Como usar no Terminal uma fonte baixada da internet?

É uma fonte monoespaçada, e funciona normalmente aqui (inclusive é listada, não é preciso forçar com configuração de fora).

Creio que basta instalar e vai aparecer nas opções.

todas ou maioria das fontes monoespaçadas tem ‘‘mono’’ no nome.

Instalei essa fonte que também é mono espaçada e ela funciona em tudo menos no terminal, sabe dizer o pq?

Acabei de testar aqui e funcionou. Baixei o zip desse link que você postou e extrai na pasta .“home/meu_usuário/.local/share/fonts”.

Print do resultado (com a fonte Code New Roman):

Como você instalou a fonte? Pelo apt (na loja do Mint) ou baixou esse ai do site e extraiu em alguma pasta?

Existem dois locais que armazenam fontes no linux. Um deles fica na raiz, a pasta /usr/share/fontes, que precisa de permissão de super usuário (sudo ou su) para acessar. E a outra, é local e é onde se armazena algumas informações, preferências etc. do seu usuário. Que é essa pasta que citei, a “.local”. No caso das fontes é “.local/share/fonts”. Se ela não existir ai no seu sistema, é só criar. Depois de extrair a fonte nessa pasta, feche o terminal e abra novamente para a fonte ser exibida.

Se você já instalou a fonte na pasta correta e ela continua não aparecendo. Tenta atualizar seu cache de fontes com o comando " sudo fc-cache -fv" e veja se resolveu.

1 curtida

Oi! Então, a fonte Space Mono por exemplo eu baixei e instalei dando 2 cliques e clicando em instalar, daí coloquei na pasta .fonts que eu criei em /home/steph/.fonts pra guardar a fonte e ela já estava funcionando no terminal, fiz a mesma coisa com a Code New Roman e não funcionou e fiz tudo o que você disse e também não funcionou :frowning:


image

1 curtida

Tem um tópico com sugestões de fontes

2 curtidas

:thinking: que coisa estranha. Nunca tive problemas para instalar fontes assim. Tentou sair e entrar na sessão novamente? Se fazendo um logout não funcionar, tentar reiniciar para ver o que rola. Fiz o mesmo procedimento aqui em máquina virtual e funcionou também. Esse “instalador” de fontes do Mint costuma funcionar bem. Não sei o que pode ter rolado dessa vez.

Obs: comentei de reiniciar, porque já tive um problema parecido. Não lembro de no Lubuntu ou no Xubuntu. Que o sistema, não sei por qual motivo, só reconheceu a fonte após reiniciar o sistema.

Já reiniciei e também não funcionou kkkk mas tranquilo estou usando a fonte Monaco que ficou muito linda. Só um extra, amei seu terminal, tá usando o bash ou zsh com oh my zsh?

1 curtida

Acho que a Code New Roman é o tipo de fonte que algumas letras são levemente menores que as outras e essas pequenas discrepâncias são o suficiente para o sistema ficar com ressalva em considerá-las monoespaçadas (eu já vi isso acontecer com outras fontes que eu acho muito bonitas, como a Recursive Mono e a Courier Prime Code).

Porém, por exemplo, no Konsole há um modo avançado onde você pode escolher qualquer fonte (e se você procurar, talvez tenha aí). A Recursive Mono funcionou bem do mesmo jeito porque as discrepâncias entre uma letra e outra eram bem pequenas, acredito que a Code New Roman também vá apesar de ela não ser estritamente monoespaçada (como o sistema acusa).

2 curtidas

Bah pode ser isso mesmo, duvida boba mas eu posso usar o Konsole no Mint? E se eu não quiser mais usar o Konsole e quiser voltar pro terminal que veio no sistema tem como eu excluir o Konsole de forma completa (com dependências e tal que vem quando instala algum programa) sem dar ruim no sistema? Nunca troquei de terminal por isso a pergunta.

dá sim
sudo apt install konsole -y

no caso vc vai ter dois terminais, o gnome terminal e o konsole, só abrir o que vc quiser usar, não precisa remover nenhum dos dois, caso queira remover:

sudo apt purge konsole -y

1 curtida

@Capezotte isso é meio estranho mesmo. Pesquisei agora aqui na net, e vi outros relatos parecidos. Acho que ela usa o Mint com xfce. E eu instalei, tanto no meu note quanto em vm, usando o xfce (no meu note Debian e na VM o próprio Mint) e ambos funcionaram de boa (com o xfce4-terminal). Tentei de novo, agora, com um live cd do Mint, e também funcionou :thinking:

@steph É um bash simplização com o xfce4-terminal. Se estiver usando o bash e quiser, eu explico como deixa assim. É simples. Só tem uma desvantagem para quem usa muito o mouse, eu escondo as bordas. Ou seja, fica sem a opção de minimizar, maximizar e fechar com o mouse. Eu faço essas ações usando atalhos de teclado.

Em vez de deixar em .local/share/fonts deixa em .fonts e veja se funciona

Uso o Mint com Cinnamon na verdade e até agora a fonte não quis aparecer pra botar no terminal mas dá pra usar ela em qualquer outro programa, bem louco isso kkkkk

Eu tinha deixado antes em /home/steph/.fonts e também não tava funcionando a Code New Roman mas as outras estavam

Faz um teste com outro programa de terminal, só para ver se não é um bug do programa

1 curtida

@Capezotte @Tuxraldo @leoteodoro @swatquest

Pessoal a fonte Code New Roman está funcionando no Konsole! É algo com o gnome terminal mesmo, então vou ficar usando o Konsole a partir de hoje. Obrigada por toda a ajuda gente!!

1 curtida

Para gtk eu uso o tilix

E remove o gnome-terminal

Ia voltar aqui pq baixei a iso do Mint com Cinnamon e tive o mesmo problema. Não consegui de jeito nenhum fazer essa fonte funcionar no gnome-terminal. Com o live cd do Cinnamon, baixei o xfce4-terminal e funcionou.

Ah, se quiser deixar o terminal igual ao meu (só vale para o bash). É só abrir o arquivo .bashrc (é um arquivo oculto que tem dentro da sua pasta home) e adicionar o seguinte conteúdo, no final do arquivo:

export PS1="$ [\w] >> "

Depois é só fechar e abrir o terminal novamente. A paleta de cores que estou usando é a “pastel escuro” (normalmente, essa paleta vem disponível na maioria dos terminais), o fundo tá na cor “#3B4252” e a fonte “#d8dee9”.

1 curtida

Este tópico foi fechado automaticamente 3 dias depois da última resposta. Novas respostas não são mais permitidas.