Chromebook - Vale a pena? (eles são melhores do que você pensa) - 2021

:white_check_mark: Conheça o Bitrix24: Uma plataforma para o seu negócio funcionar

Um Chromebook pode ser uma compra muito interessante para o perfil de usuário correto. Atualmente eles são muito versáteis, instalam aplicativos de Android, tem suporte a Apps Linux, mas ainda assim, são diferentes dos computadores com Windows que as pessoas estão acostumadas. Hoje vamos dar uma olhada em um dos modelos mais baratos de Chromebooks vendidos no mercado brasileiro, que custa em torno de R$ 1.500,00. Será que ele é bom para fazer as tarefas básicas de um estudante ou usuário de computador regular?

:crown: Seja membro do Diolinux: https://diolinux.com.br/play

:envelope_with_arrow: Receba nossos conteúdos no seu e-mail: http://bit.ly/diolinuxnews

:1st_place_medal: Agradecimento especial a todos os nossos membros, em especial aos da categoria “Diolinux GO” por nos ajudarem a continuar criando conteúdo:

‣ Samuel Novaes
‣ Felipe Duarte Ferreira
‣ kraudio vfd62
‣ sagara_BR

:star: Conheça o nosso trabalho: Links - Diolinux
:microphone: Nosso PodCast: DioCast - O seu podcast sobre Linux e tecnologia - Diolinux
:video_game: Nosso canal de Lives de games: https://diolinux.com.br/live
:shopping_cart: Nossa loja (na Lolja): diostore.com.br

:mailbox_with_mail: Contato comercial: [email protected]

Confira o vídeo:

4 curtidas

Pra mim uma tremenda cagada tirarem a tecla shift e a tecla del. Não iria impactar tanto o preço se deixassem elas lá

Pelo preço esse Pc é voltado para o público estudante adolescente/ faculdade. Que vão usar para usar navegador e fazer trabalhos escolares, tirar essas teclas atrapalha a vida desse público.

O fato de ter pouco armazenamento é claramente uma forma de obrigar as pessoas a usarem os serviços do Google. Vendem um Pc capado pra ‘obrigarem’ comprar armazenamento em nuvem e usar serviços em nuvem como o GSuite. Não gosto dessa postura. Ainda prefiro ter autonomia pra escolher os softwares que quero usar.

O Chrome OS pode até se tornar popular pelo preço e fama do Google, mas nunca serão um Pc para entusiastas. A intenção nunca foi vender um PC e sim vender os Serviços em nuvem da Google. Então sempre serão capados.

O ponto positivo é a otimização dos videos no navegador. Mas será que o video rodaria liso também firefox? Será que otimizaram o sistema em si ou otimizaram apenas o navegador Chrome?

4 curtidas

É tudo uma questão de costume. É algo parecido com a migração dos teclados comuns para os teclados destinados a Mac – nunca vi ninguém reclamar que há teclas faltando e funções de teclas que em teclados comuns se resumem a uma tecla no Mac são uma combinação de várias. Ainda assim, isto não impacta negativamente na produtividade. Um tempinho de adaptação já resolve.

Discordo. Deves levar em consideração o sistema operacional embarcado. O Chrome OS, além de mais leve, tem um workflow diferente também. Este sendo bem menos baseado em programas pesados como em um desktop tradicional, mas mais em webapps, os quais ocupam um armazenamento ínfimo e fazem o mesmo trabalho. Os “programas” mais pesados que poderias instalar seriam os aplicativos Android (os quais são otimizados para trabalhar em hardware menos potente) e o container Linux, este sendo um ponto bem específico e que realmente exigiria um pouco mais de armazenamento (mas como tu mesmo falastes, o público-alvo deste tipo de dispositivo, que usaria-o para realizar projetos simples e trabalhos escolares, não se atrairia muito por este recurso mais “entusiasta”, por assim dizer).

Ainda podes selecionar livremente quais softwares utilizará, entretanto, isto leva-nos de volta ao ponto anterior – o sistema operacional embarcado. Não espera-se de um OS baseado em webapps programas elaborados e pesados, como um complexo editor de vídeo aka DaVinci Resolve. Este tipo de dispositivo tem um propósito simples, e o cumpre com maestria. É um dispositivo portátil e versátil, que pode ser usado para lazer e trabalho.

3 curtidas

A forma como o produto foi criado, é justamente para o público que pretende usar os serviços em conjunto com o hardware. Não é como se as fabricantes estivessem obrigando pessoas a comprarem seus chromebooks, usuários com o perfil como o seu, não são público-alvo.

:vulcan_salute:

3 curtidas

Seria interessante ter uma alternativa com 128 ou 256 GB de memória?
Seria, mas é exatamente isto, é um contrassenso para um equipamento que foi concebido num workflow de nuvem, online.

