Rocket League deixará de ser suportado no Linux!

Epic News!11

Após a saída da Steam, Psyonix anuncia que não poderá mais suportar a mais relevante IP da desenvolvedora no Linux e macOS por questões de “tecnologias”. Lamentável!

3 Curtidas

Eles estão migrando pra outra tecnologia e da pra entende o motivo deles em faze isso, infelizmente não compensa gasta um dinheiro com algo que é certeza que não vai ter retorno.

A outra “tecnologia” no caso seria a Epic Games Store, já que a Epic comprou a desenvolvedora do jogo e já falou que vai tirá-lo da Steam.

2 Curtidas

A outra “tecnologia” no caso seria a Epic Games Store, já que a Epic comprou a desenvolvedora do jogo e já falou que vai tirá-lo da Steam.

Acho muito contraditorio, a epic doa dinheiro pro lutris, e depois retira o suporte de games nativos pra linux, ai a galera que se mate fazendo !gambiarras" pra rodar o jogo deles no Linux, cara se ja tava rodando, significa que as tecnologias são compatíveis, mas a epic da uma passo para traz, pois esse poderia ser o primeiro jogo deles compativel com Linux, mas eles preferem ser mais do mesmo, e so ignorar…nem sie mais oque dizer.

em alguma realidade sai o tal binario do EAC compatível com Wine.
Linux = Steam, ajudar linux = ajudar Steam. by Epic Games.

O @Dio definitivamente lamentou esta noticia

Traduzindo:

A gente não quer mais vocês, linuxers, tchau…


Gente, isso de ser difícil fazer o port é mito em 90% das vezes, se o software não faz uso de tecnologias intrínsecas do Windows é mais complicado impedir que o software funcione no Linux (seja nativo ou via Wine), do que fazer o port

Cara, isso é mito, o RL já roda em Linux basta literalmente 3 linhas extras na hora de compilar suportar Linux, eles não o fazem porque não querem

Por que vocês acham que “não trás retorno investir um jogo em linux”? É simples de continuar mantendo o jogo, eles realmente não querem continuar com o suporte, mas a pergunta é, por que vocês ficam achando que linux não serve para nenhum investimento que não seja servidor ou programação?

O que seria o meu “ano dos games no Linux”, começou incrível. Primeiro aconteceu os bans da EA, agora o RL vai sair também, se é para jogar offline, eu jogo Mario Kart 64 que eu ganho mais.

Claro kkkk xD é assim mesmo que funciona, ainda mais que estão migrando pra outra tecnologia que provavelmente vai ser outra engine que estão desenvolvendo ou só vão migra mesmo, é só adiciona 3 linhas que já fica nativo kkkk as empresas de jogos tem preguiça de adiciona essas 3 linhas

Ah questão é que eles tão migrando de tecnologia, ou seja, pode ser que estão refazendo uma engine ou vão reaproveita uma engine e isso é preciso repensa no jogo inteiro e gasta dinheiro com programadores pra faze isso e o gasto é algo e leva tempo e se for pra ter mais um gasto com macos e Linux que tem poucos usuários que joga não vai valer a pena iria demora muito tempo pra ter um retorno e esse tempo e o dinheiro investido pode leva uma empresa a falência.

Cara, aposto (até porque pra ter respondido assim você não leu nem o post original, porque se tivesse lido saberia que esse caso é exatamente assim) que você não pesquisou qual tecnologia eles estão migrando, para qual estão migrando, porque estão migrando, quais as dependências do jogo e o mais importante:

Como se faz o cross compiling de um projeto desse tipo ou se sequer é necessário recompilar o projeto

Antes de tirar onda, pesquise… esse jogo sequer requer que seja recompilado pra funcionar com praticamente o mesmo desempenho no Linux por exemplo, nesse caso se de fato quisessem suportar o Linux, bastariam usar o Proton (tem uma versão standalone e usar apenas UMA linha de código dentro de um arquivo chamado AppRun, e eu falo até a linha pra você:

export PROTON_USE_D9VK="1"

Sim, é exatamente isso, ou até menos que isso

Repetindo o meu comentário do blog…

Eu compreendo a razão de algumas empresas não lançarem jogos para Linux, mas o que a Epic fez é no mínimo desonesto!

Eu comprei um jogo, melhor dizendo, a licença para jogar um jogo no Windows, MacOS ou Linux. Paguei por esse produto, que agora está sendo modificado e tendo funcionalidades removidas. O mínimo que eles deveriam fazer é oferecer um reembolso.

Imagine que você tenha comprado um carro Flex, mas de alguma forma algum tempo depois a montadora dê um jeito para que aquele motor passe a funcionar apenas a gasolina. Não foi aquilo que você comprou!

Muito provavelmente essa modificação esteja coberta no contrato de licença do jogo, o que faz com que não seja algo ilegal, mas mesmo assim não deixa de ser imoral e desonesto!

Agora para que os usuários de Linux e MacOS possam continuar jogando o jogo que eles compraram, com todas as funcionalidades pelas quais pagaram, precisam obrigatóriamente comprar um produto de terceiros (Windows).

