Windows 10 Sun Valley: tudo o que sabemos até agora

Uma atualização de design, novos recursos e uma tentativa de trazer o Windows de volta aos holofotes.

A Microsoft está atualmente trabalhando em uma grande atualização para o Windows 10 que deve ser lançada ainda este ano e que trará um design atualizado e novos recursos que supostamente irão aprimorar o fluxo de trabalho dos usuários em 2021 e além. Com o codinome Sun Valley, esta será a maior atualização do Windows 10 desde que a Microsoft deixou o sistema operacional estagnado no mercado. A Microsoft quer revigorar o desktop, e Sun Valley é onde tudo começa.

Infelizmente, a Microsoft ainda não detalhou seus planos para Sun Valley, então ainda não sabemos em um nível oficial o que a Microsoft planeja entregar. No entanto, tenho conversado com várias fontes que estão familiarizadas com os planos da empresa e acho que estou pronto para detalhar o que acredito que a Microsoft está trabalhando para seu projeto Sun Valley.

Agora, vale a pena mencionar que muitos dos recursos e alterações da interface do usuário que detalhei neste post são coisas que foram descritas para mim por fontes. Eu não vi ou experimentei tudo o que foi mencionado neste post, o que significa que há espaço para interpretações erradas em algumas áreas, então tenha isso em mente.

Esta também não é uma lista abrangente de recursos. Definitivamente, há coisas que eu ainda não sei, então mantenha isso em mente. Finalmente, esses planos podem e provavelmente irão mudar. A Microsoft pode cortar ou adiar qualquer um desses recursos a qualquer momento, pois essa é a natureza do desenvolvimento do sistema operacional Windows.

Com isso, vamos ver tudo o que sei.

Uma grande atualização da UI

Um dos objetivos da Microsoft com o Sun Valley é atualizar um pouco a interface do usuário do Windows 10. Isso incluirá arredondamento de cantos em botões, janelas de aplicativos e elementos de shell, como o menu Iniciar e Centro de ações, tornando interfaces legadas como File Explorer, Propriedades de arquivo e diálogos de cópia mais consistentes com interfaces modernas no Windows e limpando partes de o sistema operacional para criar uma experiência de usuário mais simples e enxuta que atenda aos fluxos de trabalho mais modernos de hoje.

Internamente, a Microsoft descreveu esse esforço como “revigorando” a área de trabalho do Windows. Externamente, a Microsoft anunciou no ano passado que estaria “reinvestindo” no Windows 10 no período de 2021. Anúncios de emprego no site de carreiras da Microsoft também descreveram planos para “rejuvenescer” a experiência do usuário do Windows, anunciando o Windows como “VOLTAR”.

Portanto, os três R’s: revigorante, reinvestindo e rejuvenescendo. É isso que a Microsoft deseja oferecer com o Windows 10 Sun Valley.

Ouvi dizer que a Microsoft está trabalhando em uma barra de tarefas “simplificada” que limpará a bandeja do sistema movendo a maior parte dela para o Action Center, assim como no Windows 10X. Isso também abre caminho para que o novo 10X Action Center seja lançado no Windows 10, apresentando o mesmo painel de Configurações Rápidas aprimorado, UI de controle de música e área de notificações visualmente separadas. Você pode ler mais sobre o novo Action Center aqui.

Com relação ao menu Iniciar, sei que a Microsoft está trabalhando para arredondar elementos “precisos” de sua interface do usuário, como os cantos ao redor dos blocos ativos e o próprio menu Iniciar. Os menus de contexto e as Listas de Atalhos no menu Iniciar e na Barra de Tarefas também devem receber o tratamento de canto arredondado, junto com a maioria dos aplicativos internos mais modernos.

A imagem abaixo é uma recriação precisa do design do menu Iniciar arredondado no qual a Microsoft está trabalhando internamente. Recriamos a imagem para proteger nossas fontes, mas o que você vê abaixo é exatamente o que é:

Além de arredondar o design do menu Iniciar existente, a Microsoft também está trabalhando em um layout de menu Iniciar totalmente novo que será exclusivo do Sun Valley. Eu entendo que este não é o menu Iniciar do Windows 10X simplesmente transferido para o Windows 10, mas sim um novo design de menu Iniciar criado especificamente para a área de trabalho.

