Vale a pena usar o Genkernel?

Na minha última instalação do Gentoo, tudo foi bem e consegui iniciar o sistema, mas meu dispositivo Wireless não foi reconhecido. Vi que o genkernel (meio que) faz um kernel pra você, e que pode reconhecer muitos dispositivos. Funcionaria no meu caso?

1 curtida

Para saber se funcionaria no seu caso é só testando, pois, todas às vezes que utilizei genkernel não tive reconhecimento da minha placa de vídeo da nvidia, só customizando mesmo, usar genkernel é a mesma coisa que usar um kernel igual o do ubuntu, que vem com tudo o que puder habilitado de fábrica assim deixando o núcleo inchado, o gentoo tem uma wiki bastante completa, talvez isso ajude caso queira continuar com o kernel customizado. (WiFi - Gentoo Wiki)

3 curtidas

Só usei o genkernel para gerar o initramfs. Mas depois passei pro dracut que é mais fácil de configurar… Até onde lembro, o genkernel facilita a compilação do kernel, mas não te exime do trabalho de configurá-lo. Se não quiser configurar, já tem o pacote com kernel binário sys-kernel/gentoo-kernel-bin

2 curtidas

Ou seja, posso usar o genkernel e esse pacote?

Ou simplesmente instalo o kernel binário e pronto?

@Deleterium

Veja isso:

Parece que se eu usar o comando make localyesconfig ele vai pegar os modulos do Kernel do LiveCD, eu estou usando o mint pra instalar, entao se eu usar esse comando ele pega os modulos do kernel do mint e coloca no kernel que vou construir?

É o que está dizendo a documentação. Eu fiz do modo rambo, entrando no território do inimigo e resgatando os prisioneiros um a um. Mas foi mais estilo Super Mário pelo número de vidas que usei.

1 curtida

Well, se é a própria documentação que diz isso, vou tentar esse método.

O método do localyesconfig não funcionou, mas sua dica do kernel binário ajudou. Então este tópico está solucionado!