Conheça o Flathub + Games!

O Flathub é um serviço de hospedagem e distribuição de flatpak’s mantida pela comunidade Flatpak, Mythic Beasts, Codethink, Endless, GNOME, KDE, Redhat/Fedora…entre outros contribuidores. Com o objetivo de ser uma “app store” para o Linux. É compatível com praticamente todas distribuições, algumas não estão listadas no site, mas não quer dizer necessariamente que não suportam, o flatpak é open source e pode ser compilado/redistribuído por qualquer distribuição que queira.


Ubuntu / Linux Mint / PopOS / flavors

Fedora

EndlessOS

ChromeOS

RedHat

OpenSUSE

Arch Linux / Manjaro

Debian / Deepin

CentOS

Gentoo

Solus

Alpine

Mageia

Raspbian

Clear Linux

Void Linux

KaOS

Lá você encontra programas com foco em interface gráfica / GUI de todas categorias, como: áudio/vídeo, ferramentas de desenvolvedores, educativos, gráficos/fotografia, comunicação/notícias, produtividade, científicos, configurações, utilitários e meu favorito GAMES!


No momento de publicação deste post tem aproximadamente 600 apps, muitos open source, e muitos proprietários fechados. Porém todos ou com licenças que permitem a redistribuição ou que possuem o aval dos desenvolvedores / proprietários em questão. Você não encontrará programas “piratas”. Muitos não são oficiais dos proprietários/desenvolvedores, mas isto não quer dizer que terá má qualidade, e não quer dizer que qualquer pessoa pode distribuir flatpak’s lá, são apenas desenvolvedores já conhecidos da comunidade que englobam grande parte funcionários da Endless, RedHat, e comunidade GNOME. Quer dizer que talvez, podem ter mais dificuldade em aprimorar rapidamente o funcionamento de um programa muito complexo (ou mal estruturado) exemplo disso foi o Steam, que em meados de 2017 apresentava muitos problemas para rodar jogos, e é possível que ainda agora (2019) tenha alguns jogos com problemas, pois existem milhares para se testar, reportar, reproduzir e corrigir possíveis bugs, não ser oficial também quer dizer que caso tenha algum problema com o programa, deve-se reportar primeiramente a quem empacotou e mantém o flatpak. E se for preciso, dependendo do caso o mantenedor irá tratar diretamente com o desenvolvedor do programa. Atualmente existe funcionários da RedHat dedicados a correções de bugs em jogos no Wayland juntamente com o Steam do Flathub. A Valve libera uma “conta especial” para alguns desenvolvedores do Debian e Fedora (pode ter de outras mas são apenas das que tenho conhecimento no momento) para eles testarem gratuitamente qualquer jogo da biblioteca Steam!

Blog do Robert McQueen da Endless sobre Flathub

Outra característica do Flathub e trazer aplicativos upstream, não tem modificações do programa original, a maioria bem atualizados e sem modificações do original. É importante que, se possível, usuários contribuam reportando bugs, fazendo pedidos de atualização, caso algum app estiver abandonado (apps podem ser abandonados) e você precisar usá-lo.

O Flathub vem por padrão (até onde eu sei) no EndlessOS, LinuxMint, ClearLinux, Manjaro. Veja este artigo sobre o atual status do Flatpak em geral nas distribuições.

E claro, se integra a GNOME Software e Discover!

Como os aplicativos rodam em sandbox, pode-se usar o Flathub em paralelo a outros repositórios de flatpak's ou não! Sem o perigo de quebrar seu sistema com versionamento de lib's, dependências, updates... além de poder fazer downgrade e caso disponível, testar programas em beta. Você pode escolher instalar flatpak's na sua /home também, veja este e este vídeo para mais detalhes sobre instalação na home via terminal ou GNOME Software. Se quizer entender mais sobre os diretórios usados veja a documentação oficial.

Hoje vejo o Flathub como uma “plus” para qualquer sistema. Não recomendo você ficar “dependente” deste repositório para todos seus programas, pode-se usar como o principal, mas não é bom “depender” de apenas um serviço, e isso vale para qualquer outro repositório, seja ele via flatpak, snap, .deb etc…

O EndlessOS trás ele por padrão, mas não possui apenas o Flathub nos seus repositórios, assim como o Linux Mint que o usa como uma feature que enriquece a sua loja com mais possibilidades.

Pessoalmente uso a maioria dos programas via flathub no desktop, e no meu notebook com Fedora Silverblue uso quase 100% flathub. Umas das aplicações vitais são: Steam, OBS Studio, Telegram, Discord, Spotify, VLC…

Jogos!

Para gamers creio que estão bem servidos, só de ter a Steam já te da a possibilidade de milhares de jogos (incluindo suporte a Steamplay/proton).

obs: é necessário usar drivers de vídeo estáveis no seu sistema, tanto com intel/amd/nvidia, drivers beta não são suportados.

Mas a Steam não é o único “gerenciador de games” que existe. O Phoenicis PlayOnLinux disponibiliza muitos jogos para ser instalados via Wine de forma simplificada no seu sistema, assim como o famoso Lutris, que está em beta para o flathub neste exato momento e já consegui rodar alguns games como: Dirt4, Warframe, Shadow Warrior.

Para adicionar o repo beta do Flathub (isso não implicará em outros flatpak’s do canal “stable”)

flatpak remote-add flathub-beta https://flathub.org/beta-repo/flathub-beta.flatpakrepo
flatpak install lutris

Uma coisa importante a se falar é que a maioria, se não todos flatpak’s não tem permissão para acessar seus arquivos ou pontos de montagens/partições/HD externos por padrão, é necessário dar permissão.

exemplo steam:

flatpak override --filesystem=/run/media com.valvesoftware.Steam

Com este comando você da permissão para este ponto de montagem (pode mudar o caminho se precisar) assim poderá incluir jogos em outros HD’s no Steam, e pode ser feito para qualquer outro Flatpak que precise.

Para ver as permissões, exemplo com steam:

flatpak info --show-permissions com.valvesoftware.Steam

Você pode modificar outras coisas, para mais informações veja a documentação

Confira matéria do Diolinux, sobre os games do Endless no Flathub!

Recentemente descobri o Athenaeum, que também instala games com 1 click!

Sem contar os jogos direto do Flathub mesmo!

E claro, Emuladores! ps1, ps2, psp, Nintendo/wii/GameCube…

Creio que é até injusto não citar outras grandes ferramentas disponíveis no flathub não relacionadas a games, mas talvez fique para um próximo artigo…

9 Curtidas