Tenho interesse em migrar do MacOS para Linux - Qual distro devo escolher?

Te aconselho a ir testando até achar uma que lhe agrade. Indicar uma distribuição para alguém é complicado tendo em vista que vários fatores influenciam na escolha de cada um.

4 Curtidas

Deepin é uma ótima escolha para quem está habituado a beleza do MacOS.

1 Curtida

se você pegar alguma distro com KDE Plasma, dá pra deixar com workflow bem parecido com o que você tinha antes
o plasma do @ryu_ketsueki se comporta e se parece bem mais com o macOS do que o meu
aqui tem uma print de pouco tempo de como o meu plasma tava: [Plasma] If MacOS and ChromeOS have a son, he will look like this : unixporn

4 Curtidas

É o que eu ia responder. Só você pode determinar a melhor distro para você. Mas, via de regra, orientaria uma distro base Debian, Ubuntu ou derivado do Ubuntu, pela disponibilidade de aplicações, tutoriais e facilidade de suporte. Sem falar na grande variedade de DEs…

1 Curtida

ou

E seja feliz!

Sugestão de aplicativo para ir se adaptando:
Alternativa ao Spotlight -----> Albert

1 Curtida

Rapaz, estou considerando fazer um vídeo só sobre minha área de trabalho. xD

O propósito aqui foi tentar deixar o tema bem próximo do Breeze mas com uma cara de Material Design, que é o tema usado pelo Google em vários locais, mas ainda assim deixando o workflow do macOS. Depois de várias vezes usando temas do macOS no Plasma, percebi que só fica bonito no macOS, então resolvi ficar com um que seja o mais próximo do nativo. Aí entra o tema Qogir, que existe para tudo, tanto Kvantum quanto GTK e pacote de ícones.

O painel no topo e a dock embaixo, ambos são Latte. O gerenciador de arquivos é o Dolphin, porque ele é um dos mais completos que se tem notícia. Existem as Tags, existe o Krunner, que tem um papel muito parecido com o Spotlight, e com a nova atualização do KDE Applications, dá para organizar os ícones na toolbar para ficar com o mesmo espaçamento que no Finder do macOS. Caso ainda sinta falta do Spotlight, existe o Albert, apezar de não ser mais completo que o Krunner.

Tive preferência por deixar um painel superior adaptivo. Isto é, com fundo transparente quando não tem nada maximizado, mas que pega a cor do topo da janela que estiver encostando, ocultando a barra do topo da janela maximizada e mostrando os botões minimizar, de-maximizar e fechar ao lado do botão de notificações. É claro que pode alterar a posição desses botões, colocando-os na esquerda. Eu só tive preferência para mante-los na direita

Existe um Script para o Kwin que, ao maximizar uma janela, ela é automaticamente jogada para uma nova área de trabalho virtual. Também é possível configurar todo o teclado para se comportar como um teclado do macOS, com os atalhos sendo bem similares. Uma das configurações (que até agora não vi opção similar em qualquer outra interface), é de trocar o Ctrl pelo Meta(Command), assim faria comandos do tipo Meta+C e Meta+V ao invés de Ctrl+C e Ctrl+V

As ferramentas do projeto KDE também são bem parecidas com algumas do macOS. O Calligra Office lembra bastante o iWork, apezar de apenas trabalhar com ODF e não com formato proprietário. O Spectacle também funciona de forma bem similar a ferramenta de screenshots do macOS (Inclusive, essas screenshots foram tirados com ele). Mas caso queira uma ferramenta mais parecida com o Lightshot, existe o Flameshot e o Deepin Screenshot

Também existe um plugin para o Plasmashell que traz o fundo dinâmico do macOS Mojave para o Plasma. Precisa de um pouco de configuração e paciência para colocar para funcionar, mas o resultado é praticamente idêntico.

