos serviços de streaming de vídeos, uma verdadeira corrida pode acontecer aqui em terras tupiniquins, isso pode acontecer com a chegada do Disney+ em novembro.

Como noticiamos em agosto, o Disney+ poderia chegar aqui no Brasil custando R$28,99, mas um pouco acima do preço praticado pela Netflix no seu plano básico (± R$22). Mas parece que isso pode mudar.

Em entrevista para a Veja o Presidente da Disney para a América Latina, Diego Lerner, disse que o plano da empresa é ter um poder de penetração massiva no país e que o serviço não será cobrado em Dólar e sim em Real.

“O Brasil é o principal mercado da América Latina e avança velozmente porque os brasileiros são ávidos pela oferta digital.” e ainda complementou “Cobraremos em moeda local, não em dólar. Vamos estar na faixa de menor preço do Netflix (atualmente R$ 21,90), porque queremos uma penetração massiva no Brasil.”, segundo Lerner.

Também foi falado na entrevista, que “tudo que estiver em exibição no Disney+ do resto do mundo ficará disponível no Brasil também.”, mas também teve uma declaração dele (Lerner), que já confirmava alguns rumores, e é a seguinte:

“Só será possível ter acesso ao conteúdo Disney, Marvel, Pixar, Star Wars e National Geographic através do Disney+. E, de forma reduzida, no Disney Channel. Não haverá mais a opção de aluguel on-line.”

Com isso, o serviço da Disney entra no mercado brasileiro para conquistar uma leva grande de clientes, que estão pulverizadas entre Netflix, Amazon Prime Video, TeleCine Play e GloboPlay. Ainda terá outra gigante para chegar no Brasil, o HBO Max da Warner (assim descontinuando os serviços HBO Go e o HBO Now), ai sim poderemos ver uma verdadeira “Batalha de Titãs” pelos clientes. De um lado Disney e Warner com os seus serviços (que detém boa parte dos conteúdos) VS Amazon Prime Video, Netflix, TeleCine Play, GloboPlay e qualquer outro serviço que vier. Isso pra mim é bom pois com mais opções, mais as empresas vão ter que “lutar” para deixar o cliente fiel ao serviço dela.

Esperamos cenas do próximo capítulo.

Nos vemos no próximo post, forte abraço! E confira nosso Feed RSS

2 Curtidas

Pois é… concorrência que é bom, nada. Tudo girando no mesmo preço…
No meu tempo, a gente chamava isso de Cartel… :roll_eyes:

Tô bem curioso pra saber o preço final, tinha achado o preço rumorado meio salgado, mas agora com essa declaração do presidente da Disney pra América Latina, fiquei até esperançoso