Só um desabafo de um "veterano"

Bom esse ano vão 5 anos que uso distribuições linux, bom nos ultimos 3 anos usei linux como OS principal em minha maquina. Porém no 4 ano de uso me vi instalando o Windows pra jogar alguns games (já que a maquina é fraquinha directx 9 ainda) Venho sentindo um desconforto com essa situação. O fato de estar instalando um sistema pirata etc, tudo por um game, pra ficar interagindo com os amigos etc…
Fico me perguntando se vale mesmo a pena…
Isso já ocorreu com vocês?

9 Curtidas

O jogo que vc quer jogar não funciona no Lutris/Proton ou outras ferramentas de compatibilidade ?

1 Curtida

Infelizmente não pelo fato do hardware ser fraquinho opengl dele é 2.1

Bom pra emular games de antigos consoles ele é bom, talvez eu precise de uma mudança de hábito, o jogo que jogo é league of legends (confesso que o jogo está me causando cada dia mais experiências ruins…)

2 Curtidas

Me peguei assim também por conta de um netbook que possuo…
A GPU dele não funciona com o Windows 10 e o Linux não dá mais suporte para ela também.
Instalei a versão correta do Windows 7 pois possuo a chave, mas mesmo assim ele é muito limitado para as situações que eu queria. Não tinha chave do Windows 8.1 e o sistema quebra quando instalo o Driver da GPU no Windows 10.
Fiquei por alguns dias com o Windows 8.1 não ativado mas o tempo todo com a sensação de que em algum momento acabaria a avaliação dele, o slmgr -rearm após a terceira vez não me daria mais tempo para testes.
Minha solução até o presente momento está sendo que estou utilizando o Windows 7 Starter (Ativado pois possuo a licença) e estudando um pouco sobre o DKMS para eu poder instalar os drivers do Linux corretamente em um kernel atual.
Mas entendo como é esta sensação de estar fazendo algo ilegal que antigamente você nem se importava.

2 Curtidas

Cara eu te entendo completamente, depois de um tempo a ideia de usar qualquer software pirata incomoda muito

2 Curtidas

A tecnologia vem sendo atualizada e com isso os programas, inclusive, jogos vem sendo aperfeiçoados para rodarem em drivers mais avançados ou medianos. digamos que um Nvidia 730M, uma placa gráfica boa para notebooks medianos, que há 10 anos mais ou menos era uma ótima opção para rodar jogos, hoje em dia está em desuso. Além dos hardwares e drivers desenvolvidos, os softwares que emulam (no caso jogos não nativos no Linux) podem causar algum imprevisto e por isso tem pessoas que se frustam com linux. pois, como qualquer sistema, está sujeito a atualizações e aperfeiçoamentos deixando a tecnologia anterior desfazada.

2 Curtidas

Pelo que eu sei o Windows 10 pode ser utilizado sem ser ativado, não?

É claro que tem uma marca d’água, e algumas limitações de personalização, mas mesmo assim é bem utilizável. E não é ilegal!

5 Curtidas

Discordo @Jedi_Fonseca. Ele tem o prazo “experimental” da utilização do SO. Ele não bloqueia a utilização, mas fica com o aviso de que você pode ter sido vítima de falsificação. Então você está agindo ilegalmente mantendo um SO que expirou o prazo de experiência.
Mas sim! À partir do Windows Vista eles não bloquearam mais o SO quando passava o prazo de validação. Inclusive um tempo atrás instalei o Win XP em um PC, mas como não dava mais para ativar (Mesmo tendo a chave original!), ficou sem ativar. Passado uns dias, não era mais possível logar no Windows sem ativar antes. rs

3 Curtidas

A questão de gosto por jogos é bem subjetiva, eu mesmo n tenho uma máquina fraca, mas tbm n é um note gamer. To com vários jogos instalados, alguns baixei gratuitamente nativo dos repos, outros da Game Jolt, alguns freeware via wine e até msm alguns piratas (n vou comprar todo e qualquer jogo que quero jogar nem ferrando). Ainda + se a pessoa quiser instalar jogos piratas, é bem + seguro usar Linux com wine pra isto do que Windows. Antes que apareça algum moralista pra condenar o uso de softwares piratas, gostaria q se lembre de quem nem todos possuem boas condições financeiras para consumir softwares originais!

2 Curtidas

Exatamente! A própria Microsoft não bloqueia a utilização, apenas adiciona essa marca d’água e permite que o usuário continue utilizando o sistema com tais limitações. Contanto que não seja feito o uso de cracks/ativadores, não vejo a ilegalidade.

EDIT: Contanto que não seja feito o uso de ativadores, ou qualquer outro método para ativar o sistema que não seja uma chave comprada na loja da Microsoft.

Antigamente, na época do XP, concordo que era pirataria utilizar sem ativar, já que além de bloquear o acesso ao sistema após um determinado período de tempo, o download também era ilegal. Hoje em dia MS não bloqueia o acesso ao sistema, e disponibiliza o download no seu próprio site, sem a necessidade de qualquer cadastro sequer.

Por esses motivos não vejo nenhum problema moral ou legal em utilizar o Windows sem ativar.

5 Curtidas

Pensando por este lado, de a própria MS continuar permitindo o uso, não vejo imoralidade em usar sem ativações… Agora, legalidade, confesso que preciso pesquisar sobre.

