Virtualização para jogos

Recentemente eu tô com um projeto para retirar o meu dual boot e ficar apenas com o linux, mas eu jogo um jogo com meus amigos e que usa o Battle Eye e por esse motivo eu ainda me encontro preso a isso, eu estou testando agora virtualização e eu consegui bons resultados com o QEMU (tentei o VMware mas não deu muito certo) para tarefas mais simples porém quando chega em jogos a situação fica deplorável, sei que eu posso passar a GPU e tals mas eu uso softwares que necessitam dela no linux, se alguém souber como passar a placa de video só quando necessário ou algo do tipo que tenha um bom resultado, já passei um bom tempo pesquisando e não consegui muita coisa.

Pesquisa por GPU Passthrough que nada mais é do que passa a GPU para o SO da maquina virtual, eu nunca cheguei a usar então só posso te dar essa luz :sweat_smile:

Como eu mencionei lá em cima eu sei que dá para fazer isso

Nunca testei, mas um dia esbarrei com esse link na internet e acabei favoritando. Contém um script que, rodando a partir do TTY, desconecta sua GPU e áudio do Linux rodando e passa para uma VM:

Desvantagens:

  • Tem que ser rodado a partir do TTY.
  • Salve tudo antes de rodar esse script, porque o servidor gráfico precisa ser terminado para liberar a GPU.
  • Gambiarra de BIOS em GPUs Nvidia
  • Configure o SSH porque depois de ligar a VM você não vai ter acesso gráfico algum ao Linux, nem mesmo os outros TTY.

Resumo: é basicamente um dual boot, só que o retorno ao Linux é instatâneo

Se vc está procurando a solução fácil, eu acho que não existe ainda…

O que eu tô atrás eu acho que é algo bem parecido com isso, amanhã eu dou uma lida mais detalhada
Desde já muito obrigado

Nunca achei que seria fácil e assim que eu pensei nesse projeto eu já tinha noção de que daria umas boas horas de pesquisa e estudo.

O pessoal que faz passthrough de placa de vídeo pra VM, normalmente tem duas placas de vídeo e dois monitores. Uma placa e um monitor dedicados apenas a maquina virtual, acho que por equanto esse é o melhor jeito de utilizar, mas existem projetos como o looking glass que estão indo na direção que você quer, utilizar uma única placa de vídeo tanto pra VM quanto pra maquina real.

Que eu saiba, o Looking Glass só compartilha monitor, mouse e teclado.

Infelizmente, virtualização com uma GPU só é algo que a AMD e a Nvidia reservam pra suas Radeon Pro e Quadro para servidores, só a Intel tem isso para GPUs de meros mortais. (mas estamos falandos de gráficos integrados, então só vale mesmo se for uma VM bem simples, o que não é o caso aqui)

Exatamente, eu até tenho dois monitores e duas placas de vídeo, só que uma delas é o integrado da intel

Salve. Não testei, mas dá uma olhada aqui…Virtualização de sistema

Uma outra iniciativa que pode dar alguns frutos é o driver acelerado virgl. No linux ele “até roda” no guest com aceleração do host, mas pelos meus testes está longe de ser usado pra jogos. Melhora bastante a fluidez nas interfaces gráficas embora ainda apareça alguns bugs. Esse mesmo driver que é utilizado no vídeo do Dio sobre virtualização do macOS, trazendo grandes avanços na virtualização de um desktop. Já pro windows (que seria o sonho dos gamers), o suporte é planejado pro futuro. https://virgil3d.github.io/ pra quem quiser saber mais.

Eu até tinha criado um tópico sobre a virtualização ser a solução “definitiva” pra quem tem placa hibrida no linux, mas acho que o avanço dos drivers pro linux está bem mais rápido do que a facilidade de virtualização.

Eu tinha feito exatamente isso antes, acabou que eu cheguei ao mesmo resultado, eu creio que o que tá afetando o desempenho é a VRAM que eu não consigo passar mais de 250MB