Ridículo!

3 Curtidas

Na verdade eu li e disse que provavelmente deve ser algo do tipo pois só migra da Steam para a Epic Games na minha opinião não seria motivo pra tira o suporte, não acha?
E mesmo que a matéria está escrito algo pode ser mentira, as vezes eles ainda não revelaram o real motivo pra faze isso e que na minha visão só poderia ser um.

Na verdade vocês vão pode usa é só da uma lida aqui:

Se o Rockt League realmente usasse uma linguagem nativa onde não iria precisa muda nada no código eu acho que eles iria manter o suporte, não é possível que iriam simplesmente tira e não é tão simples assim não kkkk depende muito da tecnologia que está esta usando você vai ter que refaze o código todo pra outros SO e mesmo que a linguagem rode em dois SO diferente você terá que faze pequenas modificações, mas isso depende do que você quer faze, em algo mais simples não será preciso mas em algo um pouco mais complexo será. Um exemplo disso é o React Native que pra mobile é o mesmo código tanto pra IOS e pra Android mas se caso quiser roda uma GIF por exempo no IOS você terá um pouquinho mais de trabalho.
Bom resumindo o que acho que está acontecendo é que eles estão migrando pra uma nova tecnologia que não tem suporte para os dois SO se não é muita sacanagem isso, mas como está escrito e se for verdade a partir de tal atualização perdera o suporte, creio que nessa atualização começa a migração para a nova tecnologia que só tem suporte pra Windows.

Por essas e por outras que não uso e nunca irei usar esse cliente da Epic, mesmo ela dando jogos de graça. Isso do Rocket League é só um detalhe, logo mais quem quiser jogar-lo, vai ser obrigado a baixar a Epic Games Store, pois o mesmo sairá da Steam.

Seria

To falando do post oficial no site oficial

Se chama “WOCA”, por exemplo, o Qt Faz isso por exemplo, na verdade isso tá cada vez mais comum, inclusive, quase todas as engines atualmente suportam isso, o problema é um único executável que pode ser compilado usando o libwine usando quase o “WOCA”, aí entra as 3 linhas que eu falei

Falo, eles fazerem isso

Não é só possível, como ocorre, Draftsigth é escrito em Qt Vanilla ou seja, basta rodar no WSL:

qmake -project
qmake
make

E eles teriam uma versão Linux plenamente funcional, quiseram continuar? Não

Essa tecnologia, é só um .exe genérico que chama o executável do jogo

Pra resumir:

Suportar Linux = Suportar SteamOS = Suportar Rival

Esse launcher vai propositadamente crashar no Proton como ocorre com os anti cheats antiquados

Bom, pense bem.
Se você usa uma linguagem que já é nativa tanto pra Windows e Linux e você fosse muda somente de empresa que no caso é a Steam e Epic games, se você já tem o jogo pronto para as duas plataforma e você tira o suporte dele de tal sistema você estaria perdendo dinheiro, concorda?
Então não tem motivo pra faze isso. Então o motivo seria que eles estão migrando pra uma linguagem que tem melhor desempenho/suporte pro Windows que é o maior publico deles, ou a Epic Games não quer deixa eles da suporte pra Linux e nem pra macOS o que acho muito improvável da Rocket League aceita algo como isso já que eles iria ta perdendo dinheiro eles iria fica na Steam mesmo que aceita o suporte tranquilamente. É só pensa um pouco.

Como eu disse eles não podem ter revelado o real motivo ainda pois se for somente uma mudança de plataforma eu acho que seria sacanagem da parte deles em faze isso.

Claro, eu concordo está cada vez mais comum mas isso não significa que a tecnologia que eles usam tem isso ou que isso signifique que eles não podem ter mudado pra algo que não tenha isso.

Não tem nem sentido isso, são duas coisas diferentes ‘-’
Um é um jogo e outro é um software usado para trabalho, entenda isso, não se usa somente uma linguagem pra desenvolve tudo no mundo e nem toda tecnologia tem esse suporte nativo pra todo SO.
Um exemplo que posso da é entre o React Native e o Flutter, são duas linguagens pra desenvolvimento mobile só que RN é nativo tanto pra Android tanto pra IOS mesmo que precise possa ser preciso pequenos ajuste mesmo sendo nativo pra ambos. Já no Flutter mesmo tendo o mesmo seguimento de se desenvolver pra mobile você vai precisa reescreve todo o código se quiser que a sua aplicação rode em Android e IOS, pra cada SO será um código diferente.

Se fosse assim nenhum desenvolvedor de jogos sequer cogitaria portar seus jogos para outra plataforma que não fosse a da Microsoft. A estratégia da Epic para conquistar o público é considerada baixa(para não dizer coisa pior), eles acham que conseguem bater de frente com a Valve comprando exclusividade de grandes jogos, a Valve está onde está, porque sempre foi em prol do consumidor, seja em promoções, suporte a multiplataforma e etc. Uma hora o Fortnite que é a principal fonte de renda deles cairá em decadência, depois daí não vai ter outra, vão voltar correndo para Steam.

1 Curtida