Usando recursos inusitados para memorizar algo

Então pessoal, toda vez que eu descompacto arquivos, com exceção do .zip, .rar, .tar e .tar.lz, eu tinha dificuldades em memorizar o comando para descompactar o .tar.gz. Da última vez q pesquisei o comando para poder usá-lo, já estava até pensando em criar um script para automatizar o processo, quando reparei que as siglas “vsxf” pareciam ter as iniciais de “vai se fod&%”. Desde então, toda vez que vou descompactar um .tar.gz, lembro disso e consigo utilizar numa boa o comando tar -vsxf nomedoarquivo.tar.gz.
Já aconteceu algo parecido com vcs? Como foi? Sabem de dicas relacionadas a coisas deste tipo?

3 Curtidas

Para acessar remotamente uma maquina na rede, de windows para windows, podemos abrir o executar e digitar: mstsc

Algumas pessoas que estavam fora de suas mesas pediam auxílio para acessar e quanto eu soletrava algumas não entendiam corretamente, foi aí que passei a dizer:
Movimento Sem Terra Santa Catarina

Normalmente o usuário ria, mas não esquecia mais.

:sweat_smile:

5 Curtidas

Cara, fazia exatamente a mesma coisa! Com a mesma frase!! :laughing:

2 Curtidas

Eu geralmente uso o comando “expandido” e quando possível numa ordem que faça sentido. boa parte do que eu aprendi no terminal veio disso, eu basicamente organizo o que eu preciso fazer em uma frase e transformo nos parâmetros, por exemplo, extrair (–extract) o arquivo (–file) arquivo.tar.gz compactado com gzip (–gz):

tar --extract --file arquivo.tar.gz --gz
2 Curtidas

-vsfder nomedoarquivo.tar.gz. kkkkkk interessante

Esse recurso se chama mnemônica é um dos instrumentos usados para memorização.

As próprias letras do comando são mnemônicos, mas em inglês, como v para verbose (detalhado) ou f para file (arquivo).

Não é um método muito efetivo de estudo segundo o professor Seiiti Arata. Vale a pena ver um vídeo sobre as formas mais efetivas de memorização:

1 Curtida

Sim, eu já li sobre, inclusive estudo técnicas de estudo e já vi alguns vídeos do Arata. O que me chama a atenção foi em ter sido algo muito espontâneo, eu n tentei associar as siglas a algo, a associação foi feita no exato momento em que eu li. Talvez porque tenha sido num momento de irritação e a vontade de mandar algo ir se… tenha contribuído.

1 Curtida

Eu acho mnemônicos muito eficientes, pelo menos para mim hehe
Uma coisa que uso muito para memorização é repetição espaçada e descobri várias formas de fazer isso no Anki, que vão além do cartãozinho padrão.

1 Curtida