Como relatar uma falha/bug no Dolphin (KDE)?

Olá.

Eu notei uma falha da “mecânica” no Dolphin. Gostaria de relatar aos desenvolvedores. Como faço isso?

Existe alguém ativo na comunidade que participe desse fórum?

Na página oficial dele, no projeto KDE, tem um link pra reportar bugs. Segue o link:

Obrigado.

Sou novo nessa coisa de reportar bug. Nunca fiz nada parecido antes. Estou com dúvidas.

O problema é com uma questão geral da mecânica. Não sei como enquadrar nos componentes.

Vou descrever o problema aqui para vocês poderem entender melhor.

  1. Abro o Dolphin

  2. Vou nessa barra lateral (locais)

Screenshot_20210425_121502

E clico em músicas, por exemplo.

  1. Depois vou em “início”

Screenshot_20210425_121514

Pois queria copiar um documento que estava neste local. Sendo que quando vou e início, a pasta Músicas ainda continua marcada.

A meu ver isso é um problema, pois se eu quiser marcar outra para copiar para algum lugar ou deletar, eu levo junto a pasta Músicas, se não perceber.

Screenshot_20210425_121524

1 Curtida

Você não está sabendo usar o Dolphin.
Por padrão, ele seleciona a pasta onde você estava, quando vai para um nível acima.
Para tirar a seleção, você precisa clicar no “+” que aparece no canto superior esquerdo da pasta.
Isso é porque o dolphin, por padrão, funciona com clique único para abrir as pastas/arquivos.
Você pode alterar isso em Configurações → Comportamento do espaço de trabalho → Comportamento Geral

Screenshot_20210425_141405

5 Curtidas

Na minha visão isso não é um bug, é um comportamento esperado. Uma vez que vc clicou em algo, ele é selecionado. Seria mais sobre um “feature request” para vc poder ativar ou desativar esse comportamento, se é que já não há uma opção para tal.

Relatar um bug não é uma tarefa trivial. Afinal os bugs triviais são facilmente indentificáveis pelos desenvolvedores. O procedimento correto, é, primeiro, verificar se bug ocorre na última versão do software, preferencialmente na release “dev”. Depois, faça uma pesquisa sobre os bugs já abertos. Um dos maiores problemas dos bugs são as centenas de reports diferentes, causando uma perda de carga da equipe de desenvolvimento para identificar os bugs iguais… Depois ainda, o ideal mesmo é que o “bug report” já indique uma possível solução via código.

3 Curtidas

Entendo. Realmente não sei se classifica como bug, mas eu acho que isso é algum que pode induzir ao erro. Imagine que em /home tem um documento que queira deletar. Antes de chegar em /home você vem da pasta “Documentos”. Agora imagine que você está apressado e deleta o documento, sem ver que a pasta “Documentos” está marcada.

Agora imagine uma situação em que você depois esvazia a lixeira.

A pasta “Documentos” é deletada sem mesmo que o usuário tomo conhecimento.

Acho isso uma “má característica” do programa, concorda?

Olá @lfmoreno Agradeço a atenção, mas eu mesmo deixei essa característica atualmente. Já tinha mudado para o “comportamento padrão” de outros gerenciadores.

A questão é que ir em “locais” não é exatamente ter marcado a pasta “Músicas”. Eu não fui em /home e deixei marcada. Esse menu, na minha interpretação seria apenas um atalho, não selecionei a pasta “Músicas” diretamente.

É isso que eu jugo estranho.

2 Curtidas

Aqui vai um vídeo para quem quiser entender melhor sobre o que me queixo:

Veja que eu, em momento algum, cheguei a selecionar a pasta Músicas diretamente. Apenas cliquei em músicas no “Places”

1 Curtida

Cara, todo modelo de interação do usuario pra Desktop existente hoje, induz ao erro você se acostumou a evitar outros erros, isso é puramente costume, esse report deve ser feito a sua distro ao invés do pessoal do Dolphin

1 Curtida

@Natanael.755 Eu entendo e concordo contigo. Mas não seria mais prudente essa característica “sem sentido” e que induz ao erro, não seja revisada?

Não vejo nenhum motivo para tal comportamento estar presente.

Eles aceitam esse tipo de sugestão?

Só para sermos mais precisos…

Concordo que exagerei que no título. Isso não é uma coisa “grave”. Mas para ser classificado como bug ou não, o que deveria ser? A meu ver, se esse comportamento acontece e ele não era esperado, é um bug.

Concordam ou não? Como seria a classificação exata de bug?

1 Curtida

@anon87583602 se você simplesmente clicasse no arquivo e NÃO no “+”, teria apenas o arquivo selecionado.
Fazendo uma analogia com Windows, já viu alguns usuários usando a “caixa de seleção” no windows explorer?
O “+” no Dolphin funciona da mesma maneira. Se você sair clicando nos “+” dos arquivos/pastas, eles serão selecionados. Se clicar apenas no arquivo/pasta, todas as seleções anteriores serão desfeitas, selecionando apenas este último arquivo/pasta.
É só uma maneira mais fácil de selecionar vários itens sem a necessidade de segurar o CTRL.
Não é bug, pelo contrário. É uma EVOLUÇÃO! :grinning:

2 Curtidas

@lfmoreno Obrigado pela ajuda.

Não sei se não entendi direito, mas eu fiz o que você sugeriu apenas para testar se eu não tinha entendido. Mas acontece o que eu imaginava: se eu fizer isso, ele abre o documento. Eu não queria que isso ocorresse pois eu apenas queria selecioná-lo, entende?

O comportamento, clicando no “Text File”

O comportamento que eu teria que fazer, após ter acessado o “Músicas” e querer selecionar o “Text File”

1 Curtida

Na verdade faz sentido se você é do tipo de pessoa que precisa se lembrar onde estava é uma função que faz falta, como é configurável, isso exime o pessoal do Dolphin da responsabilidade, basta cobrar a distro, vale notar que a pasta está em “modo realce”, se você clicar nela, ela vai abrir, se clicar em outra vai outra o realce se perde e outra pasta é aberta, clicar no + significa “selecione mais essa”, é tão intuitivo quanto o outro jeito, a diferença é que você não está acostumado a ver isso no PC, porém se você reparar praticamente todos os smartphones ao menos por padrão se comporta assim

Essa é uma linha tênue entre bug, glitch e característica, não existe uma definição exata, mas eu considero assim:

  • bug: É uma falha prejudicial ao funcionamento do software que não foi planejada pelo desenvolvedor

  • glitch é uma falha benéfica ao funcionamento do software que não foi planejada pelo desenvolvedor

  • característica é algo que afeta o funcionamento do software positiva ou negativamente com a intenção do desenvolvedor, que é o caso

1 Curtida

Entendi, @anon87583602. Neste caso, você precisa desabilitar o “clique único”, como mostrei no meu primeiro tópico.

1 Curtida

Você não precisa clicar fora não, nem clicar no mais, faz assim:

  1. Entra na pasta Músicas
  2. Volta pra pasta pessoal igual você fez
  3. Clica diretamente no ícone do Text File (sem clicar em área vazia nem no +)
1 Curtida

@Natanael.755 Eu acabei de fazer isso que você fala, mas ele abre o arquivo. E eu não queria abrir o arquivo, entende?

O que você falou é exatamente o que fiz no primeiro vídeo do meu penúltimo post, não?

1 Curtida

Nenhuma DE ─ seja KDE, Gnome, MATE, Cinnamon, Xfce, LXDE, LXQt etc. ─ se comporta do jeito esperado por quem vem do Windows, do MAC, ou de outra DE.

Dito isso:

Se eu clico no nome do arquivo, abre ─ pois uso Clique-Único (single-click)

Se eu clico no “+” (à esquerda do nome), acrescento à seleção, sem des-selecionar o que já estava.

E se eu clico à direita do nome, des-seleciono tudo.

Obs.: - Não vejo vantagem em ter o espaço principal do Dolphin ocupado por meia-dúzia de retângulos quase iguais, nomes truncados, sem data etc. Prefiro o “Modo de exibição” > Lista detalhada.

Para “ver” do que se trata, basta o painel “Visualização” (F11), à direita.

1 Curtida

Se fosse um projeto pequeno no github, certamente haveria um jeito de entrar em contato com os devs. Porém o Plasma é um projeto gigantesco. Não sei detalhes, mas possivelmente já houve extensa discussão sobre o comportamento padrão nas listas de e-mail. São tantas vozes divergentes que possivelmente isso é definido pelos manda-chuvas! Já disse o Linus que o maior problema dele era conseguir gerir essa faceta mais “política” do desenvolvimento. Aqui política tem o sentido de negociação com a comunidade e decisão sobre assuntos que não tem consenso.

1 Curtida

Eu entendo o argumento de alguns, que falam que isso não seria um bug. Entendo também o caso de alguns falarem que no KDE esta é uma opção do single-click e que é diferente do Windows.

Entendo tudo isso…

Para mim não tem sentido o seu argumento. Não querendo levantar polêmica, mas sejamos diretos.
Como ações que não tem nada a ver impliquem em uma mesma consequência?

Eu estou consciente sobre a questão do clique único. Passei um tempo testando ele para ser se é mas eficiente para mim( percorro muitas pastas durante o dia e o clique único foi escolhido por ser mais rápido).

O que não faz sentido é eu acessar um atalho e isso ser equivalente a eu clicar no “+” de uma pasta. Mesmo argumentando que clicar no atalho seria equivalente a clicar numa pasta, ele deveria abrir a pasta( como já o faz) não deixar selecionada.

Não vejo a menor lógica desse comportamento… E se pararem e refletirem um pouco, acho que me darão razão.

Bom, era só isso mesmo. Na prática, vou tomar cuidado com esse comportamento.

Eu usava assim também, mas depois de fazer testes, percebi que, como minhas pastas tem muitas subpastas e arquivos, é mais rápido para mim verificar a pasta pelos retângulos. Como geralmente a estrutura de uma pasta se mantém ( não costumo criar novas pastas), automaticamente eu decoro o lugar onde cada pasta está e para eu acessar é mais rápido a ter que ficar percorrendo uma lista como essa.

Quando quero detalhes, por exemplo, nomes de arquivos praticamente iguais, mas que mudam apenas no final, eu troco para essa visão de lista que você se refere.

2 Curtidas