Depois de 8 anos de desenvolvimento, LXQt chega na sua versão 1.0

https://diolinux.com.br/noticias/lxqt-chega-na-versao-1-apos-8-anos.html

O LXQt finalmente alcançou a sua versão 1.0 e traz consigo um número considerável de novas funcionalidades, correções e melhorias no desempenho.

7 curtidas

Realmente o LXQt é muito bom para batatas e pcs mais fraquinhos, mas tem algumas coisas que ainda me frustram:
→ Não possui documentação (posso estar errado, mas nunca consegui achar nada além do site);
→ Visual Windows 95 like em alguns softwares, o que pode ser revertido mas incomoda no primeiro uso;
→ Não parece ter uma identidade (ao meu ver), parece mais a sombra do KDE Plasma, porém para computadores fracos;
→ Bugs visuais;
→ ¹Não possui um “tour inicial”, que faz com que o usuário se sinta perdido na primeira experiência.

¹ A interface pode até parecer meio óbvia de se usar, mas algumas configurações e até mesmo atalhos do LXQt mais “complicados” de se encontrar não são abordadas em um tour inicial ou documentação (como temos no GNOME)

4 curtidas

Tomara que o LXQt cresça e apareça como projeto. É uma interface mais bonita que Xfce e MATE na versão “de fábrica” e, tal qual esses desktops, é de fácil configuração e customização. Sistema sob LXQt é sistema com ambiente gráfico que nos deixa ir direto ao que interessa: atividades fim e produtividade. E é deliciosamente responsivo: ontem usei o Lubuntu 21.10 (com LXQt 0.17) num notebook com core i3 e 8 Gb de RAM, e o sistema “voava”.

2 curtidas

O pessoal reclamava do site do mint mas e esse site aí? Primeira vez que entro nele e achei horrível, misericórdia.

1 curtida

O do mint ainda era intuitivo…

Não é ruim, se comparado ao site do Xfce

1 curtida

O pior:
http://www.slackware.com/

SOCORRO! Que site feio, pq ninguém reclama disso? Só via a zoação do mint :thinking: Mas até que dá pro gasto mesmo sendo feinho, pelo menos ele tem tradução algo que acho fazer falta no site do mint.

Ok, desisto, esse é realmente o pior. Tô chocada kkkkkkk

2 curtidas

Não se choque ainda, sem dúvida nenhuma, esse é o pior site que você verá em sua vida!

friends

1 curtida

Feito em HTML (dane-se a versão) e hospedado no Geocities

Esses seguem à risca o HyperText Markup Language, vulgo HTML.

Voltando à pauta: eis uma demonstração de como o LXQt é tão customizável quanto o XFCE e o MATE.

2 curtidas

Eu lembro do LXDE no Lubuntu das antigas, aquilo lá salvou um Netbook aqui de casa (Atom com 1gb de ram). Fico feliz em ver o seu “sucessor espiritual” chegando a uma fase de amadurecimento. Vida longa ao “novo” rei da leveza (depois dos WM’s)

1 curtida

Shall I?

2 curtidas

O Lubuntu é sempre lembrado quando tratamos do LXQt. Mas o Fedora Spin LXQt é sensacional.

Aliás, previsivelmente, o Fedora 36 LXQt já deverá trazer o desktop 1.0. Ainda não sei se o Lubuntu 22.04 LTS deverá trazê-lo também.

1 curtida

Também acho uma ótima opção o Fedora Spin LXQT, só não a utilizo pois gosto bastante do EndeavourOS e daí escolho como DE o LXQT.

1 curtida