Como alterar o comportamento em que Pastas no meu HD Externo que no Windows e Smart TV são ocultas e no Linux estão visíveis?

Boa tarde pessoal;

Uso Linux a pouco tempo e notei que ao conectar meu HD Externo ao mesmo aparecem duas pastas ("$RECYCLE.BIN" e “System Volume Information”), que no Windows 10 e Smat TV não aparecem.

Acredito que estas são criadas pela Smart TV com a finalidade de arquivar as thumbnails dos vídeos e informações como quais já foram vistos e até que ponto, mas não tenho certeza.

Bom, gostaria de saber se existe algum modo destas aparecerem como ocultas por padrão no Linux, como acontece no Windows 10 e Smart TV.

Sei que por padrão pastas ocultas no Linux começam com “.” em seu nome e que para mostra-las ou esconde-las, basta usar a combinação de teclas “Ctrl+H”.

Se colocasse o “.” no início do nome de cada uma delas, ficariam ocultas no Linux, porém estaria alterando o nome, deixando-as irreconhecíveis para o sistema que as criou e faz uso (Windows ou Smart TV).

Para ficar oculta no Linux basta renomear a pasta colocando um ponto “.” no início do nome. Exemplo:
pasta (visível)
.pasta (oculta)

Crie um arquivo de texto chamado .hidden e coloque os nomes das pastas dentro deste arquivo, isso funciona no Nautilus e forks dele.

5 Curtidas

Boa dica. Testarei no thunar.

Sim, cogitei essa possibilidade, mas como mencionei acima, meu receio é deixa-las irreconhecíveis para o sistema que as criou e faz uso (Windows ou Smart TV).
Tenho certeza que essas pastas não foram criadas pelo Linux, por conta da data de criação, que é bem antes de eu ter começado a usa-lo.

Se a sugestões do @anon48453804 não funcionar em sua distro, vc pode fazer o teste renomeando uma dessas pastas. Se não são pastas de sistema, não afetará em nada o acesso pelo Windows. Mas depois de renomear, vc terá de torná-la invisível no Windows novamente

@anon48453804 seu Bruxo do Linux deu certinho, muito obrigado!!!

1 Curtida

Só para ilustrar uso o Nemo e funcionou perfeitamente!

1 Curtida

Essas pastas são criadas pelo Windows (ambas temporárias - não há problemas se forem excluídas). A “Recicle” é da lixeira… E a outra, armazena as alterações realizadas em arquivos da partição.

1 Curtida

Bom saber @anon48034656, mas essa dica do @anon48453804 me foi útil ao quadrado (útil²), :joy::rofl::joy:
Quando instalei o Wine, o mesmo criou uma chave (winehq.key) na Pasta Pessoal e esse arquivo estava me incomodando visualmente, foi só aplicar a dica do @anon48453804 neste caso também que resolvi mais um incomodo.

Mais uma vez muito obrigado @anon48453804!

Inclusive irei criar um tópico assim que possível, para tentar solucionar um problema que tive com o Wine ao tentar instalar duas aplicações Windows (Whatsapp Desktop e Paint.NET), em ambas não prosseguiu com a instalação do NET.Framework.

NET)
NET%20Framework%20no%20prossegui%20com%20a%20instala%C3%A7%C3%A3o%20(Whatsapp%20Desktop)
Mas isso é assunto para outro tópico…

Também serve pra esconder a pasta do Snap no Ubuntu que todo mundo reclama.

@Dio Acho que vale um post no blog ou vídeo curto, é um truque simples que muita gente não conhece.

3 Curtidas

Olá pessoal!
Gostaria de saber se seria possível criar .hidden na raiz do disco e listar nele tudo que não poderia aparecer nas demais subpastas deste disco? Tipo o arquivo “desktop.ini” pode existir em diversas pastas criadas no windows e para dual boot não seria interessante renomear eles. Então teria uma forma de criar o .hidden na raiz do disco de forma universal para esconder todos os “desktop.ini” em todas as pastas que o Windows criou de uma só vez?
Usei o “desktop.ini” como exemplo. Mas a ideia seria listar no .hidden diversos itens para que não fosse necessário criar um .hidden em cada pasta que desejasse esconder itens.

1 Curtida

Dica fantástica. Funciona não só com pastas mas com arquivos soltos também, bastando escrever os nomes dos arquivos com a extensão.