Tem como abrir textos do libreoffice no word?

Tem como abrir textos do libreoffice no word ?? Pois a maioria das universidades usam word e eu não quero usar windows pra isso, desde já ,obrigado.

1 Curtida

Sim. Basta salvar, no Libreofffice, os arquivos como .doc ou .docx

2 Curtidas

o word vai abrir o arquivo certinho? pq ouvi conversas que o arquivo fica quebrado

Vai abrir, mas podem ocorrer falhas d formatação e/ou alterar as fontes. Pessoalmente prefiro usar o Freeoffice. Na minha opinião é o pacote office com melhor integração com o Microsoft Office. Também recomendo instalar as fontes do windows, para ter uma melhor compatibilidade.

5 Curtidas

Dê uma olhada neste tópico: https://plus.diolinux.com.br/t/fiz-uma-comparacao-entre-diferentes-suites-de-escritorio-na-criacao-de-um-documento-docx/

Fica ligado que já mandei uns BUG reports pra equipe do LibreOffice, sendo que alguns deles já foram corrigidos e chegarão na versão 6.4 do LibreOffice.

2 Curtidas

Também uso o FreeOffice, prefiro ele ao LibreOffice como alternativa da Microsoft. Mas uso o básico somente.

3 Curtidas

Para trabalhos de faculdade tem algum risco de dar errado?

1 Curtida

Já imprimi duas monografias, uma de direito e uma de educação física, pra dois amigos, e nenhum deles reclamou :sweat_smile:

Estavam em formato word

2 Curtidas

@Marcos003, quando postei minha mensagem, eu havia passado o link errado, mas corrigi logo em seguida. Reveja meu post pra ver se você acessou a página que deveria. Atente-se que comento de mais suítes de escritório depois de algumas postagens, incluindo FreeOffice :slight_smile:

Eu também não estou comentando aqui só pra isso, tenho outra dica: coloque as fontes do Windows no seu Linux, assim você terá verdadeiramente as fontes Arial e Times New Roman como também outras fontes da Microsoft que também são exigidas no meio acadêmico, já vi revista científica exigindo a fonte Cambria. No próximo parágrafo ensino como fazer isso.

Procure por uma instalação Windows (preferencialmente de uma versão mais recente do Windows com uma versão mais recente do Microsoft Office, mas não tem problema se forem mais antigos) – não importa se esse Windows está instalado numa máquina virtual ou numa partição real do computador – e copie as fontes da pasta C:\WINDOWS\Fonts e as guarde em algum lugar para você as (re)usá-las sempre que necessário. De volta ao Linux, coloque-as na pasta ~/.fonts (provavelmente essa pasta ainda não existe, portanto crie-a) e use rode o comando fc-cache -f -v no terminal.



Outra dica é instalar o Microsoft Office no Linux via Wine, tenho a versão 2010 instalado no meu sistema. A versão é antiga, mas dentro o meu círculo social ela me atende muito bem (tem professor que ainda usa aversão 2007 e são raros os que tem a versão 2013, a maioria ou tem a versão 2010 ou usa o WPS Office).

1 Curtida

Bem lembrado, algumas fontes eu instalo manualmente. Aqui tem algumas:

http://ftp.us.debian.org/debian/pool/contrib/m/msttcorefonts/ttf-mscorefonts-installer_3.7_all.deb

Se você ta usando mint pode instalar pela loja de aplicativos ou:

sudo apt install ttf-mscorefonts-installer

1 Curtida

Acabei de instalar as fontes, ficaram ótimas!!

Obrigado, acabei de instalar as fontes. Antes não tinha arial e agora tem!! :slight_smile:

Por isso recomende instalar as fontes da MS. Isso faz toda diferença oara uma melhor compatibilidade.

1 Curtida

O WPS Office, pelo menos comigo, foi compatível com o Word e Powerpoint. Eu fiz tudo nele, e quando fui apresentar no Colégio funcionou perfeitamente nos computadores de lá.

Ninguém falou sobre o PDF?

Pois é melhor fixar apenas um programa para realizar todas as alterações e confecção do seu arquivo. Pode ser OpenOffice, MS Office, WPS, LaTex, etc…, mas não fiquei pulando de um programa para outro pois não há um tipo de arquivo padrão “universal” para criar textos formatados.

Já para visualização de arquivos o PDF já é universal e, uma vez gerado o arquivo, será exibido da mesma forma em qualquer visualizador. Então faça as edições, exporte, submeta a comentários, implemente os comentários.

Lembre-se que a análise pode ser pertinente à forma ou ao conteúdo. Para análises de conteúdo, uma exportação de texto simples já é suficiente para que o examinador faça suas alterações. Mas se os comentários são pertinentes à forma, a exportação em PDF será fiel reprodução do seu arquivo.

Impressão pessoal:
As universidades deveriam ser bastante adeptas aos softwares livres pelo conceito. Converse com as pessoas do laboratório de informática e pergunte porque não há disponibilidade de software livre para os alunos fazerem sua monografia/projeto/relatórios, uma vez que a instalação desses programas não vai custar nada além de alguns megabytes de espaço em disco. Pergunte quais são as alternativas para os alunos utilizarem, e se for apenas software proprietário, coloque em questão que nem todos os alunos podem gastar em licenças para seus computadores. Não aceite que você seja obrigado a usar um software e seja um defensor da liberdade de escolha.

1 Curtida

Tal como alguns disseram, você pode instalar as fontes do Windows e salvar os arquivos como .doc ou .docx, mas caso você não saiba, o formato ODF(.odt), o padrão do LibreOffice, também é o formato padrão para documentos editáveis da ABNT, então caso os seus professores sejam daqueles que gostam de pedir projetos no formato ABNT, eles não podem reclamar, uma vez que você está apenas cumprindo com o que foi pedido. É isso o que eu faço, salvo como ODF e para garantir eu também salvo como PDF e envio o arquivo nos dois formatos.

1 Curtida