Sobre integração/autenticação do linux mint/ubuntu com AD Windows Server 2008 R2

Bem, para meu uso pessoal/doméstico, tenho o note da esposa com Win’7 Pro. Meu note e meu PC com Linux Mint 19.1. Agora, tenho também, outro PC fazendo um serviço simples de firewall com pfSense.
Ok, em casa, tudo certo com a rede, internet, tudo que precisamos de forma simples, tranquilo.
Onde trabalho, resolvi instalar o Linux Mint 19.1 no PC.
Pesquisei algumas documentações e fórums buscando material para configurar o linux de maneira a autenticar e acessar o com o meu usuário do AD de forma mais prática possível.
Pois bem, instalei:
samba winbind libnss-winbind libpam-winbind krb5-config krb5-locales krb5-user
… ajustei configurações, tipo, ntp.conf hosts, hostname, krb5.conf, smb.conf nsswitch.conf, vários “pam.d-*”, enfim, olhando várias documentações, fui ajustando.
No início, parecia tudo estar fluindo.
Depois de um tempo, simplesmente ao bloquear o PC, começou a não autenticar mais… fazia algumas tentativas, esperava uns 15 ou 20 min até autenticar de novo.
Em outro note, com Windows 10, quando não autenticava no linux, bloqueava também o usuário no windows.
Depois de pesquisar e falar com o administrador da rede, chegamos a conclusão de que, por estar sendo utilizado o mesmo usuário em 2 PC, provavelmente o Windows Server estava “interpretando” como tentativa de invasão (ou algo parecido). Então o administrador criou outro usuário para mim no servidor. Mesmo assim, eventualmente, bloqueava.
Enfim, no PC onde tinha linux, re-conectei um HD com Win’7, segui fazendo minhas atividades para não atrasar as tarefas.
Quando um dia, resolvi re-formatar o HD do Linux Mint e, utilizei o próprio Mint e, nesse, utilizei meu novo usuário e senhas. No note com WIn’10, segui utilizando o usuário antigo.
O detalhe é que nessa segunda formatação e instalação do Mint 19.1, eu não instalei os pacotes “samba winbind libnss-winbind libpam-winbind krb5-config krb5-locales krb5-user”. Simplesmente utilizei, localmente, o mesmo usuário e senha criados no Windows Server. Consegui mapear o compartilhamento do Windows Server, autenticar no firewall da empresa normalmente sem maior esforço nem necessidade de configurar aqueles arquivos “.conf” todos. Claro, tudo manualmente, visto que não encontrei ferramenta gráfica para auxiliar nesse processo. Alguns que encontrei, já não são compatíveis. Utilizar outra distro, bem, se eu vier a utilizar um SSD no lugar de HD, talvez eu coloque outra distro, pois até onde pude ver, me pareceram mais práticas para esse fim a openSuse, Gentoo e CentOS.

Então a dúvida:
se fo tão simples nessa segunda instalação e tudo funcionou (mapeamento, autenticação, etc), realmente é necessários instalar aqueles pacotes todos e fazer toda aquelas configurações braçais?

Um relato para análises e comentários.