Mas quanto a softwares, pensando num uso básico, está muito bem servido. O que o próprio Chrome não fornece você roda em App Android e muito provavelmente vai ter a solução. Dificuldade? Não sei como está, mas por falta de verificar mesmo, se aceita tokens/certificados.

Para um público de estudante, aprender a usar o aparelho de formas diferentes não é nenhum problema.
É uma máquina feita para ser “barata” e funcional. Um dos meus produtos favoritos do Google.

O Shift continua lá, no mesmo lugar de sempre. Talvez fosse melhor deixar o teclado como as pessoas estão acostumadas? Talvez. Mas todos os recursos ainda estão presentes, você só precisa de uma tecla de atalho.

Talvez. Mas nunca fizeram tanto sucesso quanto estão fazendo agora, especialmente nos EUA.

Certamente há relação, mas veja que existem chromebooks com bastante armazenamento também, eles só não são vendidos no Brasil ainda.

O mesmo poderia se dizer do macOS, e ainda assim há um público para os computadores da Apple, mesmo com suas limitações. Um ferramenta de trabalho não precisa ser boa para tudo e tudos, precisa ser eficiente para o público que se dedicar a atender.

Não existe nenhum motivo para você esperar isso onde o sistema operacional é o Chrome em si. Quem poderia fazer um Firefox OS otimizado para computador seria a Mozilla, não o Google. Ainda assim, dá pra instalar o Firefox via Linux no Chrome OS ou via App Android, e ele vai rodar normalmente. O Chrome não é só o navegador do sistema, ele é o sistema.

Isso q eu queria saber. Se no firefox apk os videos ficam lisos? Vc chegou a testar, será q foi otimização do hardware em si?


E um socket M2 para expansão de armazenamento seria muito útil.

O ruim da falta de armazenamento é que as pessoas comuns só vão perceber isso na hora que faltar espaço. Como ocorre com os celulares, quantas pessoas vc vê reclamando da falta de espaço pra instalar apps no celular.

As pessoas comuns compram computadores pelo preço, pela marca… Na familia e colegas de trabalho já ouvi relatos que compraram notebooks e se arrependeram, e essas pessoas até teriam dinheiro pra comprar um pc um pouco melhor. Mas como não conhecem sobre o assunto vão pelo preço/marca.

1 curtida

Sim, funcionam tranquilo, mas acredito que o Chrome roda em performance, assim como acontece fora do Chrome os geralmente também. Apesar de eu ver a utilidade de ter dois ou mais browsers. acredito que ninguém compra um Chromebook para não usar o Chrome. Se isso for uma questão, seria melhor comprar um outro pc talvez.

Seria mesmo, acho que está mais nas mãos dos fabricantes, do que qualquer outra coisa nesse aspecto. Certamente conforme o Chrome OS puder receber apps maiores, o armazenamento deve crescer também.

Com a Google trabalhando para trazer a Steam pro Chrome OS, vai fazer pouco sentido ter modelos com pouco armazenamento. Mas de novo, a realidade brasileira que é meio bizarra, 32GB não mais o padrão nos EUA há um bom tempo, apesar de existir essa opção, para quem quer economizar.

É isso mesmo. Uma constatação clara é que um chromebook é meio que um Smartphone, em formato de laptop, com alguns extras. Para muita gente é tudo que é preciso, mas claro, não pra todos.

1 curtida

Normalmente uso o firefox no Android com a extensão ublock origin habilitada. Assim os videos no YouTube pelo firefox não ficam mostrando as propagandas insuportáveis no inicio de cada video ( Kwai e tictoc., magazine luiza…)

Apesar de cada um saber da sua forma de usar a internet, isso acaba prejudicando os criadores de vídeos, como nós mesmos. Uma alternativa seria assinar o youtube premium, assim você não tem anúncios e continua ajudando quem cria conteúdo. Mas claro, é só uma alternativa. :slight_smile:

Seu comentário me fez refletir meu uso no computador, eu no desktop eu era um usuário compulsivo da tecla delete, até que eu comprei um notebook, a tecla delete fica num lugar bem pouco ergonômico:

E isso torna o uso da tecla bem chato, o resultado? Bem, eu passei a usar a tecla tão raramente que eu fiz um Keylogger pra mim saber o quanto eu usava essas teclas de ação, um pro notebook e outro pro desktop e o resultado me surpreendeu, no desktop nos últimos 30 dias eu usei a tecla 35x já no notebook eu usei 2x, fazendo basicamente o mesmo uso, o que indica que eu uso mais a tecla por ela estar mais fácil de ser acessada que por real necessidade

Mais ou menos, todos os Chromebooks que eu vi tem entrada pra cartão de memória, e um cartão v30 com 128 GB dá pra achar fácil por menos de 130 reais, então esse problema não é tão problema assim, quem quiser usar nuvem paga um valor mais barato, quem quiser armazenamento local paga no máximo 200 reais a mais

2 curtidas