Thin Client no Ubuntu 20.04 com acesso externo

Opa, pessoal, tudo bem? Bom dia a todos.
Um amigo nosso da Justweb, recomendou entrar em contato com vocês, para está pedindo uma ajuda em relação a Thin Client.

Irei explicar a situação atual que estamos enfrentando. Temos um Thin Client no Windows Server 2019 que os funcionários utilizam para tarefas de escritório padrão, tais como excel, word e outros. Além claro do acesso remoto ao servidor, podemos acessar de qualquer lugar, já que o mesmo tem um IP Publico relacionado além, mas acontece que estamos gostando, pois acaba gastando muita Memória e CPU do servidor, por conta dos funcionários utilizando o sistema.

Com isso, surgiu a ideia de estarmos utilizando o Thin Client no Linux, justamente por não ter processos desnecessários, mais segurança e claro, o desempenho pode melhor em quase 70%, pelo o que eu vi em algumas mamografia falando sobre a possível aplicação. Mas sabendo disso, por que estamos entrando em contato? Então, não estamos conseguindo aplicar o Thin Client, utilizando o u Ubunto 20.04 ou outro, pois o LTSP, Samba e outras aplicações mudaram e não conseguimos achar um tutorial para podermos testar. Sendo assim, precisamos de uma ajuda em relação a isso. Claro, podemos pagar se for necessário, para nos ensinarmos como fazer.

Uma observação sobre como seria legal está o servidor, justamente para ter escalabilidade.

O servidor deve poder ter outros servidores conectando, formando assim uma rede de computadores, aumentando assim o desempenho para caso tiver muitos funcionários conectados. deve ter um Desktop para os usuários possam se conectar e utilizar suas ferramentas do dia a dia. E claro, não faltante, as permissões, tanto de pastas, como de permissões parecidas com o do Windows Server.

Enfim. Mesmo se não existe uma forma, queria agradecer caso estiver lendo isso.
Att. Davi Santos

Olá @davi.jls tudo bem contigo?

No Linux existem diversas formas de se alcançar um resultador parecido, desde utilizando as soluções citadas como Samba ou soluções empresariais como o Thinlinc.

Mas um ponto importante é que migrar para o Linux não vai magicamente diminuir absurdamente o consumo de recursos, assim como em qualquer sistema operacional, isso vai depender da correta configuração e otimização dos recursos.

Sobre o compartilhamento de aplicações: a suíte Microsoft Office não está disponível no Linux, então, se migrar para o OnlyOffice ou LibreOffice não for uma opção, as coisas já começam a se complicar.

Outro ponto sobre o consumo de memória em servidores especificamente: não necessariamente é um problema o monitor de sistema acusar 70% / 80% de consumo, muitas vezes isso está relacionado ao cache e objetos alocados na memória para tornar a experiência para os clientes melhor. Mas, se os usuários estiverem percebendo lentidão, podemos considerar que podem estar faltando recursos.

Contratar uma consultoria especializada pode ser um bom caminho, para que você não sofra com problemas de suporte.

:vulcan_salute: