Conheça o openSUSE Slowroll

O openSUSE agora oferece mais uma alternativa da disto, visando usuários que buscam uma distro rolling release, sem abdicar da estabilidade. O openSUSE Slowroll se posiciona entre o openSUSE Tumbleweed e o SUSE Enterprise Linux, ele se mantém com as últimas atualizações de segurança, entretanto, as demais atualizações são recebidas a cada um ou dois meses.

Por enquanto o openSUSE Slowroll se encontra em estágio experimental, mas você já pode conferi-lo utilizando a nova imagem do sistema, ou substituindo os repositórios em uso pelo openSUSE Leap/Teumbleweed.

13 curtidas

Muito interessante. Eu mesmo tenho usado o Tumbleweed por alguns meses, e pra mim tem sido bastante estável, nenhum problema tive.

Aliás, pra ser sincero tive uns probleminhas sim, como eu adicionei o repositório Packman, para instalar codecs multimídia, quase toda vez que eu ia atualizar o sistema, ficava dando conflito de pacotes do repositório do openSUSE e do repositório Packman, um exemplo é o Mesa. Toda vez tinha que ficar escolhendo entre a versão do openSUSE e do Packman. Não é algo que chegou a quebrar o sistema mas incomodava bastante.

Decidi experimentar o openSUSE Leap. Por ele não atualizar os pacotes com tanta frequência, como o Tumbleweed, achei que esses problemas de conflito de pacotes seriam menos frequentes. Ironicamente, o Leap ficou meio “bugado” na minha máquina, com o KDE Plasma e os aplicativos travando toda hora… voltei para o Tumbleweed.

Decidi agora não instalar mais esses codecs do Packman. Ao invés disso, eu instalei o player de mídia VLC via flatpak. Meu navegador principal é o Firefox e eu deixei ele instalado a versão do repositório, pois a extensão “Plasma Integration” não é compatível com a versão em Flatpak. Então instalei o Chromium via flatpak, para o caso de ser preciso reproduzir alguma mídia que não abra no Firefox. E dessa forma meu Tumbleweed está funcionando super liso e estável na minha máquina, sem aqueles problemas chatos causados pelo repositório do Packman (e eu também evito ao máximo adicionar repositórios externos no sistema).

Quanto a essa nova versão do openSUSE, achei bem interessante a proposta, aguardo o lançamento para experimentar…

5 curtidas

Essa coisa do repositório Packman é uma das três coisas que eu não gosto no Tumbleweed. As outras duas são: volume de atualizações massante e a falta de um kernel LTS nos repositórios. A falta de um kernel LTS me incomoda porque kernels novos constantemente apresentam regressões, e o Tumbleweed atualiza para o kernel mais recente na velocidade da luz.

Gosto bem mais da ideia do Slowroll. Para falar a verdade, transformar o Tumbleweed no Slowroll seria melhor na minha opinião. Os esforços para manter duas distros rolling release não parecem valer tanto a pena.

3 curtidas

Show! Era isso que eu procurava e só fui achar no Gentoo estável. Espero que a iniciativa seja bem sucedida!

2 curtidas

Oloko kkkkk primeira vez que vejo relato do gênero, mas tem vez pra se ver de tudo kkkk eu já peguei servidor com Debian stable quebrado sem pacotes de terceiros kkkk, não sinta que seja o único com problemas em distribuições quase inquebráveis

2 curtidas

Tem alguma outra distro que é assim?

Sim. Manjaro, Solus…

1 curtida

Os repos testing do debian seguem exatamente a mesma ideia com alguma diferença nos protocolos - acho que tem até iso com eles habilitados por padrão.

Compartilho da mesma opinião. Eles podiam facilitar mais a instalação desses codecs, como o Ubuntu, sem ter que adicionar esse Packman. O volume de atualizações também é algo que me cansa um pouco, às vezes. Mas pelo menos as atualizações não quebram o sistema como em outras distros por aí (btw :sweat_smile:). Gostei muito mesmo da proposta desse openSUSE Slowroll, com certeza vou testá-lo e considerar usá-lo como sistema principal quando tiver mais “maduro”.

3 curtidas

Kernel LTS em uma distro RR? Não é a proposta do Tumbleweed.

Ao que me parece esse Slowroll seria o sucessor por assim dizer do Leap ja que a partir de 2025 teremos a plataforma ALP no qual substituirá o SUSE Enterprise/OpenSUSE Leap.

2 curtidas

O Arch Linux tem o kernel LTS em seu repositório.

3 curtidas

Comigo o Leap também ficou zuado quando instalei o VLC do repo Suse, é mole?! Mesmo instalando os codecs, fossem do repo Suse ou Packman, eu abria um vídeo e travava a parada. A máquina!

Enfim,…acho apenas azar. Passei a usar o VLC via flatpak e absolutamente nenhum problema mais, mínimo que seja, ocorreu no sistema.

Instalei o OpenSUSE pensando em ter uma distro RPM robusta para aplicação em data science e estou amando. Fabulosa.

s

1 curtida

Como disse, não é a proposta do Tumbleweed

openSUSE segue a mesma ideia da RedHat/Fedora com relação a codecs, a solução mesmo é flatpak.

2 curtidas

Alguém aí por acaso já testou esse “Tumbleweed Lite”?