Conhecendo o KDE Neon - Sexta do Hopping

Confira o post completo no blog: https://diolinux.com.br/linux/kde-neon-sexta-do-hopping.html

O KDE Neon é um projeto bastante interessante e sólido para uso em desktop. Eu decidi me desafiar e utilizá-lo por 30 dias, o resultado você encontra aqui na sexta do hopping.

9 Curtidas

Acho ótimos os vídeos do @Dio mas, pessoalmente, prefiro texto.

Continuo usando o apt update, para “ver” de imediato se os repositórios estão respondendo direito.

Em seguida, uso o Synaptic (uma GUI do apt) para aplicar as atualizações, pois me dá um Histórico fácil de pesquisar.

Volta e meia, executo o pkcon (PakageKit em linha de comando), para ver se falta alguma coisa ─ e nunca vi faltar nada.

Naturalmente, ao fazer a migração de uma versão LTS para outra, uso o comando pkcon, do jeito como é recomendado.

E nunca uso o Plasma Discover para nada.

3 Curtidas

Eu quero ver ficares um mês no fedora silverblue
Ps:para além de experimentares o novo gnome 40, podes depois voltar para o gnome 3.38 rápidamente dependendo da Internet

2 Curtidas

Vou deixar anotado aqui, quem sabe não pode ser a próxima?

2 Curtidas

Iniciativa bem legal, parabéns pelo texto. Minha sugestão é um pouco fora do comum: OpenSUSE tumbleweed com enlightenment.

4 Curtidas

, só a parte do kde conext é que eu não tenho a certeza, de resto todos os softwares estão no flathub

Se é este, acho que está no Flathub sim:

https://www.flathub.org/apps/details/com.github.bajoja.indicator-kdeconnect

1 Curtida

Queria que a série em videos voltasse!! :heart_eyes:

3 Curtidas

Cara, eu ia curtir bastante saber a sua experiência usando um tiling window manager.

Atualmente eu uso o xubuntu + i3 depois de muito tempo usando o Ubuntu Server + i3, que por sua vez substituiu o Manjaro i3 edition. Eu adoro o projeto KDE, mas o que mais me impede a usar a famosa DE feita em Qt é que eu não consigo entegrar bem o workflow de um twm (que eu simplesmente virei adepto fiel). Temo que em um mês de uso você possa vir a virar adepto fiel também haushahaja

Tem uma curva de aprendizado sim, mas creio que em 5 dias você se acostuma. Outra coisa é que nem tudo é tão integrado, já que o i3 é só um wm (como o kwin do plasma), então a questão do minimalismo é um dilema: ou você se acostuma a usar um sistema meio frankstein, ou você dedica um bom tempo pra refinar o sistema (famoso ricing, que você encontra bastante exemplos no subreddit r/unixporn).

Eu recomendo usar uma distro com Xfce por padrão e simplesmente instalar o i3 em cima. Usar o próprio xfce4-panel é uma boa escolha também, na minha opinião, já que o “painel padrão do i3” é bem cru.

Meu setupzinho: GitHub - EduardoPazz/dot_files: A repository to backup the config files for my i3 window manager desktop.

2 Curtidas

No KDE Neon não funciona o upgrade, mas sim o dist-upgrade, então:

sudo apt update && sudo apt dist-upgrade

Tá, esse funciona, mas qual seria o comando certinho pro KDE Neon?

sudo pkcon refresh && sudo pkcon update

Ah agr ss, vou atualizar tudo via terminal com esses comandos!

Bem, eu uso o KDE Neon e prefiro usar o próprio Discover (Loja) para fazer as atualizações, visto que ela atualiza pacotes .deb, flatpak e snap, ou seja, é só clicar em Atualizar tudo, pôr a senha e aguardar, bem mais simples.

3 Curtidas

Aos que gostaram da customização do KDE e estão achando confuso, recomendo o canal Linux Scoop. Esse canal ensina várias customizações usando o KDE, e depois de um tempo assistindo, consegui entender como funciona cada seção. São muitas opções, mas com o tempo você se acostuma.

1 Curtida

Quem sabe não pode ser a minha próxima?

1 Curtida

Sugiro dar uma olhada na última versão do biglinux que também usa kde mas tem opções de personalização já no início do primeiro boot e estão pensando em criar uma loja de aplicativos

2 Curtidas

Vira e mexe eu dou uma acompanhada na última versão do Big, é um sistema muito interessante, já cheguei a usar como minha distribuição principal por alguns meses

Fala aí cara, gostei do seu texto e vou dar uma resposta longa, espero que tenha paciência para ler…

Bom, vou falar de algumas coisas que chamam a minha atenção no texto. E relaxe que é só pra gerar uma conversa, não é um ataque gratuito ao conteúdo ou a sua pessoa.

Aplicativos

Cara, que bacana que você focou nisso, pois tem muitas pessoas que tem medo de mudar de distribuição por não encontrar um determinado app, mesmo que ele seja famoso e fácil de instalar. Nem todo mundo sabe o que é Snap e Flatpak, então ter isso nesse tipo de postagem é algo que pode tranquilizar pessoas não acostumadas com Distros Linux.
A única coisa que você poderia fazer nas próximas postagens é ensinar como habilitar o suporte ao Flatpak ou Snap caso seja necessário. Mas isso é só a minha opinião.

Os problemas

Eu comecei a ler os problemas do KDE Neon e você logo de cara cita o comando “pkcon upgrade”, e eu confesso que também teria esse problema, pois essa distro é baseada no Ubuntu né, então também ia ver como algo negativo no começo, mas no costume iria esquecer disso.

E em relação as atualizações constantes do Plasma, eu também sofria com isso em qualquer distro com essa interface. As vezes eu até ficava desanimado quando dava algum problema no sistema, me forçando a reformatar ou perder um bom tempo pra tentar resolver tudo (ou piorar).

1 Curtida

Muito interessantes os pontos apresentados, obrigado pelo feedback!

Nem me passou pela cabeça ensinar o como habilitar o suporte a outros formatos de arquivo, vou passar a ensinar nas próximas versões.

3 Curtidas