Demora no boot Ubuntu 20.04

Olá, galera do Diolinux. Apesar de ter o primeiro contato com o Linux em 2008, sou extremamente iniciante nesse assunto. Por vários problemas, leia-se falta de sorte, nunca consegui me manter com o SO, sempre recorria ao bom e velho Windows. Há 15 dias resolvi mudar, pois o windows apesar de inciar rapidamente demorava muito para se tornar utilizável, um problema do HD em 100%.
Agora no Ubuntu estou achando o boot muito lento, em média 1 minto e 30 segundos. Lembro que quado instalei com dualboot com o windows não passava de no máximo 1 min. Agora só tenho o Ubuntu instalado e enfrento essa demora.

A configuração do meu notebook é a seguinte:
Acer Aspire A515-51
BIOS: V2.02 (type: UEFI)
Processor: Intel® Core™ i5-7200U CPU @ 2.50GHz (4 CPUs), ~2.7GHz
Memory: 8192MB RAM

Tempo de boot (systemd-analyze time):
Captura de tela de 2020-08-05 16-41-11

A primeira parte (systemd-analyze blame)

É possível melhorar esse tempo de boot?

Obrigado

HD de 5400 rpm? Se for, 1’30" tá normal…

Sim…
Acredito que o único jeito de melhorar é com um SSD. =/

1 Curtida

Até para desligar há uma demora. Se eu ligar e desligar logo em seguida é rápido, a tela apaga logo após pressionar em desligar. Mas quando uso por um tempo, mesmo fechando os programas, demora quase 1 min para a tela apagar e desligar. Não sei se é normal ou se no windows a tela apagava, o computador continuava com a rotina de desligamento e só depois desligava. Diferente do Ubuntu.

1 Curtida

Olha com atenção a rotina de desligamento do Ubuntu pra ver se não tem algo errado que “prende” o desligamento. No meu Dell “experiente”, o Ubuntu lerdava tanto pra dar boot quanto pra desligar. Troquei pra Manjaro e melhorou muito. Liga mais rápido e desliga em segundos…

Vou verificar. Minha experiência com o Manjaro foi horrível, travava com jogos online pelo Chrome e um programa que uso pra programar em Python ao abrir tinha que forçar o desligamento pra poder usá-lo novamente.

A melhor coisa pra fazer é deixar conectado na energia e suspender o computador. Como tem 8G de ram vai ficar tranquilo de usar. O uso de energia elétrica na suspensão vai ser irrisório. Só vai precisar reiniciar o computador por conta de atualizações.

O meu tinha 4G, hd lento, deixava sempre suspenso porque era meu media-center na sala. Quando queria usar ele ligava mais rápido do que a TV!

Deixar sempre ligado não é uma solução rsrs
Mesmo assim, obrigado

As vezes a solução para um não é a solução para outro… Suspender o computador resolveu pra mim e acho importante divulgar, pois pode ajudar também outras pessoas que caiam no tópico.

Não sei se você leu direito, mas estou falando de um notebook.
Essa “solução” é de quem não paga a própria conta de energia…

Eu li direito sim e como falei o gasto de energia é ínfimo. Mas como você não acredita podemos fazer os cálculos aqui. Na minha conta de energia do último mês o custo do kWh ficou menor do que 1 real, mas vou assumir que é 1 real para facilitar os cálculos (aí pra sua conta vc substitui pelo valor do kWh que vc calculou). No site do fabricante tem os valores de consumo de energia pro seu modelo de notebook:

consumo

  1. Notebook desligado, mas ligado na tomada (off mode) (30 dias direto)
    O documento informa que o consumo é 0,15 W. Multiplicando por 24h vezes 30 dias, temos 108 Wh por mês. Como 1000 Wh (ou 1kWh) custa cerca de 1 real, o custo mensal é R$ 0,11.

  2. Notebook suspenso, ligado na tomada (sleep mode) (30 dias direto)
    Consumo informado é 0,46W. Multiplicando por 24h vezes 30 dias, temos 331Wh por mês. O preço do kWh sendo 1 real, o custo mensal é de R$ 0,33.

  3. Notebook ligado mas sem usar (idle mode) (30 dias direto)
    Consumo informado é 5,38 W. Multiplicando por 24h vezes 30 dias, temos 3873 Wh por mês. O preço do kWh sendo 1 real, o custo mensal é de R$ 3,87.

Espero que tenha ficado claro como fazer para estimar o custo da energia, antes mesmo da conta chegar. A primeira vez parece complicado mas é importante para quebrar o mito dos pais que usam a desculpa da energia elétrica para tentar tirar a criança da frente do computador. Somente o conhecimento liberta!

Eu percebi que você tem várias crenças limitantes: quando assumiu que a energia seria cara antes mesmo de calcular, quando assumiu que isso não era solução, quando assumiu que eu não li direito o tópico e quando assumiu que eu não pago a minha conta de energia. Se aceitar mais uma dica, trabalhe isso em você para desenvolver todo seu potencial.

2 Curtidas

Esse tópico já pode ser finalizado.

Resumindo:
Como otimizar o boot no Ubuntu?

  • não desligue o PC/Notebook. Assim você não precisa mais se preocupar com o tempo de boot, pois sempre estará ligado quando você precisar.

Tópico encerrado.

1 Curtida

Troquei o Ubuntu pelo Kubunto e agora inicia com 40 segundos :joy::joy:

1 Curtida

Mesmo o autor tendo “resolvido” seu problema trocando de interface, para quem ainda não viu, recomendo o vídeo que o @Diolinux fez, uma da abordagem que ele faz é exatamente o que é inicializado no Ubuntu

Como REDUZIR uso de RAM? + Dicas para otimizar GNOME

1 Curtida

Obrigado, cara. Isso é de grande ajuda!
Vi que o kubuntu já disponibiliza gerenciar os apps em segundo plano, mas com o Stacer é possível fazer bem mais.

Tô achando impressionante como o Kubuntu consegue entregar um desempenho superior mesmo com a variedade de customização.
Com o mesmo uso e aplicativos o Ubuntu já consumia 1gb ao ligar, o Kubuntu 600mb (claro que desativei umas coisas - sem desativar ficava em 700mb).

Não sei se tem alguma relação no tempo de boot em não ter uma home separada. Acredito que sim por não ter que montar nenhuma outra partição.

Para o Kubuntu apenas fiz a instalação padrão, sem usar a instalação avançada, e a versão minimal.

Vai ser difícil sair do KDE. Hehehe

Fiz essa mudança justamente pq vi uma melhora no boot e na abertura dos programas quando instalei o KDE no Ubuntu, só que algumas coisas estavam brugadas.

1 Curtida