Usuário baixa Ubuntu Linux via torrent e é acusado de pirataria

Um usuário recebeu um aviso de quebra de direitos autorais por baixar o Ubuntu, feito com base no Linux. A Canonical oferece o sistema operacional para download direto ou via BitTorrent; o OS tem código aberto e pode ser obtido de graça. No entanto, uma firma digital anti-pirataria acionou a operadora americana Comcast para comunicar uma suposta violação de copyright.

8 Curtidas

Uma palavra: Incrível

nota: Coitados dos usuários de arch q so tem torrent

2 Curtidas

Deixa eu ver se entendi: O cara baixou um torrent do Ubuntu, uma empresa antipirataria besbilhotou o seu acesso à internet e reportou para o provedor de internet como algo ilegal, sendo que não é? Pode isso Arnaldo?
Esse é um dos problemas da massiva vigilância na internet :man_facepalming:

4 Curtidas

Mal contada essa estória. :thinking:

2 Curtidas

Tem link de download direito pro Arch também, via HTTP. Só que como o Ubuntu, baixar por torrent acaba sendo muito mais rápido do que baixar direto pelos mirrors. Eu mesmo sempre baixo por torrent, quando está disponível, as distros que quero testar.

Essa história é muito absurda, provavelmente é algum engano.

2 Curtidas

Olha, eu não duvido de nada

2 Curtidas

Não quer dizer muita coisa, mas vcs viram isso

Fonte

1 Curtida

Estou acompanhando de perto esse caso. Quero ver se o software livre é livre mesmo (com pessoas se organizando para manter isso) ou se é só um joguinho de egos.

A empresa que notificou o usuário veio com uma “historinha mal contada” de que “terceiros estão atacando a empresa e sua imagem por meio de plataformas de streaming e por isso que essa notificação chegou ao usuário”.

Essas empresas de “defesa de direitos autorais” costumam ser sacanas e agem sempre na marginalidade da lei, se aproveitando de brechas e da discrepância econômica entre eles e o usuário para lucrar, agindo de forma muito próxima à uma extorsão.

Notícia original:

Versão traduzida:

2 Curtidas

Acho que isso cabe um belo processo.

3 Curtidas

Parece coisa de regime totalitário, certo?

Mas não veio da Coreia do Norte, mas de um acerto entre empresas, sendo que uma serve de cão de guarda (e de caça!) a grandes corporações.

2 Curtidas

Na Alemanha este sistema já é bastante comum (não curiosamente a empresa que diz ter a imagem maculada é de lá).
Beira o absurdo. Creio que nestes casos, a notificação indevida deveria render uma belíssima indenização.

2 Curtidas

Os alemães deveriam aprender com os suíços, os reis da razoabilidade no tratamento de conteúdos baixados em relação a propriedade intelectual:

Lembrando que essa razoabilidade cabe muito bem num dos países mais competitivos do mundo, então não é “coisa de ideologia bicho-grilo”.

3 Curtidas

Não é atoa que alguns serviços de armazenamento em nuvem como o pCloud possuem servidores dentro a Suíça. ( você pode escolher entre Suíça e Texas EUA).

2 Curtidas

É um belo modelo, que prega efetividade, e vai atrás de quem lucra com o negócio.

O consumidor precisa entender que passa por um momento de saturação de conteúdo, a tal ponto que se acabou o “cinema de médio orçamento”: ou um filmes é um mega blockbuster totalmente orientado a lucro, ou é uma porcaria sem limite que quaisquer dois tostões cobrem o custo da produção.

Como tal, o ativo tem menos valor.

Não viu a série do momento? Tem umas outras dez ou vinte da mesma época, sobre a mesma temática, com qualidade semelhante.

A Suíça parece beber na fonte de ter tirado o melhor das três culturas que a cercam.

2 Curtidas

Um software open-source ser pirateado… fascinante.

2 Curtidas

Isso só prova que a maioria das pessoas e empresas acham que torrent é sinônimo de pirataria, quando na verdade, ele é apenas uma ferramente que pode ser usada para downloads de qualquer fim.

5 Curtidas

Acredito que dos países onde impera o “Estado Democrático de Direito”, o Japão seja o mais paranóico com direitos autorais, lá os provedores de internet além de saberem tudo que os consumidores acessam, ainda repassam a informação para o Governo.
O povo fala da China, Cuba, etc (e com razão), mas, fecha os olhos para outros países ou simplesmente não têm conhecimento de tais fatos.

3 Curtidas