UBUNTU Cinnamon será a nova flavor oficial do Ubuntu?

Matéria do Sempre Update traz detalhes e especulações sobre essa possibilidade.

1 Curtida

Cinnamon tem melhorado bastante nas últimas versões, já utilizei no Manjaro e logicamente, Mint, acredito que seria uma boa opção, mas particularmente preferiria um UBUNTU DDE (Deepin) no momento.

4 Curtidas

Qual a diferença entre Linux Mint Cinnamon e o Ubuntu Cinnamon? :thinking:

Eu uso o Manjaro Cinnamon, acho bem leve e prático.

1 Curtida

Tomara que não vire Cubuntu, porque já vai começar errado…hehe

7 Curtidas

O Kubuntu com K já é zoado imagina com C

1 Curtida

Qual seria a vantagem de usar o Ubuntu Cinnamon ao invés do Linux Mint?

1 Curtida

Na prática, nenhuma, mas acho que vai ser algo como as diferenças entre o KDE Neon e o Kubuntu.

1 Curtida

:joy::joy::joy:
Deve ser Ubuntu Cinnamon mesmo

1 Curtida

Também tenho essa dúvida, já que o Linux Mint é baseado no Ubuntu :thinking:

Não vai ter o verde, o que pode ser um problema pra muita gente. Mas do ponto de vista técnico acho que não vai ter nenhuma grande diferença.

1 Curtida

Deus te ouça !!! :joy::joy::joy:

Vai ter laranja e marrom, olha só que diferença! hahaha

Isso ja tem né ? Só não são as cores padrões rs…

Mas deixando a brincadeira de lado, eu acredito que o Cinnamon terá um futuro muito mais promissor sendo supervisionado e desenvolvido pela Canonical do que depender da boa vontade da turminha da Irlanda… pelo fato que serão muito mais pessoas envolvidas e uma grande empresa mantendo tudo isso e não correndo o risco da interface sucumbir por briguinhas e divergências de programadores e etc…

Seria um cinnamon com um tema yaru? Seria interessante, com snap e os caramba, mas ao mesmo tempo é estranho por que o mint já é baseado no ubuntu.
Será que rolou alguma treta entre o pessoal do mint e a canonical? E resultou nesse ubuntu cinnamon?

O Cinnamon vai continuar sendo desenvolvido pelo pessoal do Linux Mint, já que eles que criaram o DE, não terá supervisão da Canonical, a não ser que eles façam algum acordo nesse sentido.
É claro que os desenvolvedores da Canonical vão submeter melhorias no código e sugestões, mas é só isso que eles podem fazer, caberá aos desenvolvedores do Cinnamon aceitar ou não.
Mas tomara que isso ajude o Cinnamon, principalmente com o futuro port para o GTK4 e suporte ao wayland.

5 Curtidas

O Clem desceu a lenha nos Snaps e na Canonical um tempo atrás kkkk
Mas não creio que seja por isso. O pessoal pede uma flavor do Ubuntu com o Cinnamon há tempos (sinceramente não sei pq). Chegaram até a cogitar que o Linux Mint deixasse de existir e que a equipe se focasse exclusivamente em desenvolver o Cinnamon, que passaria a ser somente um sabor do Ubuntu.
Acho que essa decisão (se realmente for tomada) é só uma resposta a demanda dos usuários mesmo.

1 Curtida

Acho que é o natural, até porque outras distros já trazem essa opção, como o Debian, Fedora, Manjaro… Apenas demonstra a maturidade que o Cinammon alcançou. Também vai ser bom ter mais gente contribuindo com o projeto Cinnamon, sempre lembrando que os próprios Devs do Mint deixam bem claro que são projetos independentes. É provável que correções de bugs e algumas melhorias cheguem mais rápido ao Cinnamon, o que também beneficia o Mint.

Ainda assim, continuarei no Mint, sem dúvida. Acho que a seleção de softwares e as decisões de projeto do Mint são melhores do que o Ubuntu. O Timeshift, Firewall, Redshift, Pacote do Wine atualizado e Completo sem precisar adicionar o PPA do WineHQ, não utilizar Snaps, um dos melhores software de atualização que existe, várias opções de cores nos temas, … Acho que essas serão as principais diferenças entre os dois.

Além disso, será interessante ver o Cinnamon rodando nas versões não-LTS do Ubuntu. Acho que isso também será bom para o Mint, já que os pacotes já vão estar sendo testados com as bases mais novas antes do Mint começar a migração de uma base LTS para outra.

Agora é esperar e ver o que vai acontecer…

4 Curtidas

Talvez a base mais atualizada, nunca mais usei o Mint, ele ainda é baseado no LTS do Ubuntu, não é? Sendo assim, já se torna uma opção interessante.

  • o @brunonzanette falou acima já tudo que acredito ser de bom ao projeto Cinnamon com a chegada de uma flavor oficial do Ubuntu com Cinnamon.
2 Curtidas

Acho que o DDE teria mais impacto, muitos não utilizam a interface chinesa por não está oficialmente ainda nas principais distros ocidentais, tendo apenas rumores de chegarem ao Debian, Fedora e uma versão comunitária do Manjaro. Entretanto se tem gente usando o Cinnamon fora do Mint é mérito do bom trabalho que a equipe tem feito a DE, que melhorou consideravelmente nos últimos anos.

3 Curtidas