Configurar scanner wireless (Epson L495 e outros, possivelmente)

Olá, meus caros!

Depois de bater muita cabeça lendo tutoriais na internet para conseguir fazer o scanner da minha Epson L495 funcionar em modo wireless (sem o cabo USB), resolvi postar aqui para, quem sabe, ajudar alguém que venha a ter um problema parecido.

  1. O problema:
    O aplicativo Simple Scan (ou digitalização simples), não consegue encontrar o scanner, mesmo a impressora multifuncional imprimindo normalmente.

  2. O que não ajuda: os tutoriais da própria Epson…

  3. O que é preciso fazer antes de mais nada:
    É preciso atribuir um IP fixo para a impressora através do seu equipamento que atua como servidor DHCP. Geralmente, é o modem da operadora de internet (Vivo, Net, etc) ou algum outro roteador (wireless ou cabeado) que você tenha instalado e configurado para isto. Isso varia muito e não vou entrar em detalhes específicos. No entanto, isto se ajusta nas configurações de LAN, em Lista de clientes (attached client list), onde você vai copiar os dados da impressora que aparecem na lista de clientes e adicionar como “IP reservado”.

  4. Agora, vá até o site Linux Scanner Driver Download | Epson e baixe o Image Scan V3.

  5. Descompacte o arquivo na pasta de download mesmo , abra o terminal na pasta descompactada e execute o instalador (depois, pode apagar os arquivos descompactados/baixados):

$sudo ./install.sh

  1. Isto vai instalar drivers e o Image Scan, uma versão tunada do “Simple Scan” (digitalização simples) - que geralmente acompanha as distros (para não ficar com coisas sobrando, desinstale o Simple Scan antigo depois).

  2. Feito isto, com poderes de administrador, edite o arquivo

/etc/imagescan/imagescan.conf

No terminal:

$sudo gedit /etc/imagescan/imagescan.conf

Nota: gedit pode ser xed, kate ou outro editor de texto, conforme sua distro. Pode usar nano ou vim também.

  1. Insira as seguintes linhas dentro do arquivo imagescan.conf e salve:

[devices]
net.udi = esci:networkscan://192.168.0.10:1885
net.vendor = Epson
net.model = L495
net.name = L495

Detalhes:

net.udi: “net” pode ser outra coisa, como myscanner, por exemplo, desde que seja o mesmo em todas as linhas.

192.168.0.10 é um exemplo de número de IP. Coloque aqui o número do passo 3 anterior. (outro exemplo genérico: myscanner.udi = esci:networkscan://10.1.1.5:1865, onde o IP é 10.1.1.5). Se este número estiver errado, ou se for dinâmico e mudar, não vai funcionar.

:1865 é a porta de comunicação padronizada - não mude, não coloque espaços ou outras coisas estranhas.

Valores de vendor, model, name: conforme o caso. Não faz diferença.

O valor de net.name é o que irá aparecer para o seu scanner no Image Scan. Use algo inteligível.

[Uma coisa que esqueci de dizer antes é que, no próprio arquivo, já existem linhas comentadas com um exemplo das configurações a serem incluídas/modificadas.]

  1. Só para garantir, reinicie o sistema (não precisei disto, mas vai saber…).

  2. Com a multifuncional ligada, vá no menu de aplicativos da sua distro e procure por Image Scan.

  3. O seu equipamento (ligado e em rede) já deve aparecer com o nome que você deu no passo 8 e deve estar funcionado a esta altura.

  4. Boa sorte! Espero ter contribuído com alguém.

1 Curtida