Os usuários poderão alternar entre o design do menu Iniciar atual e o novo por meio de uma alternância no aplicativo Configurações. A configuração se refere ao layout do menu Iniciar atual como o “menu Iniciar clássico”, sugerindo que o novo layout menu Iniciar será o padrão daqui para frente.

Ainda não sei tudo sobre esse novo layout do menu Iniciar, mas sei que ele apresenta um design centralizado com seu nome / ícone de usuário, opções de desligamento e atalhos do File Explorer executados na parte inferior da IU. Ele também possui um botão “todos os aplicativos” no canto superior direito que o leva a uma página separada da lista de aplicativos.

Os menus Iniciar, Centro de Ações e Lista de Atalhos serão visualmente separados da barra de tarefas, seguindo uma tendência de design semelhante encontrada no Windows 10X.

A maioria dos aplicativos integrados também receberá uma atualização de design, incluindo Configurações e Gerenciador de Arquivos. Já vimos Alarms & Clock serem atualizados com um novo design, e fui informado que a maioria dos outros aplicativos in-box seguirão o mesmo caminho e serão atualizados usando o novo conjunto de ferramentas de design WinUI da Microsoft.

Também entendo que veremos animações mais novas e simplificadas que tornarão a experiência mais fluida. O Windows 10X já tem animações fluidas, então eu esperaria ver a maioria, senão todas essas animações virem para a área de trabalho do Windows 10 também.

Novidades no sistema

Além das atualizações da IU, a Microsoft também planeja introduzir novos recursos na experiência do usuário do Windows que aumentarão a produtividade das pessoas em seus fluxos de trabalho. Já vimos alguns novos recursos, incluindo o novo widget “notícias e interesses” na barra de tarefas, mas muitos outros estão a caminho.

A Microsoft está planejando adicionar um novo gráfico de uso de bateria ao aplicativo Configurações, que analisará quais aplicativos estavam usando mais energia em uma determinada hora e fornecerá ferramentas para evitar que esgotem sua bateria no futuro.

Há também um novo recurso que permite separar as guias do Microsoft Edge das janelas do aplicativo na visualização do assistente de encaixe, tornando mais fácil organizar, localizar e encaixar o conteúdo que você deseja. Isso será útil para aqueles que têm muitas guias e aplicativos abertos ao mesmo tempo e podem não se lembrar qual guia está aberta em qual janela do navegador.

Também soube que o assistente de encaixe receberá uma atualização para torná-lo mais confiável ao encaixar de e para uma tela maior, agora lembrando quais aplicativos são encaixados em onde, em vez de esquecer quando você se conectar ou desconectar.

Ouvi dizer que a Microsoft está construindo um novo recurso de “painel” que pode residir na área de exibição de tarefas, que fornecerá uma visão geral de tudo o que está acontecendo com sua conta corporativa ou da Microsoft, incluindo eventos de calendário futuros, documentos recentes no Office, e-mails, tarefas e outras notícias e interesses relacionados à sua rede.

Métodos de entrada expressivos, como voz e caneta, também estão configurados para receber novas atualizações. Há uma nova UI de controle de voz que é muito mais limpa, com cantos arredondados e similares. Os usuários da caneta também estão obtendo uma interface de menu de contexto dedicada e atualizada que aparece ao usar o Windows com um periférico de caneta.

Para tablets, ouvi que a Microsoft está trabalhando em uma nova “camada de gesto” que fica acima da interface do usuário e permite que os usuários de toque usem gestos para manipular as janelas do aplicativo e a navegação do sistema. Semelhante aos gestos do trackpad encontrados no Windows 10 hoje, mas é possível usar a tela sensível ao toque. Você poderá fazer coisas como minimizar a janela de um aplicativo deslizando quatro ou cinco dedos para baixo, por exemplo.

A Microsoft também está planejando atender ao mercado de “usuários avançados”, permitindo que os usuários desinstalem a maioria dos aplicativos embutidos no Sun Valley. A Microsoft permite que os usuários desinstalem um punhado de aplicativos embutidos hoje, mas ouvi dizer que, com o Sun Valley, a lista de aplicativos desinstaláveis ​​vai crescer significativamente.

Quando vem?

A Microsoft espera entregar o Sun Valley como uma atualização no outono deste ano. Ouvi dizer que ele começará a ser lançado em outubro, provavelmente com o apelido de “Atualização de outubro de 2021” (versão 21H2). O Windows Insiders começará a ver os bits do Sun Valley aparecendo nas próximas semanas e meses, antes que a Microsoft assine uma “versão final” em junho.

Assim que uma compilação final for determinada, a Microsoft começará a testar a atualização do Sun Valley como uma versão designada no Canal Beta e continuará adicionando recursos e correções de última hora ao sistema operacional por meio de atualizações cumulativas. Essas atualizações cumulativas serão lançadas como um patch de um único dia junto com o lançamento de Sun Valley em outubro.

Isso é tudo o que sei sobre a atualização do Windows 10 Sun Valley até agora. Há muito planejado, e se a Microsoft for capaz de entregar o que espera, esta pode acabar sendo a atualização de recurso do Windows 10 mais significativa até hoje. Felizmente, a Microsoft está planejando falar sobre o Sun Valley em um nível oficial em breve, para gerar um hype muito necessário para o Windows 10, se nada mais.

12 Curtidas

Microsoft tá investindo pesado nos serviços dela, muito bom ver isso.

só espero que todas as interfaces se adequem ao modo escuro, coisa que não acontece hoje.

Parabéns Microsoft, 25 anos da mesma coisa vendida como novidade…

3 Curtidas

Infelizmente nenhuma novidade em relação as interfaces em modo light enquanto utilizando o dark, vide Gerenciador de Tarefas, Gerenciamento do Computador, Editor de Registro etc…

De resto, saberemos somente na prática como funcionará o restante das alterações. Parecem-me interessantes e entregam um novo ar ao sistema.

Plasma é você? Hahaha, brincadeira. Tomara que padronizem o design de alguns apps mais antigos para o mesmo design do w10, tipo o bloco de notas, os gerenciadores de disco e dispositivos e afins.

2 Curtidas

Sobre essas novas animações, espero que a gente consiga desabilitá-las, gastam um recurso desnecessário da máquina.

E que o aplicativo do Teams não consuma mais do que 50% da memória RAM a partir dessa nova atualização

Eu substituí o bloco de notas padrão pelo Notepads, que tem na Microsoft Store:

https://www.microsoft.com/pt-br/p/notepads-app/9nhl4nsc67wm?activetab=pivot:overviewtab

Já o gerenciador de arquivos, tem o Files:

https://www.microsoft.com/en-us/p/files/9nghp3dx8hdx?activetab=pivot:overviewtab

6 Curtidas

Windows 10: veja os novos ícones que serão adotados no sistema

A Microsoft lançará em 2021 um novo visual para o Windows 10 e, recentemente, a companhia começou a testar os ícones renovados que devem aparecer no SO. As figuras baseadas no Fluent Design trazem formatos mais simples e que prometem combinar com o novo rosto do sistema, que deve ser liberado nos próximos meses.

Os novos ícones já podem ser utilizados em uma versão prévia do Windows 10 lançada recentemente para membros do programa Insiders. A Microsoft também liberou uma imagem oficial com os novos ícones, que podem ser vistos abaixo.

Fonte: Windows

Segundo a Microsoft, os novos ícones são baseados na fonte Segoe Fluent. Os usuários que baixarem a build 21327 do sistema verão as novas figuras em áreas como o Menu Iniciar e também nas configurações do sistema.

Fluent Design
A mudança apresentada pela companhia é apenas uma das alterações visuais que deve chegar em um futuro próximo no Windows 10. De acordo com os testes realizados até agora, empresa vai liberar futuramente uma nova interface de usuário totalmente repaginada para o sistema operacional.

