Como atualizar o Mageia 7 para o 8

Neste artigo será apresentado como atualizar o Mageia 7 para o Mageia 8.
Os métodos apresentados são:

  • Atualizar via MgaOnline (GUI - Interface Gráfica)
  • Atualizar via URPMI (CLI - Linha de Comando)
  • Atualizar via DNF (CLI - Linha de Comando)

Neste artigo não irei apresentar o método de atualização usando o DVD do Mageia 8, mas quem tiver interesse, acesse: Usando o DVD tradicional Mageia 8 para atualizar

Atualizando pela Internet

O miniaplicativo de notificação de atualização do Mageia irá notificá-lo de que uma nova versão está disponível e perguntará se você deseja atualizar. Se você concordar, a atualização será realizada sem que nenhuma outra etapa seja necessária.

Se você desabilitou o miniaplicativo, ou ele não está sendo executado automaticamente por algum motivo, você pode atualizar manualmente usando a GUI (mgaonline) ou via CLI (urpmi/dnf system-upgrade). Cada método está descrito mais abaixo.

Atualize totalmente o seu sistema e verifique se há espaço livre suficiente antes de iniciar a atualização. Dependendo de sua configuração, é recomendo pelo menos 2 GB de espaço livre.

Nota!
Se possível, use uma conexão de Internet com fio, especialmente quando estiver usando drivers de wlan não-gratuitos.

Atualização online, usando mgaonline (GUI)

  1. Certifique-se de que todos os bloqueios de tela foram desativados.
  2. Use o ícone Mageia Online na bandeja do sistema para iniciar a atualização.

Se o upgrade não for oferecido:

  • Certifique-se de que seu sistema esteja totalmente atualizado aplicando todas as atualizações disponíveis.
  • Em Centro de Controle Mageia → Gerenciar Programas → Frequência de Atualizações, certifique-se de que a opção “Verificar por versões novas do Mageia” esteja selecionada.
  • Em sua pasta pessoal, procure um diretório oculto chamado “.MgaOnline”. Se houver um arquivo mgaonline nesse diretório, exclua esse arquivo.

Após uma reinicialização, o ícone azul de atualização deve aparecer assim que o Mageia Online verificar por atualizações – Se o Mageia 7 atingiu EOL (End-of-life), o ícone ficará laranja e mostrará um aviso pop-up de que o Mageia 7 não é mais suportado.

Como alternativa, você pode iniciar o processo de atualização digitando o seguinte comando em um terminal:

su -c 'mgaapplet-upgrade-helper --new_distro_version=8'

O comando acima irá notificá-lo sobre a disponibilidade da nova distribuição Mageia 8, configurar as fontes de mídia Mageia e iniciar a migração para o Mageia 8.

Atualização online, usando urpmi (CLI)

Este método é útil quando a partição raiz está criptografada, porque o sistema inicializado já está descriptografando a partição.

Existem várias maneiras de obter uma interface de linha de comando (CLI).

O melhor método para realizar uma atualização é usar o run-level 3 para que o servidor X e o ambiente gráfico não estejam em execução.

Portanto, a atualização deve ser mais limpa usando o run-level 3 do que usando um aplicativo de terminal, pois haverá menos programas em execução, o que pode atrapalhar a atualização.

Se você tiver o DNF instalado, terá que parar o temporizador dnf makecache, porque ele causa uma falha no urpmi quando executado durante a atualização. Os comandos estão incluídos mais abaixo.

O run-level 3 pode ser habilitado acrescentando “3” à linha de comando do kernel, editando-o na inicialização para obter um prompt de login. Outra opção é abrir o terminal e executar o comando: systemctl isolate multi-user.target

Recomenda-se executar script upgrade_log.txt antes de executar os próximos comandos. Este comando apenas captura as mensagens de atualização em caso de ocorrer alguma falha. As mensagens serão gravadas num arquivo chamado ‘upgrade_log.txt’. Use exit para sair do script.

Etapas gerais de atualização

  1. Torne-se root em um terminal executando su -

Cuidado!
A partir deste ponto, todos os comandos são executados como root.

  1. Conforme recomendado anteriormente, certifique-se de que seu sistema esteja totalmente atualizado:
urpmi --auto-update --auto --force
  1. Desative o dnf makecache (esta etapa pode ser ignorada quando o DNF não está instalado)
systemctl stop dnf-makecache.service
systemctl stop dnf-makecache.timer && systemctl daemon-reload
  1. Pare a interface gráfica:
systemctl isolate multi-user 
  1. Remova todas as fontes de mídia existentes em seu sistema:
urpmi.removemedia -a
  1. Adicione as fontes online do Mageia 8:

Escolha apenas uma das opções abaixo (clique para expandir).

Opção 01: Usar o método MIRRORLIST

Com base em sua localização geográfica, este método selecionará automaticamente um espelho mais próximo de você:

urpmi.addmedia --distrib --mirrorlist 'http://mirrors.mageia.org/api/mageia.8.$ARCH.list'

(urpmi saberá substituir o $ARCH)

Opção 02: Usar um espelho de mídia específico
urpmi.addmedia --distrib <mirror_url>

Você pode obter o mirror_url usando o Aplicativo Web de Espelhos Mageia.

