Sua opinião sobre o futuro do Linux Mint

Nem tem Wireless no Debian padrão, só no non-free. E instalar pelo netinst é tão complicado e demorado.

1 Curtida

Pois é, por isso só uso em VM’s

1 Curtida

O mint só de trocar o pacote padrão de ícones e incluir uma transparência aqui ou ali já ia soar renovado.
Algo como um fork do Flat remix por exemplo, os ícones dele, sem alterações, e no tema mudar pra um verde bem escuro, quase preto, com accent color em verde claro (faz esse setup no zorin que vai ter uma ideia de como ficaria).
Fora isso o que espero dele é exatamente o que ele faz, ser um sistema bem curado e confiável, a recomendação natural a se fazer pra iniciantes, ou um lugar pra voltar pra quem cansou de hoppar por aí

Nossa, seria incrível ver um tema assim.

Hoje eu enxergo o Mint como uma distro de entrada mesmo, algo passageiro.
Para estudar/trabalhar/uso diário preferi investir meu tempo no Debian/CentOS e atualmente, Oracle Linux.
Mas **a já é a distro mais consolidada como porta de entrada!
Só acredito que, com o tempo, talvez, se não houver uma “atenção” maior em quesito mercado, ela tende a perder espaço.