Agora para fazer propaganda do Plasma sem receber um centavo (LOL), essa interface usa o mesmo Toolkit que o Aqua do macOS usa, que é o Qt. Também é a que permite o maior nível de customização de forma nativa. Quer deixar identico ao Windows? Dá para fazer. Quer deixar idêntico ao Chrome OS? Dá para fazer. Quer deixar idêntico ao macOS? Dá para fazer. Quer deixar idêntico ao GNOME? Então use GNOME. Pode parecer um pouco confuso e provavelmente vai deixar muita gente perdida com tanta opção de customização, mas me parece bem intuitivo quando você sabe pelo quê procurar.

Caso esteja curioso para saber qual é a distro que eu uso, é o openSUSE Tumbleweed. Existem outras que também fazem um uso excelente do Plasma, como o Manjaro e o Kubuntu.

5 Curtidas

Só por curiosidade, por que você quer deixar o MacOS em favor do Linux? É por que você quer usar algo novo? Por conta da licença livre do Linux e da maioria dos softwares que o acompanho? Performance?

Sobre a sua pergunta, você já testou o ElementaryOS?

Não recomendaria ele. Dizem que é bugado. E se for verdade?

Também dizem que o *ubuntu é bugado e nunca tive grandes problemas com essa distribuição em si.

Dizem? Não sabia dessa. Mas tu já usou elementary?

:rofl::rofl::rofl::rofl::rofl::rofl:
tankei não mano kkkkkkk

É a coisa mais clichê do mundo o pessoal dizer que o Ubuntu é bugado.

.

Não, nunca usei, mas uma das propostas do ElementaryOS é justamente ser parecido com o MacOS, o que pode ajudar o OP a migrar pro Linux.

Ficou muito bonito sua DE, parabéns, única coisa que acho estranho no KDE é o fato dele usar fonte itálico em alguns lugares, não sei porque ainda usam tanto. rs

Só mudar a fonte. Nada demais.

1 Curtida

Deepin é uma boa escolha. Porém vc poderia editar também poderia customizar outras distro como ubuntu(gnome) ou linux mint(cinnamon).

-----> Na realidade é apenas se você quiser manter estilo <-----
Ubuntu: { https://youtu.be/YmOm6tvRo1w } - Linux com tema macOS :open_mouth: - Ubuntu (GNOME) McMojave (Diolinux)

Linux mint: { https://youtu.be/58U_TuM7P0I } - Como deixar o Linux Mint com o visual do macOS da Apple - Tutorial completo (Diolinux)

1 Curtida

Ubuntu sem dúvida é a melhor opção.

Comunidade mais presente e os temas são perfeitos.
Eu utilizo também o mcMojave.
Vale a pena, ficou muito parecido.

1 Curtida

Sim, só acho estranho o padrão vir assim, mas não liga não, eu tenho TOC. rsrs

1 Curtida

Os temas podem ser usados em qualquer distro então isso é o de menos.
Sobre o Ubuntu é relativo. Para você pode ser o melhor, para o Anderson(fulano) o openSUSE é mais adequado e para mim nenhum dos dois.

Sei lá. Eu até que gosto. No Xfce, por exemplo, sempre mudo a fonte para o noto-fonts.
É legal que tem muitas possibilidades.

1 Curtida

Eu tenho interesse em trocar o Mac OS para o Linux principalmente por conta das licenças e os programas serem livres. No MacOs nunca comprei nada e também não uso nenhum programa da Adobe apesar de trabalhar com edição de vídeo e designer. Também estou cansado do ambiente fechado da Apple tipo é lindo mas eu não posso mudar nada quando eu quero. Então penso sim em ultilizar o Linux como meu sistema principal, porém as minhas experiências com o Ubuntu, fedora e deepin para mim não foram boas. Acho que vou testar o Manjaro agora. Para mim performance importa tendo em vista que trabalho com edição de vídeo. Vou de KDE e vou instalar como um segundo sistema em um MacBook secundário que tenho. Enfim eu vejo o Linux com grande potencial para mim tanto para o meu trabalho como para aprendizado. Penso em deixar o Mac no futuro. Agora jamais eu voltaria a usar a bosta do Ruindows.

1 Curtida