  1. Finalmente, comece a atualizar:

Observe!
Geralmente, quando você tem espaço livre em disco mais do que suficiente, ‘testar’ a atualização antes de executá-la é uma boa ideia.
Caso queira testar primeiro, não execute o comando abaixo e leia o próximo tópico. Caso não queira testar, comece a atualizar agora mesmo com o comando abaixo.

urpmi --auto-update --auto --force 

É melhor executar o comando acima duas vezes, porque na primeira execução alguns pacotes podem ser baixados, mas não instalados.

Após concluir a atualização, reinicie com reboot e aproveite seu novo Mageia.

Simulando a atualização antes de aplicar as mudanças (Opcional)

Antes de iniciar o teste, é necessário mais de 2 GB de espaço livre na partição /var (/ se você não tiver /var).
Caso você tenha vários ambientes desktops pesados e muitos programas, poderá precisar de mais espaço livre, caso contrário (apenas um ambiente desktop leve), menos espaço.
Se você tem espaço livre em outra partição, poderá especificar o destino dos pacotes baixados, adicionando o caminho para esta partição após a palavra-chave --download-all.

O comando abaixo fará o download dos pacotes e simulará a atualização:

urpmi --auto-update --auto --force --download-all --test

Aguarde, isto pode levar um tempo.

Se o resultado for bom...

Se o resultado for bom, então atualize de verdade (é o mesmo comando, mas sem --test):

Adicione também o caminho dos pacotes baixados, caso tenha especificado anteriormente.

urpmi --auto-update --auto --force --download-all

Após concluir a atualização, reinicie com reboot e aproveite seu novo Mageia.

Se o resultado não for bom...

Se o resultado não for bom, restaure os repositórios do Mageia 7:

urpmi.removemedia -a
urpmi.addmedia --distrib --mirrorlist 'http://mirrors.mageia.org/api/mageia.7.$ARCH.list'

Limpe o cache:

urpmi --clean

Reinicie com reboot.

Atualização online, usando DNF (CLI)

Se você estiver usando DNF para gerenciamento de software (configurado apropriadamente por nossa página wiki sobre como usar DNF), você pode atualizar o Mageia em apenas alguns passos. Observe que todos os comandos devem ser executados como root.

  1. Certifique-se de que seu sistema esteja totalmente atualizado:
dnf --refresh upgrade
  1. Instale o plugin de atualização do sistema:
dnf install 'dnf-command(system-upgrade)'
  1. Inicie o teste de transação:
dnf system-upgrade --releasever 8 download --allowerasing

Antes de baixar os pacotes, será informado quanto de espaço é necessário. Se você não tiver o que diz mais algumas centenas de MB de espaço livre na partição /var (se /var não for separado, mas parte da partição /, adicione mais algumas centenas de MB), crie espaço suficiente ou adicione a opção --downloaddir path_to_directory_with_free_space para este e os próximos comandos de atualização do sistema. Além disso, se você tiver uma partição /boot separada, certifique-se de que haja espaço para adicionar dois kernels. Certifique-se também que a partição / tenha espaço adicional para os novos programas maiores.
Assim que você souber que todos os tipos de espaço são suficientes, responda “sim” para permitir o download.

  1. Se o download e o teste de transação forem bem-sucedidos, salve seu trabalho, feche os aplicativos e inicie a atualização:
dnf system-upgrade reboot

Nota!
O comando acima reinicializa imediatamente o seus sistema!

Agora aguarde o tempo que for preciso, e fiquei de olho nas mensagens referentes ao que está acontecendo. Assim que terminar, ele será reiniciado para permitir que você aproveite seu novo Mageia.

Para todas informações detalhadas sobre o upgrade Mageia 7 para o Mageia 8, confira a wiki: Atualizando do Mageia 7

Referências:
Atualização online, usando uprmi (CLI)
Como escolher o método de atualização Mageia correto

8 curtidas

@ewertonurias Parabéns por mais um ótimo artigo!

Aos colegas que usam, curtem, pretendem usar Mageia, recomendo a tag Mageia, onde estão esses 4 artigos do @ewertonurias e mais alguma coisa.

3 curtidas

Mais um ótimo artigo.

Quando mudei do 6 para o 7, reinstalei a distro do zero. A instalação do 8 que tenho aqui foi upgrade da versão 7 (que tenho instalado desde a versão beta, desde meados de 2019). Achei uma atualização bem tranquila. Fiz via terminal, pelo urpmi.

2 curtidas

Foi o meu caso.

Instalei o Mageia 5, em 2017, e imediatamente me desgostou aquela “volta ao KDE 4”. ─ Poucos dias depois, vi a notícia do Mageia 6 sta2, e “instalei por cima”.

Quando vi o Beta do Mageia 7, “instalei por cima”, de novo.

De novo, quando vi o Mageia 8 alpha1.

Agora, estou seriamente abalado pela dúvida: ─ Fazer upgrade para Mageia Cauldron (rolling-release) ─ ou manter o Mageia 8, que afinal é uma das minhas 3 distros “mais usáveis”, e de quebra, experimentar o upgrade para Mageia 9, quando chegar a hora?

Sempre existe a malfadada 3ª via, claro! ─ Deletar uma das minhas 12 distros (Mint, p.xe.) e fazer ali uma “Instalação Clássica” ─ e depois usá-la para experimentar o upgrade para Cauldron.

(E vocês acham que dualboot de 12 distros não é SDA… Hoje mesmo, já vi notícia de uma ISO MX Linux 21 Beta 1!)

3 curtidas