Edit:
Texto extraido dos Termos de Uso do Windows, cláusula 13, d, ii

(ii) Avaliação. Para uso de avaliação (teste ou demonstração), você não poderá vender o software, usá-lo em um ambiente operacional em tempo real nem usá-lo após o período de avaliação. Não obstante qualquer cláusula em contrário neste Contrato, o software de avaliação será fornecido “NO ESTADO EM QUE SE ENCONTRA”, e nenhuma garantia legal ou contratual (incluindo a Garantia Limitada) será aplicada a estas versões.

Então não posso nem dizer que é ilegal ao meu ponto de vista, está nos Termos de Uso.

Mas tem uma parte interessante que sempre vejo falarem:

para se informar sobre a respectiva política de devolução e devolver o software ou o dispositivo em troca de um reembolso ou um crédito de acordo com essa política. Você deverá acatar essa política que, em troca de um reembolso ou um crédito, poderá exigir que você devolva o software com o dispositivo inteiro no qual o software está instalado, se for o caso.

Ou seja! No próprio Termo eles afirmam que reembolsam o valor da licença caso você não queira usar o software deles.

2 Curtidas

Não possuo condições financeiras para comprar o carro que NECESSITO e nem por isso me aproprio de um carro.
Não possuo condições financeiras para consumir caviar e nem por isso me aproprio de um.
Não possuo condições financeiras para comprar uma passagem para outro país e nem por isso me aproprio de uma passagem.


6 Curtidas

Realmente, tendo como base o trecho que tu citou, é sim ilegal.

Mesmo assim todos sabemos que o que a MS quer é que usem o software. Então proíbe o uso após o período de avaliação, mas na prática permite que aconteça. Pois como já sabemos, isso mantém o Windows no topo, o quê mantém os numerosos acordos comerciais que trazem o lucro. Já que apenas com os usuários de licensas originais o Windows perderia uma boa fatia de mercado, e talvez deixasse de ser o foco absoluto dos fabricantes de hardware e desenvolvedores de games. Dessa forma perdendo a soberania e muito dinheiro.

Para esclarecer, isso que falei foi opinativo, não sou nenhum especialista no assunto. Haha

E é claro que isso não é desculpa para piratear. Se está no contrato/termos que não pode, não pode e pronto! Concordo com isso.

3 Curtidas

Estava pensando sobre isso enquanto respondia um outro tópico…
O quanto a MS quer mesmo que o Windows não seja utilizado ilegalmente?

3 Curtidas

Ok, tudo q vc citou é algo físico. Na questão de software, não estou me apropriando de algo de outra pessoa, uma vez q obtive legalmente e alterei para meu usufruto.

1 Curtida

Falando assim, parece que outros têm direito de ditar o que vc pode ter/fazer com sua máquina do q vc mesmo. Com exceção de material vinculado a crimes fora do campo cibernético, ngm deveria ter o direito de ditar o que pode ou n ser feito em seu hardware.

1 Curtida

Hoje em dia você compra licença original do Windows por R$15,00 com ativação online e tudo, eu tenho o meu original dessa maneira.

2 Curtidas

Físico ou digital, a aquisição de ambos ilegalmente são tradas com a mesma punição, ou seja, aqui no Brasil, NENHUMA.
Moralmente falando, não cabe a ninguém julgar o tipo de uso do software adquirido legalmente desde seja para seu usufruto. Inclusive existe a lei de que você pode ter uma cópia deste mesmo software desde que seja para backup.
Porém legalmente falando, é proibida toda e qualquer modificação de um software que se enquadre na lei de propriedade intelectual.

Mas convenhamos, qual é o problema de alterar um software para seu uso desde que você não o comercialize?

O hardware é seu e você o modifica como você quiser. A não ser caso, seu hardware esteja no período de garantia e pelo contrato, você não possa realizar modificações no mesmo. Aí se você fizer você perde a garantia, porém não infringe nenhuma lei.
Mas neste caso ele se refere a software, e aí sim, qualquer modificação de software proprietário é proibida constituindo-se assim em ilegalidade.

2 Curtidas

Com a máquina não, nesse caso estou falando sobre softwares proprietários, que podem ser substituídos por alternativas livres/gratuítas.

Os termos de licensa de um software, em tese, são como um contrato físico assinado. No momento que você clica em “Concordo”, você está concordando e dando a sua palavra de que vai cumprir todos os termos do dito contrato. No caso do Windows, o mesmo só pode ser utilizado se o contrato for “assinado”. Ou seja, clicando em “Concordo”.

Então se você “assinou” o contrato, automaticamente você deu a sua palavra de que cumprirá tudo o que está escrito nele. Logo, ao descumprir aquelas cláusulas você está descumprindo a sua palavra e o acordo entre as partes.

Os softwares proprietários como o Windows, e também os jogos, não são itens de primeira necessidade para ninguém, ou ao menos na maioria dos casos. Logo, se você não tem condições de ter tal produto, simplesmente não tenha. Assim como o @Miura disse, se não pode pagar por um carro melhor, infelizmente terá que ficar sem.

É claro que seria MUITO melhor se todos os softwares fossem livres, mas não podemos usar isso como desculpa para descumprir a nossa própria palavra (que é dada ao concordar com os termos de uso), e agir na ilegalidade.

Bom, ao menos essa é a minha opinião sobre o assunto no momento. :grin:

EDIT: É claro que não vou ser hipócrita e pagar de bonzão, já passei muitos anos utilizando apenas softwares piratas. Desde o Windows até jogos, Nero, MSOffice e etc.

Mas de alguns anos pra cá mudei a minha visão e atitudes sobre o assunto.

4 Curtidas

Época do LOL era Season 3, dava gosto de ser viciado. Agora eles só pensam no competitivo do jogo e não na diversão dos jogadores.