A nova face do SO terá inspirações no Windows 10X e será forjada com o Fluent Design em mente. A companhia já está liberando novidades que seguem a filosofia visual, incluindo um Menu Iniciar renovado, ícones de apps mais coloridos e janelas com bordas arredondadas.

A expectativa é que o novo design seja liberado massivamente com a atualização Sun Valley. O próximo grande update do Windows 10 ainda não tem data de lançamento definida, mas chegará ainda em 2021.

https://www.tecmundo.com.br/software/212120-windows-10-veja-novos-icones-adotados-sistema.htm

3 Curtidas

Windows Shell, Aqua e GNOME.

A real é que o Continuum tá pegando o visual do Plasma e do Aqua, enquanto o Aqua só do Plasma :joy:

1 Curtida

Gostei dessa repaginação das interfaces do Windows 10, ficaram muito bonito :slight_smile:

1 Curtida

Windows 10 ganha novos ícones de pastas, arquivos e lixeira

A Microsoft apresentou, nesta quarta-feira (24), várias novidades para uma futura atualização do Windows 10. O principal destaque é a mudança no visual no Explorador de Arquivos, cujos ícones das pastas de fotos, vídeos, música, downloads e disco rígido ganharão caras novas.

O anúncio foi realizado no blog do Insider Program da companhia. Por enquanto, somente os parceiros de teste estão recebendo acesso ao software atualizado. Além dos desenhos, também será reestruturada a organização dos ícones.

“As várias alterações, na orientação dos ícones de pastas e arquivo padrão, foram feitas para maior consistência nos produtos da Microsoft. Notavelmente, as pastas de usuário de nível superior, como Área de Trabalho, Documentos, Downloads e Imagens, têm um novo design que deve tornar um pouco mais fácil diferenciá-las à primeira vista. E, sim, o ícone da Lixeira também foi atualizado”, diz trecho do comunicado.

Parte do resultado do trabalho já foi mostrado, indicando que o visual está muito mais moderno. Esse tem sido, inclusive, o objetivo da gigante de tecnologia. Em fevereiro do ano passado, ícones no menu iniciar já haviam sido atualizados para versões mais contemporâneas.

Rejuvenescimento da marca

O plano da Microsoft é ter uma identidade mais jovem e melhorar o fluxo de trabalho do Windows 10. Para isso, ela está desenvolvendo o “Sun Valley”, um grande update que trará um design reformulado para o sistema operacional.

A promessa é que janelas, ícones, menu iniciar, barra de tarefas, gráfico de uso de bateria e vários outros aspectos ganhem um novo design. A empresa não confirmou ainda, mas a expectativa é que o Sun Valley seja lançado em outubro deste ano.

6 Curtidas

eu definitivamente achei o design da IU bem mais bonito e agradavel

1 Curtida

Meio que só minimizaram a faixa de opções:

1 Curtida

tem como colocar o files como app padrão?

Será que os usuários do Windows vão aceitar tantas mudanças?
Será que a Microsoft esqueceu da experiência com o menu Iniciar do Windows 8? :rofl:

2 Curtidas

Não tem, o explorer é amarrado em tudo.

O files você pode colocar fixado em algum lugar para usar, como na barra de tarefas ou no menu iniciar.

Eu particularmente parei de usar, ele é um pouco mais lento e tem alguns bugs. O software ainda está em alpha.

1 Curtida

Na verdade tem, sem quebrar a UI, no Windows pastas são tratadas da mesma forma que arquivos:

HKEY_CLASSES_ROOT\Folder\shell\open\command

Só que esse é lento, se não usa abas é meio inútil trocar

1 Curtida

entendi, mas é bem bonito. Espero que fique estável logo

Creio que o Windows 8 foi um caso a parte. O que mais o pessoal ficou “P” da vida foi que a “gaveta de programas” (não sei o nome correto, me perdoem) ficava “escondida”. O Windows 10, mesmo com esses “fru frus” novo irá manter a identidade “tradicional”. Sendo bem direto: “Sexy sem ser vulgar” :sweat_smile: