Como pedir para a loja retirar o valor da licença do Windows na compra de um notebook?

Fala, galera. Não sei se aqui é lugar mais ideal para perguntar isso, mas…

Eu quero comprar um notebook, mas aparentemente ele só é vendido com o Windows 10. Só que eu uso Linux para todas as minhas tarefas e realmente não quero pagar por uma licença do Windows, já que não vou usá-la. Como pedir para a loja retirar o valor do Windows do valor total do produto? Lembro de ter lido algumas notícias sobre pessoas que conseguiram reembolso.

Se não me engano isso é com a fabricante, não com a loja.

1 Curtida

O @eddiecsilva comentou sobre isso neste outro tópico:

3 Curtidas

Não sei se mudou recentemente, mas depende do “fabricante”. A Dell por ex, te indica optar por um modelo que já venha com Ubuntu (q vc pode mudar posteriormente).
Uma opção é, conforme mencionado pela @dev_null entrar em contato com quem montou o hardware e colocou seu nome e, caso não consiga nada e tenha muita paciência, vc compra a máquina “como ofereceram” e entra com processo no Procom de venda casada ou alegando que não tem interesse naquela licença e pede reembolso.
Talvez na Pequenas Causas.

Fui informado de pessoas que receberam o dobro do valor da máquina, como indenização.

1 Curtida

Se a indicação for um modelo diferente, mais fraco, isso caracteriza má fé do fabricante.

1 Curtida

Você sabe se eu formatar para pôr um Linux (sem aceitar os termos da Microsoft) eu perco o direito ao reembolso?

Procon + Advogado + processo judicial !

pois o codigo de defesa do consumidor “CDC” proibe a pratica de “vendas casadas” e nesse caso basta o procon , mas pra isso a loja teria de formatar o HD e talvez a BIOS , pois os dados de ativação do Windows em alguns caso ja vem gravados na BIOS,
mas diante da pratica de vendas casadas basta o procon e já resolve.

OBS: vale lembra que se a marca do notebook que voçê tá querendo comprar se pertencer a empresa Microsoft ela pode sim vender o hardware casado com o software , assim como a system76 com o POP-OS

Mas voçê tem essas opçôes abaixo"

https://www.magazineluiza.com.br/busca/notebook+linux/

1 Curtida

Conforme art. 39 e incisos do CDC, a prática abusiva mencionada ocorre onde a compra e efetiva utilização de um produto ou serviço está condicionada a outra, sem dar ao consumidor a faculdade de obtê-lo ou não.

ou seja , voçê não é obrigado a pagar por uma licença imposta pelo fornecedor , pois mesmo que o notebook esteja com o Windows instalado o fornecedor não pode incluir o valor da licença á menos que o cliente tenha a ciência e aceite a inclusão do valor no contrato.

1 Curtida

Recomendo consultar 1 advogado. Mas os relatos q eu vi, a pessoa não inicilizou o Windows nem sequer, já apagou antes mesmo de ligar a primeira vez.

Mas tem q ver também q o Windows pode ser ativado na hora do envio.

1 Curtida

Mas ai entramos em um loop judicial, no br não se pode vender computador sem o SO

1 Curtida

Como já citaram, você precisaria falar/comprar diretamente com a fabricante. A Lenovo, por exemplo, facilita esse processo e possui modelos que já são vendidos com Linux.

1 Curtida

A alegação é que sem o OS não tem como comprovar o funcionamento de todas as peças. Não sei se atualmente ainda é isso q falam.

1 Curtida

Procura um notebook que já venha com Linux, é mais fácil.

1 Curtida

Uma coisa eu tenho certeza.
Você não pode aceitar o contrato de usuário final do Windows.
Já vai direto instalando o Linux ou BSD ou qualquer outra coisa.
Se não a vendedora pode dizer que você aceito o contrato final do Windows.

E depois de conseguir o reembolso você nunca mas poderá usar a licença do Windows que vem no notebook, e caso use é crime de pirataria já que você não compro a licença.

Ir no Procon e perguntar antes de comprar eles vão saber te informar.

1 Curtida