Boot lento no ideapad 330-15IKB

Esse é um problema que tive ironicamente quando esse computador ainda estava apenas com Windows 10 instalado. Ele sempre foi bem rápido na inicialização. Processador bom, memória rápida e SSD para o sistema operacional. Mas depois de uma atualização do Windows, o laptop leva um tempo no boot antes de aparecer a tela do bootloader, cerca de 30 segundos. Agora que uso openSUSE Tumbleweed em dualboot, o bootloader é o GRUB, não o do Windows, e ainda assim leva o mesmo tempo para aparecer a tela do grub.

Algo que eu notei, é que mesmo quando tento entrar no setup da BIOS, leva o mesmo tempo que para carregar o bootloader. Isso pode se tratar de um legítimo problema de BIOS?

Interessante essa lentidão…

Nunca havia notado isso antes?

Posta o resultado do:

systemd-analyze critical-chain

Na inicialização do computador é executado o POST -> Power On Self Test. É a primeira etapa de todas, onde a BIOS faz esse primeiro auto-teste para verificar o funcionamento do hardware mais básico, indo do processador, memórias (setando a velocidade e verificando quantidade), placas pci ou pci-e, podendo chegar até a verificar os dispositivos USB conectados.

Quando termina essa etapa com erro, é comum dar uns bipes ou algum led interno na placa ficar piscando para avisar o tipo de erro. Em notebooks pode ser usado as luzes do teclado para indicação.

Mas quando passa essa etapa e o processador, memórias e placa de vídeo estão funcionando é que o computador “acorda” como chamamos e aparece a LOGO do fabricante ou aquela tela informativa sobre o computador. A partir daí serão carregadas as definições de inicialização e o computador segue o processo.

Possivelmente algum hardware do seu computador está com funcionamento diferente do padrão, uma vez que não feito upgrade da BIOS que justificaria uma alteração do POST.

Realizar o teste de hardware é bem mais chato, vc vai precisar tirar placas, alterar memória, executar o “Clear CMOS”, upgrade pra BIOS mais recente. Processos esses que ainda podem levar a uma falha completa do computador. No caso do usuário comum fica ainda mais difícil por não ter outras peças para ir testando no computador para tentar isolar o problema.

Eu encararia isso como um aviso que o computador pode estar com um problema e um belo dia não ligar mais, mas o correto mesmo é levar para uma assistência técnica, pois o problema não é de software. Acho que o unico procedimento que o usuário comum pode fazer é o “Clear CMOS”, resetando todas as configurações para o padrão e vendo se resolve o problema (depois tem que setar de novo valores e configurar o boot, no UEFI então criar novamente a entrada pra vc poder carregar o seu sistema operacional!). Ou então ficar com ele desse jeito que talvez continue funcionando por vários anos.

1 Curtida

No caso hardware pode ser improvável. Esse laptop apenas houve uma troca do pente de RAM (de um de 4GB para um de 8GB) e instalação de um SSD de 120GB para o sistema operacional, deixando o HD de 1TB para armazenamento.

Mesmo depois da troca do pente de RAM e da instalação do SSD, instalação do Windows 10 no laptop, o tempo de inicialização permaneceu o mesmo. Ele apenas mudou depois de uma atualização do Windows e reiniciar. Lembro que após eu reiniciar o laptop, ele estava estranhamente lento para iniciar o Windows. Em outro dia, eu havia encerrado meu trabalho e deixei o laptop desligando mas estava com pressa, então desliguei pelo botão de energia mesmo. Quando religuei, o Windows entrou em modo de reparo de inicialização. Deixei prosseguir mas depois disso, toda vez que o laptop liga, ele passa uns 30 segundos sem fazer nada. Parece realmente ser algo com o POST, afinal eu tenho o costume de apertar F12 algumas vezes para entrar no menu de seleção de dispositivo de boot. O laptop não responde durante essa hora mas depois o buzzer apita para todas as vezes que eu apertei o F12, indicando que o input foi registrado e posto em buffer até que o sistema pudesse aceitar o input.

Agora eu não sei se realmente é com o SSD ou possivelmente com a RAM. Somente esses dois foram alterados no hardware mas nunca deram problemas até o Windows realizar esse reparo de inicialização. Não sei se realmente é o SSD em sí. Fiz uma análise usando as ferramentas do Gnome Disk Utility e não mostrou problema algum. E como o sistema Windows não estava no HD de 1TB (só era usado para armazenamento), não creio que seja o HD. Será que pode ser a RAM? Nunca tive problemas de responsividade com esse laptop, mesmo depois de instalar o openSUSE Tumbleweed em Dual Boot.

Sobre a BIOS em sí, não tem muitas opções de configuração. É extremamente simples.

1 Curtida

Entendi…
Já resetou as configurações da placa-mãe, só por curiosidade?

Não, ainda não. Na verdade nem sei como faz isso para esse laptop. Eu teria de ver na internet

1 Curtida

Alguns tem a opção de resetar nas configs.

Outros é preciso remover a bateria interna que mantém as informações salvas no EPROM.

Esse laptop está funcionando em Legacy apesar de ter suporte a UEFI. Caso eu resete as configurações da BIOS, há algo que eu deva fazer ou saber que pode afetar o uso ou desempenho do computador?

Edit: Resetei a BIOS para as configurações de fábrica mas deixei Fast Boot e Shortcut Mode desativados. Parece não ter mais atraso. Agora só tem a tela da logo Lenovo normal e o GRUB aparece imediatamente depois.

Agora algo curioso que eu esqueci de mencionar é que, antes de eu resetar a bios, se eu reiniciasse dando systemctl reboot ou shutdown -r now, o GRUB entrava quase que imediatamente, sem atraso nem nada. Imagino que deve ser a diferença entre um cold boot e um reboot.

1 Curtida

Então provavelmente no dia do evento que vc falou teve corrompimento de alguma parte da memória nvram (parte da BIOS que salva configurações e tal). Daí esse problema atrasava o POST. Ao fazer o “Clear CMOS” você forçou a BIOS a fazer todo o processo do zero, como se fosse o primeiro boot do computador, e escrever lá as configurações novamente, mas dessa vez sem erro.

É bem raro acontecer algo desse tipo, mas ainda bem que foi isso ao invés de um erro de hardware. Eu tive um computador que um belo dia estava funcionando, daí desliguei ele e nas mensagens de desligamento apareceu um monte de erro “USB overcurrent protection”, bem estranho. No outro dia o computador não ligou mais. Ficava só na fase de POST e não ligava. Tentei de tudo. Meu diagnóstico foi um erro de hardware no dispositivo USB que travava o computador na fase de inicialização. Esse dispositivo ficava integrado na placa mãe, então somente trocando a placa mae do notebook seria possível recuperar o resto do computador. Como era antigo (de 2008) acabou indo pro lixo (em 2017).