Usa/quer usar ArchLinux?

Existe muitos “scripts” que automatizam a instalação do ArchLinux, eu gosto do Anarchy, e você?
(se instala manualmente com a wiki do lado não comente rsrs)

7 Curtidas

Ah não cara. O negócio é aprender a instalar. O esforço vai por água abaixo se a gente deixa um script fazer todo o processo automaticamente. Sou contra o uso desses scripts, mas se alguém tiver pouco tempo disponível é uma boa pedida.
@fastos2016

Pretendo migrar do Antergos para Arch Linux quando eu estiver pronto com o tema de ícone Suru++ Asprómauros.

1 Curtida

É sempre bom ter mais uma opção, mesmo que você não precise ou não goste.

3 Curtidas

Perfeito, @fastos2016.
Não vejo problema nenhum em usar instaladores gráficos ou scripts.sh para instalar o Arch.

Nunca segui a tal “filosofia”, uso Arch pq é a distribuição que melhor me atende, até pq, quando o assunto é o princípio KISS, o Arch não é nem uma distro que segue o princípio à risca se formos parar para analisar, afinal, o princípio em questão é muito mais complexo do que apenas instalar somente os pacotes necessários no sistema e fazer toda a instalação via CLI, é algo que começa no código-fonte, isso se nos limitarmos a falar somente a nível de software e não da vida em geral. O Slackware, por exemplo, é muito mais fiel ao KISS do que o Arch, pois não possui um gerenciador de pacotes de alto nível, não utiliza o systemd, por exemplo, que muita gente alega que é um init system que faz mais do que deveria fazer. E o Slack é uma distro difícil ou cansativa de instalar ? NÃO. E se o Slack já é mais fiel ao KISS do que o Arch, imagina uma dessas distros source-based da vida como o Gentoo, por exemplo, distros nas quais você já começa arrancando módulos desnecessários do kernel, coisa que muito Arch user nem se quer é capaz de fazer.

Enfim, peço desculpas pelo textão, mas muitos arch users subiram num salto gigantesco e precisam tomar uns empurrões de vez em quando. Vociferar que segue o KISS à risca, é uma hipocrisia tão grande quanto gritar que só usa software livre.

Abraços

2 Curtidas

O q diferencia o ArchLinux das outras distro?

1 Curtida

Se formos comparar o Arch a distros voltada ao usuário final:

1 - É menos automatizada.

2 - É uma distro “não pronta”, você instala “pacote por pacote” (usei " " pq há o auxílio de um gerenciador de alto nível que resolve dependências, ou seja, se você for um usuário mais leigo nesses assuntos, você achará que só está instalando o LibreOffice, por exemplo, quando na verdade ele está instalando vários outros pacotes dos quais o LibreOffice depende para funcionar perfeitamente e você pode acabar desconhecendo que tais pacotes estão instalados no seu sistema) de acordo com a sua necessidade, ou seja, você precisa ter noção do que precisa.

Levando em consideração que as distros mais usadas por usuários finais são as baseadas no Debian.

3 - Possui um gerenciador de pacotes diferente, é claro . (Por exemplo, você não usará apt install para instalar um pacote, usará pacman -S.).

4 - Possui um repositório não oficial diferente, que funciona de uma forma bastante diferente do PPA, por exemplo. (AUR).

5 - Possui uma documentação sensacional, coisa que muita distro por aí não possui.

Entre outras diferenças, que, muito provavelmente, eu possa ter deixado passar batido e alguém aparecerá para complementar.

1 Curtida

O q seria documentação sensacional

1 Curtida

Uma wiki que explica passo a passo absolutamente tudo, desde a instalação e configuração de todo o sistema, até a instalação de sotwares aplicativos comuns.

Falar nisso, acabei de achar na própria wiki um tópico que explica o que difere o Arch das outras distros. Acredito que irá ajuda-lo com a sua dúvida melhor do que eu.

https://wiki.archlinux.org/index.php/Arch_compared_to_other_distributions

1 Curtida

Mais cada distro tem um foco ou ponto forte

2 Curtidas

Perfeitamente, @T-Rex_numa_Suzuki.

1 Curtida

O q seria bem inova no mundo Linux?

1 Curtida

Fiz meu próprio script

2 Curtidas