Como remover manualmente uma extensão interna, que já veio com a distro?

Se você (como eu) se incomoda em ver varias extensões que você não usa desativadas, saiba que você pode remove-las, mesmo aquelas que já vieram com a distro. Algumas dessas extensões podem estar vinculadas com outros programas e remove-las pode fazer o programa ficar inacessível, faça isso POR SUA CONTA E RISCO.

As extensões internas ficam em:

/usr/share/gnome-shell/extensions/

Como estão em uma pasta com arquivos padrão do sistema você precisa abrir seu gerenciador de arquivos como usuário root para poder apagar.

Tome cuidado ao usar o gerenciador de arquivos como usuário root, esse usuário pode modificar e apagar qualquer coisa, (incluindo coisas que são essenciais para o sistema funcionar) entre, faça o que tem que fazer e feche o gerenciador.

Para abrir o seu gerenciador de arquivos como root digite no terminal: “sudo” seguido pelo nome do seu gerenciador de arquivos, o meu gerenciador é o Nautilus, o comando ficou assim:

sudo nautilus

Agora vá até a pasta extensions, cada pasta dentro dela é de uma extensão:

Agora é só apagar as extensões que quiser. (Recomendo que você guarde essas pastas por um tempo em outro lugar do computador, assim elas já saem da lista de extensões e se der algum problema voltar para o lugar que estavam provavelmente já resolve)

2 Curtidas

Neste caso remover certas extensões pode quebrar o shell customizado (mais no caso do Ubuntu), daí o melhor a fazer é instalar a GNOME Session pura mesmo.

1 Curtida