A inteligência artificial do jogo Pac-Man é incrível e outras coisas

Oi, colegas!

Eu sabia que tinha algo diferente no game design do Pac-Man, de 1980, mas não imaginava que era tão incrível. Em inglês (não tem legendas infelizmente), tem esse vídeo aqui explicando tudo.

Mas, resumindo, todos seguem os mesmos “modos de comportamento” que são: caçar, dispensar e ter medo. O primeiro é o modo mais agressivo, onde todos irão atrás do Pac-Man, cada um do seu jeito, afinal, cada um tem sua personalidade (pasmem!). O segundo é o modo menos agressivo, onde cada um fica andando por aí pra dar um descanso pro jogador, porém, cada um fica em sua respectiva área pra “preencher” o mapa, afinal, imagino eu, se eles se movimentassem pra qualquer canto, correria o risco de talvez o jogador ficar num canto do mapa enquanto os fantasmas ficam pro outro. O vermelho fica na área superior esquerda, o rosa fica na área superior direita, o laranja fica na área inferior esquerda e o azul na área inferior direita. Já o último modo é quando o Pac-Man come um power-up e os fantasmas ficam azuis e vulneráveis ao Pac-Man, assim, o evitando.

A título de curiosidade, cheguei a este vídeo pois eu estou estudando por conta própria - não sou auto didata, tô me esforçando bastante - desenvolvimento de jogos. Meu sonho é ser especificamente level designer, mas, como tenho a impressão que não vou chegar a lugar nenhum se eu não fizer um jogo sozinho, tô me virando aqui pra criar um jogo usando a Godot Engine, fazendo o máximo que dá.
Tô com uma ideia pra um jogo, em 3D, baseado em Pac-Man e respectivas artes conceituais que um dia me deparei na internet. Após começar um estudo em cima dessa ideia, me dei conta de que preciso começar mais “por baixo” (quem nunca?), aí resolvi recriar o jogo a qual estou me baseando até pra conhecê-lo melhor já que o joguei poucas vezes. “Quem sabe, ao conhecer melhor o jogo, eu obtenha um resultado melhor”, pensei. E, realmente, após ver o vídeo acima, fora um jogadinha cá e lá, tô começando a enriquecer minha criação (vou tentar não faze-la ser meu próprio “GTA brasileiro”, OK?).

1 Curtida